Dexter: "Surprise, Motherf**ker!" 7x12 [Season Finale]


Vamos bater um papo sobre a Laguerta. (com spoilers)

Levou o fim que mereceu? De certa forma, sim. Mas acontece que ela foi 'punida' por estar fazendo o seu trabalho, e bem feito. É o que acontece com o mentiroso. Quando está falando a verdade, ninguém acredita nele. Laguerta foi uma detetive que agiu sempre desonestamente pensado si, apenas. Quando resolveu ser a detetive perspicaz que sempre foi, resolveu mexer com um bandido infinitamente superior à ela. Isso mesmo. Dexter é um bandido. O assassino salvador da pátria e limpador de ruas não existe mais.

A morte de Laguerta passou longe de seu código. Todos torciam para que a megera fosse 'expulsa' da série e ela foi: de forma brutal e covarde, morta por aquela pessoa que sempre destratou, sempre pisou, sempre negligenciou. Tida como louca, sua redenção só seria possível se desmascarasse Dexter, levando de quebra sua irmã para o buraco. Como a série não se chama 'Laguerta', foi ela quem levou a pior. Por um lado comemoremos, mas por outro, não.

Laguerta não foi morta por Dexter, mas ele é o responsável. 

Apesar dos pesares, achei coerente a atitude de Debra em matar Laguerta, devido ao desenvolvimento imposto ao personagem nessa temporada. Essa é a nova Debra Morgan. Naquele container estava muita coisa em jogo. Estava a prisão perpétua para ambos. É um meio que não tem volta. Era ela ou eles. Esse foi o pensamento de Debra, se igualando ao assassino Estrada, responsável por matar a mãe de Dexter.

Sua mãe morrera por um assassino que estava tentando livrar a sua pele. Um assassino da mesma laia de Dexter e Debra.

Porém, lamento o rumo que a personagem levou. Lamentável ver Deb se tornar uma assassina. Dexter matava devido ao seu "passageiro sombrio" e matava por precisão àqueles que mereciam. Suas mortes estão cada vez mais 'injustificáveis'. Agora, Debra matou por ela e por seu irmão. Não é uma assassina, não vai continuar matando e espero que ela não consiga viver com os crimes que cometeu.

O season finale tratou também de mostrar o fim sem fim de Hannah, deixando uma ponta solta à série. Ao contrário do que pensava, Hannah tentou matar Debra por amor à Dexter, fato que repudio veementemente. Não é possível que seria tão burra, tão amadora, tão idiota assim! Pior que ela foi tudo isso que disse. Sua fuga da prisão foi coerente para re-inserir o personagem na próxima temporada. Dexter deverá perdoar Hannah por seu delito, pois, da mesma forma que ele e Debra agiram em sua defesa, Hannah também usou do mesmo artifício. Matar para salvar a pele. Não há diferença. Não há mais código algum.

Considerei um bom season finale e uma boa temporada. Claro que a temporada não esteve entre as melhores da série, infelizmente, pois, caminhava para isso. Considero que a temporada foi melhor do que a 3ª, a 5ª e a 6ª temporadas. A temporada e o season finale foram recheados de ousadia, felizmente, mas o fator "detalhe" pesou para diminui-la. Houveram ótimos episódios em sua maioria, porém alguns foram gritantemente ruins. 

Para simbolizar isso, deixaram o péssimo e antipático personagem Quinn em uma mesa bebendo todas ao lado de uma garota, ao invés de encerrar esse plot com sua morte, esclarecendo o que diabos tinha de tão importante naquela organização criminosa instalada na boate, derrubada por um policialzinho corrupto de meia tigela. Aliás, ele terminou assim, sem ser descoberto, sem pagar pelos seus crimes? Vamos ter que passar nova temporada com ele? Péssimo, péssimo, péssimo.

Queria citar também duas atrocidades vista nesse episódio e recorrente nas últimas temporadas da série. São falhas de roteiro gritantes que acabam desanimando os telespectadores mais atentos: 

Como assim Hannah recebe uma substância em plena saída do julgamento e ninguém vê? Puxa, Debra estava lá! Como assim ela não atentou ao fato de que a amiga de Hannah estava lá? Poxa, ela fez um maior alvoroço quando a fiança de Hannah foi negada! Todos que estavam lá viram! Só Debra que não?!

Estrada estava foragido, com a polícia e Dexter a sua caça. Mas... aparece em uma praça pública correndo atrás de garotinhos?! Ah, me poupe! Tudo bem que foi coerente vermos o personagem manter contato com uma pessoa para obter ajuda, mas, deitar ali em um banco, armado, puxando uma soneca? É de mais para mim. Lamentável.

Essas coisas faz com que desapeguemos à série. São roteiristas preguiçosos e muitas vezes medíocres que estão trabalhando na série.

Puxa, comecei falando bem da temporada e do seu season finale e aqui estou eu, encontrando erros e mais erros no episódio. Vou parar por aqui porque poderá surgir mais, infelizmente.

Por Fábio Lins
Tecnologia do Blogger.