Person of Interest - 2x09 - C.O.D



O  Episódio C.O.D  vem essa semana bem parado.  O CPF dessa vez é de Fermino Ordoñez um cubano que está na cidade trabalhando como taxista a 5 anos. Como sabemos, taxista são muito vulneráveis, recebem bad e good code a toda hora. Então, todos se aprontam para ajuda-lo. O problema que Sr. Ordoñez teve foi grande, um laptop contendo coisas importantes estava nas mãos de um de seus passageiros, que esqueceu no táxi. E quem estava atrás deles é a máfia estoniana (será que o seriado curte uma máfia?).

Em relação, ao caso semanal, esse mostra Reese e suas pancadarias mirabolantes, gostei de ver Finch analisando os passageiros do taxi, dizendo que rende grandes histórias (me lembrou o quadro do Caldeirão do Huck, #mejulguem por citar isso). E ele no final com Beer no salão de boliche, só eu sofri segundos pelo Beer???  Graças a Deus, Reese chegou a tempo para salvar seus amigos, e, diga-se de passagem, ele foi bem The Flash né, mal ligou perguntando onde estavam e já surgiu.


Como disse o episódio foi bem parado, nem a história de segundo plano conseguiu dar mais vida ao episódio, mas conseguiu acrescentar coisas importantes, fazendo que o episódio não se tornasse um filler.

A HR quer se reerguer, depois de Fusco ter entregue o livro com os nomes  dos membros e todos serem presos. Bom aqui o episódio, faz a gente reviver episódio anterior, a entrega do livro ocorreu no episódio  Bury the Lede, onde também conhecemos quem é o chefão da HR, o Sr. Quinn.  Para se reerguer a HR quer voltar sua aliança com Elias, este qual dispensa apresentação.


E aqui entra o personagem, que vem crescendo nessa temporada, afinal Fusco não só está relacionado com John e Finch, como Carter, mas também com a HR e assim ele vive nessa vida tripla, onde nem mesmo ele sabe pra onde correr. Quando Simmons pede serviçinho pra ele,  acaba deixando-o na retaguarda fazendo até ligar para John, que no meio de uma pancadaria, se diz ‘mais ou menos ocupado’ então Fusco acaba indo fazer o que HR quer. Mas esse é salvo graças as meninas super-poderosa a Elias, que não cumpre sua parte do acordo.  O que damos Graças a Deus, assim Fusco, ficou a vontade de mandar Simmons e HR para o quinto dos infernos. E o que aconteceu? Carter acaba recebendo uma denuncia nãoanonima sobre o desaparecimento de Davidson, que sabemos bem como acabou.


Vamos ver onde mais essa novela de Fusco vai acabar. Estou gostando dessa coisa toda assim conhecemos do nosso amigo ex corrupto. E bom, quarta-feira, tem a review do ultimo episódio do ano, que estamos torcendo para ser bem bombástico.

Tecnologia do Blogger.