Pular para o conteúdo principal

Top 10 Melhores Séries de 2012: 4ª Posição - Arrow


Arrow me surpreendeu completamente. Na verdade, ela pegou quase todo mundo de jeito, vide a grande audiência do piloto e as muitas avaliações positivas da crítica especializada. Ela chegou também em momento propício, já que a Fall Season de 2012 não trouxe muitas estreias arrebatadoras.

No entanto, o que realmente chama a atenção neste cenário de surpresa, é o quanto a CW aprendeu. Afinal, ela teve 10 anos de lições com Smallville. Logo, em sua nova empreitada no mundo super heroico  ficou mais fácil saber que rumo tomar e de que rumo correr. 

O primeiro grande acerto foi trazer o mundo de Oliver Queen para próximo da realidade. Embora nas Hqs do Arqueiro Verde haja vários elementos sobrenaturais, aqui o herói circula num mundo onde ele se machuca de verdade, onde seu inimigo é o próprio ser humano, com sua natureza corrupta e desprezível. 

Este detalhe se assemelha ao que Christopher Nolan fez com Batman no cinema. Assim como o homem morcego, Oliver Queen é apenas um homem que usa sua inteligência e riqueza para libertar sua cidade. 

Antes de chegar neste atual patamar de homem benévolo, no entanto, o fútil jovem Oliver passou pelo inferno ao ficar condenado numa ilha por 5 anos. Reside aí, outro acerto da série. Enquanto vemos o homem Oliver trabalhar para resgatar Staling City, vemos em flashbacks sua “estadia” na ilha e como ela fez dele o que ele é no presente. A forma como Arrow vem apresentando este passado é maravilhosa. Não há enrolação, com o intuito de “deixar tudo para o final” e, assim que somos levados à ilha, vemos situações nela que se relacionam com o que é mostrado no momento ao redor de Queen. 

Um último, e talvez o mais importante acerto, foi a escolha do elenco. Stephen Amell pode ser criticado por estar “desconfortável” em seu papel no começo de tudo. Mas agora, nove episódios depois, tal crítica é injusta. Ele personificou seu personagem ao ponto de podermos dizer que ele é, sim, o Green Arrow. 

Katie Cassidy, mesmo que as vezes esteja na posição de mocinha irritante, não tem deixado nada a desejar. No que tange à interpretação da atriz, Laurel vem sendo o que deveria, com a promessa de que logo será mais. Aliás, a própria Katie já demonstrou empolgação com a futura evolução de sua personagem, o que nos dá certo conforto para acreditar que, se ela é inconveniente agora, não será sempre assim. Ela é fundamental para Ollie em suas duas faces e, assim como nos quadrinhos, na série não caberá a ela apenas a pose de donzela disputada. Ainda bem. 

Colin Donnell como Tommy Merlyn lembra bastante Lex Luthor em Smallville. De início, isso já é perceptível, especialmente porque o ator, em sua boa interpretação, não deixa de expressar que entre ele e Oliver há mais do que uma simples e tranquila amizade. A começar pelo sentimento que ambos têm por Laurel. 

Depois de notar tais acertos, também temos que notar que existe um certo receio quanto ao futuro de Arrow. Nós sabemos que a trama da ilha, Laurel e Tommy estão só no começo e ainda têm muito a mostrar. Até aqui, só promessas e acertos. Porém, assim como Smallville e Supernatural, Arrow está programada para cinco temporadas. Em cinco anos, teoricamente, teríamos um fim planejado, sem que a vida útil dos acertos e promessas que citamos, tenha esgotado. 

Mas será que a CW saberá – desta vez – respeitar isso? 

Pode ser muito bom para nós e para o canal que Arrow seja uma das melhores estreias agora. Mas mais importante do que poder sobreviver, é saber como sobreviver. E esta é uma lição que não sabemos se a CW aprendeu. Este é um acerto que ainda não sabemos se ela adotará. Por ora, nada disso incomoda. Mas pense só no quanto seria perfeito se Arrow - a estréia que mais surpreendeu em 2012 e chegou à lista de melhores séries do ano – terminasse sua jornada mantendo o poder de surpreender.

Top 10 Melhores Séries de 2012:


04ª Posição: Arrow
05ª Posição: The Walking Dead
06ª PosiçãoRevenge
07ª Posição: BreakingBad
08ª Posição: Homeland
09ª Posição: American Horror Story 
10ª Posição: Suits

Importante: o TOP 10 foi montado de forma democrática com a participação de 14 colunistas do Viciado em Série. Cada um escolheu as 10 melhores séries de 2012. A lista foi juntada, montando a ordem que está sendo publicada.

Postagens mais visitadas deste blog

Confira as 5 séries mais vistas na Netflix pelo mundo

Nos últimos dez anos, a Netflix transformou a forma como o mundo assiste filmes e programas de TV, fornecendo aos assinantes uma enorme biblioteca de clássicos convencionais  e dezenas de recomendações personalizadas - tudo disponível na ponta dos dedos. Isso é mais do que apenas conveniência,  é a metamorfose da mídia.
Usando os dados do Google Trends, o site highspeedinternet.com classificou os países pelo número de pesquisas relacionadas à Netflix e referenciou as suas classificações com as séries mais procuradas. No mapa acima você confere qual é a TOP de audiência em cada país, e, abaixo você confere quais as 5 séries mais procuradas no serviço de streaming.
TOP 5:

1 - Sherlock
2 - Friends
3 - Narcos
4 - House of Cards
5 - New Girl

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…