Fringe: "An Origin Story" 5x05


A teoria de 99% dos fãs de Fringe é concretizada.

Peter Observer. 

Eu fazia parte dos fãs que não acreditavam nessa hipótese (apesar de nunca descartá-la) e considero bom não ter seguido essa linha, pois, surpreendi-me muito no final do morno "An Origin Story". Um episódio que foi construído para esse desfecho, a nova reviravolta da última temporada de Fringe, que ainda não explodiu as nossas cabeças como esperávamos.

Peter disse com propriedade o que conseguiram nos cinco episódios da temporada: partes que não sabem montar; um papel com física que não sabem decifrar; um Unificador que não funciona e pedras de uma mina. Simples assim. O pior é que perderam um importante membro da Resistência, mas principalmente, um grande pedaço do casal 20 da série. Etta ainda faz falta. Fará muita falta, porém, terão que absorver isso o quanto antes. Estão perdendo a guerra.

Uma vitória real! É o que procuraram nesse episódio e não conseguiram. Montaram um bom plano para destruir o portal que os carecas usam para enviar/receber algo do futuro (como seria esse futuro?), atrapalhando seus planos, fazendo com que não terminassem a máquina que manipula o ar, que reduz a expectativa de vida dos humanos. Não deu certo. Estavam indo bem, mas foram enganados pelo careca capturado. Peter acabou montando o cubo de forma errada, mas o careca pagou por sua esperteza. Muito bem pago por sinal.

Enquanto isso, Olívia se desesperava. Diferente das primeiras reações após a morte de Etta, quando praticamente não demostrou emoção, nossa loira se entregou. Não está conseguindo seguir em frente e só pensa em passar o resto de sua vida na "roça cuidando de ovelhas" ao lado de Peter. Natural a sua reação e achei importante vermos a sua dor de perda na série, mas daí pra frente não há mais espaço para lamentação. Queremos ver a nossa Olívia guerreira de volta. Levante, sacode a poeira e dê a volta por cima.

"Porque a teríamos de volta? Para perdê-la de novo?" - Momento mais dramático do episódio. 

Basicamente o episódio foi MAIS uma preparação para o que virá pela frente. Acrescentamos uma importante arma às mencionadas acima. Peter mencionou que seria 10 vezes mais do que aquele Observador é. Esperamos que seja mesmo e que use a tecnologia para colocar seus planos em prática.

Precisamos conhecer as mudanças que irá sofrer e o poder que terá após aquele objeto adentrar em seu pescoço, mas receio que efeitos colaterais também virão. O que será das emoções de Peter? Que os sentimentos por Olívia, Etta, Walter e cia continuem reais.

Muitas, muitas, muitas perguntas ainda.

Foi um bom episódio. Morno, mas bom. O final impactante ajudou muito. Já estamos ambientado naquele universo e seguimos em busca de respostas, mas principalmente, vitórias. Preocupa-me estar faltando apenas 8 episódios para o fim da série e ainda estamos montando o quebra-cabeça, mas por outro lado, confio e muito nas pessoas que estão dirigindo esse show que tanto nos proporcionou emoções durante cinco anos.

Nota 08/10

Easter Eggs e Curiosidades:
  • Começando com os tradicionais glifos do episódio. Formaram a palavra "Fight" que significa "luta". Promessa de que muita luta terá que acontecer para que a Resistência consiga atingir seus objetivos, e o promo do próximo episódio não nos deixa mentir.
  • Promo "Through the Looking Glass and What Walter Found There" 5x06
   
  • J.H. Wyman (como eu) deve ser muito fã do U2. Já vimos a banda ser citada em díálogos na série; vimos uma certa referência em "The Recordist" (5x03) e agora, uma semelhança incrível do cartaz de Etta à capa do primeiro álbum da banda, intitulado pelo sugestivo nome "War". Tem bom gosto, esse Wyman.

 
Tecnologia do Blogger.