Community - 04x01: History 101


“Espere um minuto, algo mudou”

Após vária polemicas e um adiamento, Community finalmente retornou para a sua 4ª temporada. Com o retorno também veio o temor de que talvez o roteiro da série não tenha mais o mesmo nível de genialidade que possuía quando Dan Harmon estava a frente da série, já havíamos sentindo uma mudança quando a série trocou a equipe de roteiristas, e de todo modo, naquela ocasião ainda fomos presenteados com episódios excelentes, entre eles se destaca o genial ‘Remedial Chaos Theory’, um dos clássicos imediatos da série.

Talvez o maior obstáculo aqui seja mesmo aceitar que a série agora está nas mãos de novos produtores. Isto causa receio e desconfianças que podem impedir que muitos apreciem os episódios da nova temporada, parece haver uma rejeição a mudança, mesmo que ela não se apresente tão desastrosa como muitos imaginam.

Por outro lado é inegável que realmente a série retornou com um tom diferente, precisar exatamente o que é pode ser um exercício difícil, principalmente dado ao fato de que a série nunca teve um estilo definido, uma de suas características mais marcantes residia no fato que Community nunca foi uma constante, mas ousava a cada semana, trazendo novas e ampliando as já apresentadas características narrativas.

Diante de tudo isso, constatamos que mesmo se apresentando como um episódio mediano ‘History 101’ intenciona afirma que a essência da série não mudou muito. É mesmo interessante ver o modo como o roteiro brinca com os receios dos fãs, a cena abre a temporada apresenta Community com uma estrutura diferente, uma siticom com as já famosas risadas de fundo e mensagens quase escondidas que procuram acalmar os “fãs mais sérios” em relação ao retorno a Greendale.


Sim, tivemos piadas fáceis e detalhes que podem ter incomodado e é de certa forma estranho ver como os personagens Dean Pelton e Pierce aparecem aqui. O primeiro, mesmo não tendo sua essência modificada tem um destaque atípico e pode levantar duvidas se o foco prometido ao personagem na temporada pode torná-lo um tanto quanto exagerado, quanto a Pierce, as piadas dos personagem não pareceram funcionar, ele não parece ter sintonia com os outros personagens, acredito que sua falta não seria sentida caso ele não estivesse aqui. Não sei precisar se isso se deve ao fato de sabermos que Chevy Chase abandonou a série ou se realmente a narrativa não beneficiou o personagem, mas realmente, algo ali não funciona.

Também me pareceu forçado o momento 'Inception' do episódio, uma terra de fantasia dentro de uma terra de fantasia, que nos leva aos momentos animados do episódio, Community Babies, tais cenas me pareceram uma tentativa forçada de afirma que a série continuara entregado movimentos ousados, acredito que a mensagem já havia sido bem recebida com o “Abed TV” e toda a estrutura desse plot, mas com a animação, isso soa como uma tentativa desesperada de conquistar os fãs mais fanáticos da série.


Entendo que talvez está estréia possa desagrada muita gente, mas acredito que deve-se ter prudencia antes de afirmar qualquer coisa definitiva. Estamos falando de apenas do primeiro episódio da temporada e Community já entregou episódios medianos anteriormente, no fim, acredito que tivemos um saldo positivo ao constatar que o novos produtores estão dispostos a honrar o espirito da série, mesmo que não entreguem episódios tão impressionantes como a série já entregou antes, porque afinal de contas, devemos reconhecer, honrar a genialidade de Community não é algo fácil.
Tecnologia do Blogger.