Person of Interest - 2x04 - 2x05 - 2x06


Furacão Sandy atrasou gravações nas semanas passada e o final de semestre atrasou meus review.  Peço desculpas, e com isso teremos uma review triplicata.Vamos lá!


     POI é uma serie procedural, mas desde o inicio da temporada  vem trazendo em segundo plano, histórias recorrentes, o que é comum em séries com caso semanal, para prender o telespectador, mas aqui  vem trazendo vários panoramas, o que podemos avaliar nas três series que vamos falar hoje.

     Triggerman traz um típico caso semanal, onde o tema já muito visto: MAFIA. O que achei interessante aqui foi: o CPF dado era de Riley, um ‘capanga’ de George, então logo suspeitam que ele seja o criminoso, mas descobrem que a vitima aqui são na verdade duas pessoas ele e sua namorada secreta  Annie. E com isso o caso semanal se desenrola, John se apronta para salvar os dois. Vamos abrir uma aspa: Só eu fiquei incomodada com Riley não perceber que foi seguido por John? Mas vamos deixar passar.
      Mas como disse no começo da review, a série apresenta temas paralelos, e aqui o tema foi apresentado na verdade trazendo os dois vilões da série, Elias e Root. O primeiro na verdade se comportou com ‘herói’  afinal, Finch teve que pedir ajuda dele para ajudar o casal. Já Root, foi lembrada quando Harold disse que Riley não precisava ser salvo já que ele é um bad code, termo criado por Root, vale ressaltar que uma foto da mesma foi mostrado no computador quando Finch fazia suas pesquisas;
     Tenho que dizer, que quando vi Elias, odiei, eu particularmente, odeio o vilão, não por ele ser mal, mas por ele ser chato. Fiquei muito feliz quando ele foi preso na primeira temporada, e Root foi apresentado como uma nova vilã. Achei que nunca mais viria ele. Mas depois analisando a série acredito que ele possa vir com um novo papel, afinal mostrou que a Harold e Root  tiveram um disputa intelectual, e nesse episódio Elias pede para jogar xadrez, já que esse apresenta um nível intelectual igual.  Então quem saiba Elias, não sirva só para ajudar com casos envolvendo a máfia. Nota: 7, pontos positivos pela meção a Root.

     Bury The Lede, ganha como melhor episodio :) O CPF dado é de Maxine Angelis, uma repórter investigativa, que não tem medo. Destemida investigou Cartel, Elias e HR. E agora em época de eleição, investiga os candidatos a prefeito. Com isso John e Finch, estão certo de que ela é vítima ser protegida. Mas como disse, ela é um repórter que investiga matérias boas, e lógico não deixaria de investigar o melhor tema “quem é o homem de terno?”, então John tem que arranjar um disfarce para isso.
     No começo vimos, Maxine colocando na primeira pagina, ‘podres’ de Griffin, que é um candidato concorrendo com Walker para prefeito. Então, logos imaginamos que este é quem quer a ‘cabeça’ da jornalista. Mas a trama no surpreende, trazendo de volta uma de suas trama recorrente, o HR, e com isso traz de volta Simmons, o policial corrupta e Donnely, que deixou de caçar Mr. Reese, para prender os policiais corruptos e procurar o chefão (que me surpreende [/2, não ser Simmons). E nisso trama se desenrola.
     Maxine, assim como FBI, quer saber quem é o chefão para estampar a fanpage do jornal, e recebe uma ligação anônima dizendo, que é este é Christopher Zambrano então esta vai atrás do mesmo e acaba recebendo mais intimidações para sua lista, o que confirma para ela que ele é mesmo o chefão e faz matéria, revelando-o.
     Com isso, John precisa se aproximar da vitima. Mas como proteger alguém que quer sua carinha na primeira pagina do jornal, então Finch descobre que Sra. Angelis, está em site de encontros amorosos online, e acha o disfarce perfeito par Mr. Reese, agora Mr. Anderson. A cena do encontro dos dois trouxe, mais pitada de humor a série. Principalmente quando Finch usa da psicologia social, e a lindíssima Zoe Morgan aparece, para fazer ciúmes a reporter. Adorei, quando ela apareceu, é uma personagem que deveria aparecer sempre. 
     Mas o encontro não acaba em maravilhas, porque os dois recebem ligação falando que (surpresa [/3) Zambrano não era o chefão e sim um informante do FBI, que sabia de um caderno que tinha os nomes de todos os integrantes do HR, inclusive o chefão. Que com isso ele acaba morto, ou seja, Zambrano era a vitima, não Maxine, que na verdade era a ‘criminosa’, indiretamente (surpresa [/4) . Assim vimos mais do que machine é capaz, afinal os crimes considerado irrelevante pela sociedade, são relevantes para a machine ate que ponto? Nisso, nossa dupla, não conseguiu salvar, quem realmente merecia ser salvo.
     Não posso deixar de citar a participação excelente de Fusco no episodio, o personagem estava preocupado afinal seu nome estava no caderno, e desobedecendo as ordens de John, conseguiu tirar o seu da reta, rasgando a folha que tinha seu nome, e tirado o de Simmons também que o ameaçou.
O caderno foi achado por Maxine, nas propriedade de Zambrano, que com a ajuda de Zoe Morgan, suspeitava que o chefe fosse Griffin, mas ao abrir caderno descobre o nome do outro candidato, Walker. O provável chefão.
     E o mistério de quem é o chefe do HR, acaba por sendo revelado neste mesmo episodio, que na verdade não é Walker, e sim outra pessoa. Infelizmente, Maxine errou sobre o chefão, o que faz com que a personagem possa aparecer novamente, principalmente por ela estar procurando o homem de terno. Nota: 9, melhor da temporada, perdendo para os episódios com Root.

     The High Road apresenta um dos meus retrospectos favoritos, sobre a machine, adoro entender mais do que essa maquina é capaz. E aqui mostra o 'amor' dela por Harold, que é tão grande que encontra e apresenta a alma gêmea dele. Aqui vimos o quão é capacidade dessa maquina, e que me instiga a cada vez mais por pedir episódios com esses flashback. 
    O caso da semana nós leva ao subúrbio, levando nossos heróis a salvar pessoas em outros lugares, pontos positivos para isso, seria legal a série explorar novos horizontes. Com isso nosso 'homem de terno' tem não só que mudar seu visual, mas também seu status no facebook. Porque com isso, John acaba pedindo Zoe em casamento. Para contribui com seu disfarce.
     Bom como disse anteriormente, to amando a volta de Zoe, quando a personagem apareceu na season finale, eu fiquei muito chateada quando a mesma não regressou para ajudar Mr Reese a salvar Finch. Acho que o episodio anterior, serviu de preliminares para esse clima de amor nesse episodio. Tenho que confessar para vocês que quando POI começou eu jurava que John e Carter iriam ter cenas românticas, mesmo achando que os dois não tem química para uma relação amorosa. Porque eu como menininha, adoro uma casal romântico em série, mesmo que esta não tenha como proposta tal coisa. Agora quando Zoe apareceu especificamente nas cenas de Bury The Lede, eu comecei a ficar feliz pelo casal. Mas ai vem Carter com seu novo visual e seu ciúmes quando conhece Zoe. O que podemos esperar desse triangulo amoroso?
     Mas falando sobre o caso semanal, Zoe e John vão até o subúrbio para salvar Graham, que é um homem que mudou de identidade por ser caçado na Filadélfia por crimes de roubo, e agora com sua nova identidade, tem uma nova vida. Mas seus parceiros do passado foram presos e voltam para se vingar dele. Achei esse episódio um tanto quanto relevante, afinal, além de mostrar o amor da machine, mostra também que um amor pode transformar um bad code em um good code. Em Triggerman, Riley estava mudando graças a seu amor por Annie, e aqui Graham mudou pelo seu amor a esposa e filha. Nota: 8, volta da Zoe.
Algumas observação desse episodio em especial: 
- Todos Curtem Harold chamando John de boss...
- Senti falta de Fusco, e achei pequena a participação de Carter.
- Meninas: John de Terno é lindo, mas de polo um gatinho kkk.
- Bear sempre com suas participações cômicas (vale para os outros episódios também)
- Grace Hendrick que faz a ex-noiva de Harold já apareceu no episodio No Good Deed (1x22) e é esposa na vida real do ator que interpreta Harold.
- Se fizemos um retrospectiva dessa temporada... Os primeiros episódios mostra o amor platônico de Roo por Harold, depois temos a brasileira que é quase morta a mando de seu namorado (amor perigoso), o encontro amoroso online de John, neste o amor da machine por Harold, mudança por amor.

      Bom peço desculpa, por demorar tanto para fazer as review, mas estou me organizando e planejo postar as review aqui de POI toda quarta-feira:) Então só acessar aqui o VS todos os dias e as quartas comentar sobre POI. Essa quarta (21/11) sai a review do episódio “Critical" (2x07) e o próximo review só daqui duas semanas, já que o episódio "‘Til Death" (2x08) só estreia dia 29/11.
Tecnologia do Blogger.