Pular para o conteúdo principal

Girls - S02E05 - One Man's Trash


Episódio totalmente focado em Hannah e suas loucuras.

Confesso que achei muito difícil pensar no que escrever sobre esse episódio. Fiquei frustrado com o episódio por ser tão desconexo com o enredo da série (o que aconteceu com o Adam depois de ter sido preso e outros eventos em aberto), ainda mais depois do ótimo episódio passado. Não achei o episódio ruim, mas esse foco exagerado na protagonista está começando a incomodar.

Começamos o episódio com diálogos afiados entre Ray e Hannah, discutindo sobre a nova expressão que ela inventou: "sexit" (traduziram como "sexir", o que não ficou tão engraçado). e confesso que também achei o significado dado por Hannah muito mais inteligente que o significado já atribuído a essa expressão. E essa discussão é interrompida por Josh Joshua (Patrick Wilson), que tem sido surpreendido por sacos de lixo do Grumpy's em sua lixeira. Ray se exalta no confronto, e Hannah acha que isso é desculpa pra pedir demissão daquele ambiente que, pra ela, é tóxico (ahn?).

Hannah vai atrás de Joshua, inventando desculpas ao confessar ser a culpada pelos eventos com a lata de lixo. O que acontece a partir daqui é totalmente esquisito, e os dois concordam: "De repente, uma estranha entra na sua casa pra se desculpar e depois de dois dias ela ainda está lá". Foi isso o que o episódio nos apresentou, algo altamente incomum, e essa foi a intenção do roteiro.

A vida de Joshua parecia não pertencer àquele lugar (visto quando ele reclama da vizinhança que é 25 anos mais jovem que ele), sendo totalmente opostas às de Hannah. Além da idade (24 e 42), Joshua tem uma vida ideal, com trabalho e casa de uma pessoa bem resolvida e estabilizada, enquanto Hannah é formada e tem que se contentar com um emprego insatisfatório, com um apartamento que ela mal consegue manter. Na vida amorosa os dois estão vulneráveis e um tanto perdidos, mas ele tem uma vida estruturada, enquanto a dela é toda bagunçada. Talvez isso a fez fantasiar com uma vida adulta de verdade, com conforto e segurança naquele lugar perfeito.

Mesmo que a situação tenha sido surreal, o episódio propôs um desfecho mais realista. Hannah cai em si e percebe que ela também quer uma vida perfeita, assim como a de Joshua, refletindo em prantos sobre a desordem que sua vida virou. Nesse diálogo também percebemos que ele não quer se preocupar com a bagagem emocional de Hannah, que foi metaforicamente representada pelo "lixo" que ela despejou na vida dele. Me desculpem pela franqueza, mas Hannah já passou da hora de parar com essa mania de sabotar a própria vida.

O episódio foi mediano, principalmente pelo fato de me frustrar pela quebra de continuidade, mas as reflexões de Hannah foram muito bem escritas, passando de humor para drama em segundos. Espero uma evolução da personagem, ainda mais depois desse episódio todo dedicado a ela e suas escolhas.

Observações:
  • Hannah apareceu nua em tantas cenas desse episódio, que ficou difícil destacar uma que ela esteja totalmente vestida (tirando a parte da cafeteria, porque já seria demais). A pior foi a cena do ping-pong. Lena Dunham, não temos nada contra uso de roupas pelo menos nas suas cenas.
  • Não entendi porque a Hannah desmaiou. Alguém me explica pelamordedeus!
  • Quero mais momentos das outras garotas na próxima semana, principalmente da Shoshanna linda!

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Confira as 5 séries mais vistas na Netflix pelo mundo

Nos últimos dez anos, a Netflix transformou a forma como o mundo assiste filmes e programas de TV, fornecendo aos assinantes uma enorme biblioteca de clássicos convencionais  e dezenas de recomendações personalizadas - tudo disponível na ponta dos dedos. Isso é mais do que apenas conveniência,  é a metamorfose da mídia.
Usando os dados do Google Trends, o site highspeedinternet.com classificou os países pelo número de pesquisas relacionadas à Netflix e referenciou as suas classificações com as séries mais procuradas. No mapa acima você confere qual é a TOP de audiência em cada país, e, abaixo você confere quais as 5 séries mais procuradas no serviço de streaming.
TOP 5:

1 - Sherlock
2 - Friends
3 - Narcos
4 - House of Cards
5 - New Girl

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…