The Carrie Diaries - 1x03 - Read Before Use


O problema dos rotulos é que, de vez em quando, dizem o que precisamos saber, mas na maioria das vezes, é uma pequena parte da história”

O tema do episódio foi “rótulos”.Mas antes de rotular todo mundo, o episódio começou com o drama anterior... Carrie ainda não compreendendo porque seu pai não deixa chegar perto de Sebastian Kydd. E Maggie sofrendo pelo seu termino do episódio anterior, e já ganhando o primeiro rotulo “Rainha do Drama” (senti falta de Walt no episódio. Dos amigos de Carrie ele é meu preferido, e olha, que ele nem virou uma biba louca...yet).

Enquanto Maggie, Mouse e Carrie, conversam, Tom vai às compras, e na prateleira de absorvente acaba encantando um mulher, e ele acha que isso é devido o fato de estar fazendo compras de artigo feminino. Mas mais tarde descobre que não, ao sair a noite, descobre que seu estado civil, viúvo, é o que atrai  mulherada.

Pois bem, voltando ao assunto Carrie e Sebastian.... A mocinha resolve conversar com o pai novamente sobre o garoto dos seus sonhos, e ele continua proibindo a filha de vê-lo. Ele fala de uma tal maneira, que Carrie desconfia que Kydd possa ser um cliente dele. E com isso não perde tempo, vai investigar na coisas e descobre que siiim, Sebastyan Kydd está nos arquivos de seu pai, com o crime: fazer sexo com sua professora de história da arte.

A little diva, conta para suas amigas, trás de uma solução. Como proceder? Obedecer seu pai ou investir nesse amor proibido? Mouse – a nerd – diz que Carrie deve desistir, já Maggie – a descolada -  manda ela Carrie continuar com Sebastian. Bom com esse impasse, ela resolve recorrer a quem entende dessas coisas, Larissa em Manhattan, e lógico a nova-yorkina manda Carrie investir no seu roue. Então ela vai ao encontro com Sebastian, mas acaba fugindo.

Ao mesmo tempo que  Maggie sofre pelo seu termino com Walt, Carrie sofre pela sua situação com Sebastian, Mouse é convidado para um “date” de ex-futuro-atual-namorado. Então Carrie, resolve empatar o encontro dos dois pombinho e acompanha Mouse no seu encontro, levando ela há uma boate, que está tendo um exposição à convite de Larissa. Ok? Analisemos, onde isso daria certo? Mouse e Larissa no mesmo lugar isso não ia dar certo! Dito e feito!



A exposição de “arte” era de Monica Penny, uma ex-atriz pornô, que expunha sua vagina ao publico.
Mouse apavorada sai do local, já Carrie:



No meio de sua exposição, Monica, chama Carrie e convida a expor a sua vagina ao publico também e diz que ela não pode deixar nenhum homem e impor a ela. Mas Carrie recusa e foge novamente, Larissa vai atrás dela e diz que ficou decepcionada com a menina. Oi? Que amiga é essa? Dizendo que achava que Carrie tinha poder, mas a little diva não deixa a perder. Diz que o seu não, foi um demostração de poder e Larissa aceita as desculpas.

Enquanto Mouse se acerta com seu namorado... momento “own”... Bradshaw seguindo os conselhos da ex-atriz pornô, enfrenta seu pai e diz que sabe tudo sobre Sebastian Kydd e que mesmo assim quer vê-lo, mas ao encontrar o garoto e contar que sabe de tudo é ele que desa vez foge. E nosso casal lindo passa a não existir mais.

Pausa para reflexão: A reação de Sebastian ao saber da existência de um advogado no seu caso com a professora foi espantoso, acredito que ele ficou mais chocado do que Carrie saber.

Pois bem, ao final do episódio, analisamos que os acontecimento em Manhattn, foram mais conturbados do que em Connecticut, a história a pequena cidade foi fraca, toda essa relação Sebastian-Carrie foi fraca, quero aquele amor dos episódios anterior... Quero Sebastian mais “10 coisas que eu odeio em você”... Vamos esperar o que acontecerá.

PS: Dorrit é tão chata que nem merece ser menciona, espero que a personagem ganhe outros rumos.

PS²: Donna LaDonna  nem senti falta dela, só lembrei dela quando fui procurar as fotos pro post.
Tecnologia do Blogger.