Review: New Girl 2x08 (Parents)


Por Fernanda Mafra ;) 

Olá olá leitores! Começando mais uma review de new girl, e, como sempre. Atrasada. Eu ia tirar o atraso e fazer 2 reviews ao mesmo tempo, mas achei melhor fazer uma de cada vez. Então, aguardem até o final da semana para ler a review do 2x09 (Eggs).

O episódio dessa semana teve a participação mais que especial da fofissima Jamie Lee Curtis e do sensacional Rob Reiner como os pais da nossa lindinha Jessica Day. 


Visualmente falando, os dois não tem muita semelhança com a personagem, porém, se todo mundo tem um pouco de maldade, eles fizeram uma versão mais velha de Jess e Nick. Ou foi só eu que achei? A mãe dela é toda animada e de bem com a vida, enquanto o pai é um reclamão mas que não deixa de ser um fofo...qualquer semelhança com a Jess e o Nick com certeza não foi mera coincidência. 


O episódio inteiro gira em torno de 2 coisas: a Jess tentando juntar os pais dela (que são divorciados e não se dão bem), e o Schmidts tentando provar ser mais "homem" do que o primo dele. 


Vamos falar primeiro, e bem rápido, sobre o problema com os Schmidt's. A briga entre os primos por mostrar quem era mais másculo ( devido a uma brincadeirinha do Winston e da Cece) foi mais divertida no final, do que durante todo o episódio.. Quando a Cece fala que pra provar a masculinidade eles tem que beijar outro cara, na mesma hora me veio a cabeça "pfff schimidts beija o nick o tempo todo" e a prova disso está logo aqui, nessa sequencia de gifs especial para o Schmidt's (ja que ele alegou no episódio que nao ia beijar o Winston só por que ele "tem cheiro de homem" )


Agora vamos falar  da Jess, os pais dela, e as referências a um dos meus filmes infantis favoritos "The Parent Trap" (Operação Cupido).

Durante todo o episódio a Jess da umas "investidas" para que os pais dela se interessem um pelo outro, e essas investidas vao desde alcoolizar a mae dela, até o Nick "flertar" com ela... Achei um tanto fofo e um tanto divertido, algo bem equilibrado.. Apesar das caras e bocas da Jess, sempre. 


Mas a reação da jess quando ela enfim "conseguiu" juntar os pais dela... gente.. como pode ser tao expressiva?? haha. Se eu pegasse meus pais tendo um momento daqueles...eu ficaria chocada pelo resto da minha existência...Ew. (haha)


Eu sempre achei a Jess um tanto criança pra idade dela, mas, nesse episódio eu vi que esse lado "criança" as vezes é bem importante em adultos, e tudo pode se resumir a coisas que passamos durante a vida. Tudo que a Jess queria era que os pais dela voltassem a se dar bem, como casal, a justificativa disso veio no fim do episódio quando a Jess diz que só queria "ter uma familia" e eu achei a cena de cortar o coração... então, vou cortar os coraçoes de voces tambem...



Eu preciso, necessito, comentar sobre as referencias sobre twilight, quem diria, nick miller estava escrevendo uma versão zumbi sobre a saga crepusculo? Achei muito boa a referencia ( mesmo que eu, pessoalmente, nao goste da saga twilight) 


E só pra concluir a parte Nick/Jess/Pais. Uma pequena piadinha que postaram na pagina americana de New Girl no facebook hoje: 



Acho que pra concluir essa review, eu preciso dizer, eu gostei do episódio, acho que depois do episódio épico da semana passada esse episódio foi bem feito... O que eu volto a dizer: New Girl está voltando as origens, mostrando que não é preciso partir pra apelação pra se fazer uma boa comédia. Cheio de piadinhas simples, sem muita necessidade de interpretação do publico, os episódios tendem a ser divertidos e não mais cansativos.

Até a próxima! 
Tecnologia do Blogger.