Community - 04x02: Paranormal Parentage



Community fez mais um episódio mediano que só comprova o fato de que, ainda que tente ser fiel ao espírito original da série, ela não é a mesma.

Levando em conta os dois episódios exibidos até agora, a conclusão que fica é que a série se limitará a referencias a si mesma. Isso não é exatamente algo ruim, mas o fato é que Community se consagrou como uma série que sempre procurou sair de sua zona de conforto e ousar em seus episódios. Limitando-se a repetir a si mesma a série continua garantindo risos, mas ironicamente perde sua essência.

Mas deixado isso de lado no momento, a historia do episódio foi interessante apesar do clima da data não ser exatamente apropriado. Vimos Pierce menos desconexo do que na semana anterior e voltamos a tocar nas delicadas relações que ele e Jeff possuem com seus pais. Particularmente penso que em relação a Pierce foi desnecessário retomar o assunto, uma vez que sabemos que o plot já havia sido resolvido na temporada anterior, mas foi uma boa sacada fazer com que Jeff finalmente resolva suas pendências.


Por outro lado, não gosto das decisões tomadas em relação ao namoro de Troy e Britta. Acho desnecessário criar aquele clima de inocência em torno de Troy, afinal de contas o que o dois fazem (ou deixam de fazer) juntos é algo privado e não deve ser o foco da série.


Naturalmente a série procurou na 3ª temporada desenvolver com mais profundidade seus personagens, muita gente não gostou de algumas decisões (este tipo de movimento não agrada a todos), mas aqui vemos uma tentativa de continuar com esta ideia.

De modo geral o episodio tentou ser menos ambicioso que o anterior e as referencias a cultura pop foram mais evidentes aqui. Um dos grandes problemas com ‘History 101’ foi a tentativa de trazer muitas historias paralelas, que poderiam render ao menos 3 episódios, condensadas em 20 minutos. Menos confuso que sua estréia, este episódio conseguiu ser mais agradável que o anterior.

De modo geral Community continuou regular, conseguiu trazer sacadas interessantes em alguns momentos, as fantasias de Halloween foram criativas, exceto talvez pelas de Britta e Jeff, mas creio que essa era a idéia. Pecou mesmo por desenterra uma historia já fechada, acredito que ainda falta criar uma identidade própria para essa temporada, trazendo sua própria trama e seus próprios recursos narrativos, que até agora só buscaram algo visto anteriormente e assim talvez Community deixe de ser uma série sobre Community e volte a nos encantar com sua ousadia.
Tecnologia do Blogger.