Person of Interest - 2x07 - Critical


     Person of Interest começa o episódio ‘inovando’, primeiro traz novamente CPF de Leo Tao , uma figurinha repetida (ele apareceu em 2x01), quando John pergunta: “Quem seria burro suficiente para arriscar a vida de novo?”, só poderia ser esse japinha maluquinho. John rapidamente o acha e o leva para o QG da dupla, para mantê-lo a salvo, já que a dupla tem outro CPF para salvar (eu não me lembro de episódio com dois CPF, alguém lembra?) 

     O outro CPF é de Maddy, uma medica cirurgiã muito bem conceituada. Com isso, Finch e Reese vão ao hospital para averiguar mais sobre o caso. Achei muito estranho Harold saindo de sua casinha para ir a campo com John, normalmente ele fica lá com seus computadores e só sai quando precisa socorrer John, já que este não pode ser dois. Mas logo se mostra a importância dele no hospital. 

     A dupla está certa de que Maddy Enright é a vítima e começam a averiguar quem seria a provável ameaça a ela. Para ter acesso mais sobre a médica, Harold coloca uma escuta nos óculos da médica, ou que era pra ser dela, não sei, fiquei confusa nessa parte, a médica fala que perde sempre os óculos, então Finch coloca um óculos com escuta no sofá (sem ninguém ver), pergunta se é dela, ela fala que é e pronto nunca mais tira os óculos. Meio estranho essa parte. Mas foi legal ver a dupla saindo do ‘pareamento de celular’, fala sério Finch é tão inteligente e desde o primeiro episódio, com pequenas ressalvas, se usa a mesma técnica de pareamento. E como o pessoal de NY, adora deixar o Bluetooth ligado né!? 

     Mas voltando, com a escuta, Finch e Reese descobrem que Maddy, está sendo ameaçada por Alistain Wesley, um ex-IM6, que pede/ordena que a médica, quando operar Oliver Velot, ‘cometa’ erro médico e o mate na mesa de cirurgia, caso contrario sua esposa Amy morre, já que está no parque na mira de lazer de Snipers. Com isso, nos mostra que na verdade Maddy,é indiretamente a assassina e não a vítima (como já vimos ocorrer no episódio “Bury de Lede”) e as vítimas são Amy e Velot. 

     Então John vai ao parque tentar salvar Amy, enquanto Finch fica no hospital para salvar Velot. Em meio a isso, vimos Fusco numa cena de crime, onde o cara morto tem estranhamento um cartão de Carter. Quando vi Lionel trabalhando e chamando a Carter, eu fiquei feliz, porque no começo quando Carter não trabalhava com John, mostrava mais o trabalho de detetive dela. Agora ela parece que não tem mais casos para resolver e sim, só ajudar John e Harold. Mas o que parecia ser só um casinho de Homicídio, com cartão encontrado no corpo do morto e pesquisas de Carter, nos leva ao Centro de Pesquisas Fujima Techtronics, onde ela reencontra o Agente Snow. 

     Oi o/ Lá vem os criminosos recorrentes dar o ar da graça. Se eu fizesse aposta eu ia ganhar, depois de três episódio mostrando, Elias, HR e flashback da machine com Nathan, o próximo episódio só podia trazer Kara e Snow. Mesmo com participação pequenas, Snow veio para trazer uma mensagem. Ele matou aquele homem e colocou o cartão de Carter, porque sabia que ela era inteligente e ia saber encontra-lo, para que ela pudesse avisar John que Kara esta planejando algo. Mas perai, Snow sabe que Carter sabe como contatar o homem de terno? Mas tudo bem, e será que John sabe quem é ‘ela’? Acredito que sim, estou esperando agora esse reencontro. 

     Voltando ao caso, Sr. Tao, serviu de um aprendiz de Finch, já que este estava no hospital e John no parque, sobrou para Leon fazer pesquisas sobre Velot, porque o queriam morto. Até que ele serviu bem, né. John consegue tirar Amy do parque as duras pena, e com a ajuda de Fusco a mantem a salvo. Já para Finch, sobra ajudar a Sra. Enright a salvar a vida de Velot, já que mesmo a doutora se recusando a matar o paciente, uma enfermeira, paga por Wesley, corta uma veia dele, então sobra pra Harold ajudar Maddy a salvar o homem, e mesmo quase desmaiando consegue. E assim, tudo acabou bem. 




     Ou não, já que agora, John ganha um ‘inimigo’ Wesley, promete voltar logo, e aposto que não será só para terminar aquela bebida. E isso promete, já que ele diz que conhece Mr. Reese de Istambul, então tem um porcentagem de conhecer Kara também. Vamos aguardar, afinal, tudo que queríamos era mais um vilão para a coleção. 

     Estou achando a dinâmica da série muito boa, como já disse em review anterior, essas tramas de segundo planos são ótimas, não vejo a hora de tudo esse povo se encontrar e ter aquela pancadaria em estilo John Reese. E vou arriscar a dizer que Root pode retornar no próximo episodio ein, será que não? Façam suas apostam, qual trama de segundo plano, vai ser a próxima? 

     E como disse no big review anterior, o próximo episódio de POI só vai estrear no EUA daqui duas semanas, então teremos que esperar mais um bocadinho. Queria falar também que as review de POI estou querendo postar toda quarta, logo a próxima é só dia 5 de dezembro. Aproveitem para reler os outros review aqui do blog e comentar :)


Tecnologia do Blogger.