Banshee - S01E03 - Meet The New Boss


Muita violência, ação e sexo em mais um eletrizante episódio de Banshee.

O episódio já começa com revelações importantíssimas para a trama dos diamantes. Na cena, Carrie/Ana tenta comprar a sua liberdade e a do parceiro de crime devolvendo os diamantes, que na verdade não foram roubados dela, para Mr. Rabbit. Porém, ele diz aceitar esquecer o ocorrido, mas Carrie teria que entregar Lucas. Ao rejeitar a oferta ela apaga o homem, e poucos segundos depois descobrimos que Mr. Rabbit é pai dela. Gostei muito desse parentesco inesperado, pois realmente intensifica mais o sentimento de culpa que Carrie deve sentir. Agora fico imaginando o que esse pai fez pra ela para ter merecido essa traição milionária. Veremos no episódios seguintes.

Já que negociar com o pai não deu certo, Carrie oferece os diamantes a Lucas para que ele vá embora de Banshee para deixá-la em paz, mas ele recusa. Achei a atitude bastante incoerente em relação às intenções do personagem, pois isso é o que ele queria desde o início. Mas comos podemos ver, ele não está mais interessado nos diamantes, e agora o que ele realmente quer é estar próximo de Carrie e da filha, Deva.

Lucas se envolve novamente com Rebecca, que posteriormente descobrimos ser sobrinha de Proctor. Assim como seu tio, ela parece não se adequar ao estilo de vida dos Amish (a religião da família deles), e mesmo que ele tenha cortado relações com a família, ele parece não se gostar da ideia de sua sobrinha passar pela mesma rejeição que ele passou. E tenho a leve impressão que Proctor não vai gostar muito desse envolvimento entre o xerife e a sobrinha.

Na trama de Banshee, temos ainda a movimentação de Proctor e os donos do novo Cassino que será inaugurado. Para tal evento, um famoso lutador é contratado para fazer publicidade e lutar na inauguração do local. Tudo ia bem até que Sanchez, o lutador, seduz uma garçonete e acaba estuprando e violentando a moça. No cassino, antes do xerife confrontar Sanchez, Proctor pede para que ele tome atitudes quanto ao lutador somente após a luta, na noite seguinte, pois o escândalo arruinaria todo o evento. Tomando a atitude que julgou justa, Lucas não dá atenção e confronta o lutador. Mesmo que o xerife não tenha agido de uma forma, digamos, profissional, foi essa inconsequência que nos rendeu uma cena de luta insana e muito bem executada. Os closes nas partes que estavam sendo massacradas foram muito agonizantes, e completadas pelas ótimas atuações. Lucas sai vitorioso da luta, mas também muito ferido.

Proctor vai atrás do xerife para ameaçá-lo, mas depois de passar por tanta coisa aquela noite, era de se esperar que o xerife não aceitasse se vender, deixando claro para Proctor que ele que veio pra ficar e justificou com competência o nome dado ao episódio.

O episódio termina com o empregado de Kai Proctor exigindo do agente de Sanchez o pagamento de volta, já que a luta não aconteceria. Depois de se recusar a devolver, é mostrado que o capanga de Proctor vai buscar dinheiro a força. Não tinha reparado nesse personagem antes, mas de acordo com o IMDb o nome dele é Clay Burton, e adorei o olhar doentio dele após ser ignorado. Espero mais cenas dele nos próximos episódios.

Observações:
  • Um dos espectadores da luta filmou tudo e postou o vídeo na internet. Esse xerife disfarçado chama cada vez mais atenção. 
  • Pode ser minha mente pervertida, mas eu senti um clima entre Proctor e a sobrinha.
  • Cenas pós créditos: Clay Burton saindo do trailer do agente, todo ensanguentado e com o a maleta do pagamento em mãos. 
Tecnologia do Blogger.