Pular para o conteúdo principal

Girls - S02E06 - Boys


Uma ótima interação entre os dois ótimos garotos de Girls.

Primeiramente, achei as interações desses dois personagens as melhores coisas do episódio. A desculpa para o encontro dos dois foi um tanto fuleira, mas não chegou a comprometer a relação entres eles e o cachorro roubado. Os diálogos entre os dois foram ótimos, principalmente quando falaram sobre as garotas. Diálogos estes que transpareceram a insegurança de Ray na relação com Shoshanna, e também que Adam ainda tem sentimentos por Hannah e , mesmo comparando-a com um jogo em que ninguém ganha, esse fato fica evidente quando ele não aceita as críticas feitas por Ray com relação aos infames shortinhos e ao "altruísmo" de Hannah. Depois de ser abandonado na jornada para entregar o cachorro, Ray é obrigado a ser esculachado pela dona do cachorro, e pior, na infernal Staten Island.

Shoshanna demonstra estar se desencantando com Ray, como vemos na cena em que ela é a amiga com uma vida sem graça enquanto Marnie vive um sonho com o "namorado" e a primeira recepção como casal, em uma hilária comparação com Crepúsculo. Incluindo o fato de Ray não querer pagar ao menos 10 dólares em tacos, essas pequenas decepções de Shosh fazem com que a neurose do namorado não seja infundada. Sinto dizer, mas deve vir ainda mais drama pro casal mais lindo de Girls.

Já Marnie vive um relacionamento mágico e feliz com Booth Jonathan, até que ela percebe que aquilo não passava de ilusão. Estava tão presa a seus devaneios que confunde uma proposta de trabalho com um grande passo de um relacionamento que ela, somente, enxergava como sério. Como ela mesmo admite depois, ela se apaixonou por uma imagem inexistente do artista, inventando e se enganando no mundo fabuloso do "namorado". E durante a discussão, somos forçados a ver uma cena de choro tão falsa que me incomodou. Sério, Allison Williams me decepcionou nessa cena.

O episódio não focou tanto em Hannah (um ponto positivo devido ao destaque excessivo que a protagonista vem tendo nessa temporada), e mesmo com a participação reduzida, ela finalmente consegue uma boa oportunidade ao ser convidada a escrever um e-book. A proposta seria perfeita, não fosse o prazo curtíssimo de um mês. É aí que vemos que o processo criativo de Hannah não funciona com um tempo tão curto como limite, e ela ainda se distrai com sites fúteis e olhadinhas no celular (algo que tenho feito em todos os textos que escrevo pro blog), mostrando o quanto ela está perdida sobre o que escrever. E pra piorar ainda temos Jessa contaminando o ambiente com o pessimismo que ela está emitindo ao percebermos o quanto ainda está abalada pela recente separação, na unica cena da garota no episódio. Essa proposta pode ser um grande passo na carreira de Hannah, e é isso que ela queria compartilhar com Marnie na festa na qual é ignorada pela amiga iludida.

E o episódio termina muito bem com Hannah e Marnie em uma conversa pelo celular em que as duas não são nada sinceras sobre suas frustrações, fingindo que as vidas delas estão ótimas no intuito de não se aprofundarem nas próprias dores, mostrando o quanto o relacionamento das duas está distante, mesmo que sintam falta uma da outra. E também temos Ray chorando e lamentando a própria mediocridade e a falta de realizações numa vida que ele não tem mais esperanças.

E é nesse clima melancólico que Girls mais uma vez se mostra bastante dramática, e confesso que me identifiquei e me emocionei com as duas crises que encerraram o episódio, o que me faz terminar o texto com uma pergunta: Quem nunca se viu em ao menos uma dessas duas situações?

Observações:
  • Aprendemos com esse episódio que tirar uma lasquinha do sorvete do patrão é um ato "psicótico" e  pode resultar em demissão.
  • Tenho que dizer novamente que estou decepcionado com a Allison Williams. Que cena de choro mais cretina!

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…