Pular para o conteúdo principal

Previously on Arrow

Comentários baseados nos últimos episódios exibidos. 

"Eu não sou Robin Hood!" - Arrow. Você é o quê, então?

Arrow é tudo. Arrow foi tudo. Mas o mais importante é que ele é um grande personagem que já ganhou o reconhecimento e o respeito dos telespectadores que o acompanham. A dúvida que lancei logo no início da postagem não tem a ver com o que pensamos do personagem e sim, de toda trama que é mostrada pela série, intercalando o passado do herói com o presente, mostrando as diversas facetas de Oliver Queen, seu desenvolvimento e sua transformação. Isso é louvável. Isso é o que a série tem de sensacional.

Ele mata. Um herói que mata pessoas más. Ele finge que mata. Ele finge que mata pessoas inocentes. Ele deixa pra morrer. Ele deixa pra morrer uma pessoa que está passando pela mesma dificuldade que passou por um bem maior. Esse é Arrow, aquele que além de tudo é humano, tem sentimentos e precisa amar. É o herói mais interessante dos últimos tempos da TV, sem dúvidas.

Os últimos episódios da série serviram para dar sustentação a temporada e dar valor a série. É, sem dúvidas nenhuma, a melhor série de sua emissora (CW) e vem galgando reconhecimentos maiores. Até poderia/mereceria, caso não passasse por problemas técnicos e por alguns furos de roteiro. Arrow não é uma série perfeita, convenhamos, e problemas como esses são até compreensivos e dá (por enquanto) para relevar. Desde que a trama continue envolvente e viciante.

Exemplo? Técnico: algumas flechas que "derrubam" o bandido primeiro, antes de acertá-lo. Roteiro: Arrow some, quase morre e diz que estava em sua "boate". Ninguém vai lá?! Nunca?! Nem com ele desaparecido? Poderia citar outros exemplos, mas reitero, isso não está incomodando a ponto de apedrejar a série. 


Principalmente porque esse texto não é pra reclamar da série. Como disse, passamos desapercebidos por probleminhas como esses facilmente quando a trama (o mais importante) é envolvente e viciante, ainda mais quando a série se foca no passado de Oliver na ilha. Putz, é o melhor momento da série. Assistiria vários episódios dali tranquilamente. Ainda mais que inseriram ali o melhor personagem da série (depois de Arrow, é claro). Wilson. Não é aquele do filme náufrago e nem o Crixus de Spartacus (o ator é o mesmo), mas encaixou como uma luva na série dando a ela o tom que precisava, o tom de guerreiro, justificando atual forma física e técnica de Arrow. Espero que vejamos mais do personagem.

Enquanto isso, nos dias atuais, Arrow segue em busca das pessoas correspondentes à lista que seu pai te deixou, mas claro, resolvendo alguns casos que surgira sem aviso prévio. São situações que servem para preencher a longa temporada, típica com casos semanais, mas casos interessantes que servem para um bom entretenimento. Paralelamente, busca resolver seus problemas amorosos enquanto tenta desvendar os mistérios de sua mãe - hora vilã, hora mocinha. Sem contar com os problemas da pirralha de sua irmã, tida até agora como a personagem mais antipática da série.

Contudo, Arrow caminha para uma reta final de temporada eletrizante. A série já tem sua segunda temporada garantida e isso deve desacelerar um pouco a trama principal. Isso não será problema, se mantiverem os tais "casos semanais" envolventes e interessantes. A série se mostra cada vez mais viciante e mesmo sem ainda conhecermos o final da sua temporada de estreia, já podemos dizer que a série é a melhor série estreante do último Fall Season, disparado.

A partir do episódio "Dead to Rights" (1x16) que será exibido nessa quarta (27), teremos reviews da série por episódios. Conto com todos vocês!

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Confira as 5 séries mais vistas na Netflix pelo mundo

Nos últimos dez anos, a Netflix transformou a forma como o mundo assiste filmes e programas de TV, fornecendo aos assinantes uma enorme biblioteca de clássicos convencionais  e dezenas de recomendações personalizadas - tudo disponível na ponta dos dedos. Isso é mais do que apenas conveniência,  é a metamorfose da mídia.
Usando os dados do Google Trends, o site highspeedinternet.com classificou os países pelo número de pesquisas relacionadas à Netflix e referenciou as suas classificações com as séries mais procuradas. No mapa acima você confere qual é a TOP de audiência em cada país, e, abaixo você confere quais as 5 séries mais procuradas no serviço de streaming.
TOP 5:

1 - Sherlock
2 - Friends
3 - Narcos
4 - House of Cards
5 - New Girl

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…