Pular para o conteúdo principal

Previously on Arrow

Comentários baseados nos últimos episódios exibidos. 

"Eu não sou Robin Hood!" - Arrow. Você é o quê, então?

Arrow é tudo. Arrow foi tudo. Mas o mais importante é que ele é um grande personagem que já ganhou o reconhecimento e o respeito dos telespectadores que o acompanham. A dúvida que lancei logo no início da postagem não tem a ver com o que pensamos do personagem e sim, de toda trama que é mostrada pela série, intercalando o passado do herói com o presente, mostrando as diversas facetas de Oliver Queen, seu desenvolvimento e sua transformação. Isso é louvável. Isso é o que a série tem de sensacional.

Ele mata. Um herói que mata pessoas más. Ele finge que mata. Ele finge que mata pessoas inocentes. Ele deixa pra morrer. Ele deixa pra morrer uma pessoa que está passando pela mesma dificuldade que passou por um bem maior. Esse é Arrow, aquele que além de tudo é humano, tem sentimentos e precisa amar. É o herói mais interessante dos últimos tempos da TV, sem dúvidas.

Os últimos episódios da série serviram para dar sustentação a temporada e dar valor a série. É, sem dúvidas nenhuma, a melhor série de sua emissora (CW) e vem galgando reconhecimentos maiores. Até poderia/mereceria, caso não passasse por problemas técnicos e por alguns furos de roteiro. Arrow não é uma série perfeita, convenhamos, e problemas como esses são até compreensivos e dá (por enquanto) para relevar. Desde que a trama continue envolvente e viciante.

Exemplo? Técnico: algumas flechas que "derrubam" o bandido primeiro, antes de acertá-lo. Roteiro: Arrow some, quase morre e diz que estava em sua "boate". Ninguém vai lá?! Nunca?! Nem com ele desaparecido? Poderia citar outros exemplos, mas reitero, isso não está incomodando a ponto de apedrejar a série. 


Principalmente porque esse texto não é pra reclamar da série. Como disse, passamos desapercebidos por probleminhas como esses facilmente quando a trama (o mais importante) é envolvente e viciante, ainda mais quando a série se foca no passado de Oliver na ilha. Putz, é o melhor momento da série. Assistiria vários episódios dali tranquilamente. Ainda mais que inseriram ali o melhor personagem da série (depois de Arrow, é claro). Wilson. Não é aquele do filme náufrago e nem o Crixus de Spartacus (o ator é o mesmo), mas encaixou como uma luva na série dando a ela o tom que precisava, o tom de guerreiro, justificando atual forma física e técnica de Arrow. Espero que vejamos mais do personagem.

Enquanto isso, nos dias atuais, Arrow segue em busca das pessoas correspondentes à lista que seu pai te deixou, mas claro, resolvendo alguns casos que surgira sem aviso prévio. São situações que servem para preencher a longa temporada, típica com casos semanais, mas casos interessantes que servem para um bom entretenimento. Paralelamente, busca resolver seus problemas amorosos enquanto tenta desvendar os mistérios de sua mãe - hora vilã, hora mocinha. Sem contar com os problemas da pirralha de sua irmã, tida até agora como a personagem mais antipática da série.

Contudo, Arrow caminha para uma reta final de temporada eletrizante. A série já tem sua segunda temporada garantida e isso deve desacelerar um pouco a trama principal. Isso não será problema, se mantiverem os tais "casos semanais" envolventes e interessantes. A série se mostra cada vez mais viciante e mesmo sem ainda conhecermos o final da sua temporada de estreia, já podemos dizer que a série é a melhor série estreante do último Fall Season, disparado.

A partir do episódio "Dead to Rights" (1x16) que será exibido nessa quarta (27), teremos reviews da série por episódios. Conto com todos vocês!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Netflix Divulga TOP 10 Séries mais vistas por super maratonistas

PREPARAR, APONTAR, ASSISTIR: MAIS DE 8 MILHÕES DE ASSINANTES QUEREM SER OS PRIMEIROS  NA MARATONA DE SÉRIES DA NETFLIX
Um novo tipo de aficionado surgiu com a Netflix, e eles estão correndo para serem os primeiros a terminar séries como Stranger Things, House of Cards, Fuller House e outras . Assistir a uma série inteira antes de todo mundo virou um novo símbolo de status.
A Netflix mudou a forma como o mundo se relaciona com séries  - espectadores podem assistir quando, onde, como quiserem e, principalmente, em qualquer ritmo. Ao fazer isso, a Netflix viu o surgimento de um novo tipo de fã: o super maratonista. Completando em um dia o que os outros levam semanas, os super maratonistas se empenham para serem os primeiros a terminar uma série, assistindo a uma temporada inteira nas primeiras 24 horas após o lançamento. 

No total, 8,4 milhões de assinantes da Netflix se tornaram super maratonistas, e a única coisa mais rápida do que o ritmo em que eles assistem a séries é o ritmo de cresc…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…