Revolution: S1E02-03 "Chained Heat" e "No Quarter"


Para onde essa série quer nos levar? 

Olá pessoal, sei que estou um pouco atrasado, mas finalmente eu trouxe a review dos episódios 2 e 3 de Revolution, tive provas na semana passada, então, me perdoem. x.x

Então, nestes episódios vimos que a série pode sim (ou não) ter algum rumo. Os episódios em si foram muito bons. A ação foi aumentada (de certa forma) e, ao que parece, não vão deixar o público boiando, pois começaram a mostrar uma coisa que extremamente importante nessa série: Os Flashbacks (já que no primeiro episódio fomos apresentados a “nada”). Porém, se dissessem tudo, não teria graça, não é?

No segundo episódio temos um pouco de mais do mesmo, que é a Milícia lutando contra Miles, o que vai acabar me cansando se não tiver outro foco. Em seguida ele diz a Charlie que precisa da ajuda de uma pessoa e que está indo buscá-la. Chegando ao local onde a mulher deveria estar, a Milícia aparece novamente e Miles descobre que a mulher que ele procura foi presa pela Milícia. Ele decide resgatá-la sozinho e enquanto os outros dormem, Charlie resolve segui-lo. Percebendo que Charlie se foi, Maggie e Aaron resolvem ir atrás da misteriosa mulher na qual Bem pediu para que Aaron entregasse o objeto estranho. Charlie e Miles chegam ao acampamento onde a milícia mantém a mulher que irá ajudá-los a resgatar Danny, e aí que somos apresentados a uma nova personagem: Nora. Ela diz que foi presa intencionalmente para tentar roubar um rifle, e diz que só irá ajudar se conseguir rouba-lo. Então eles se unem, roubam o rifle e fogem. Também acabam descobrindo que Nora se juntou aos rebeldes.

Depois de tudo isso, temos o ponto alto do episódio: O fim! Pois é, Grace recebe uma visita que parece não tê-la agradado nem um pouco, ela vai até o computador e manda a seguinte mensagem: “Randall está aqui.” Enquanto isso somos surpreendidos por uma aparição inesperada: A mãe da Charlie, Rachel, a mesma que todos pensam estar morta. Monroe aparece para lhe dar a notícia de que Bem está morto, e que ele mantém Danny sob custódia. Ela tenta atacá-lo ele se defende e diz que se ela quiser o filho de volta terá que falar tudo, sobre o blackout e o que ela souber. O que ela tem a ver com tudo isso?


Quem diabos é Randall? Será que finalmente foi dado algum sinal do nosso “vilão-master”, seria ele quem está no comando acima de Monroe? Veremos. E o que Rachel sabe sobre o que está acontecendo no mundo? Mistérios, mistérios...

No terceiro episódio, começamos com Charlie, Miles e Nora indo até a base da resistência para entregar o rifle antes de partir em busca de Danny. Chegando lá, são surpreendidos pela notícia de que os revoltosos foram atacados, alguns mortos e um “desaparecido” (o mesmo acaba entregando o local onde os outros estão). Então Charlie decide ficar e ajudar. A Milícia vai até a base e os ataca e temos mais do mesmo... Sério, apesar disso ser algo comum e necessário na série, fica muito cansativo ver apenas Milícia vs. Miles e Cia, enquanto não tem desenvolvimento nenhum no enredo, exceto pelos fianis dos episódios, que sempre vêm jogando algo interessante. Sabe qual a sensação que eu tenho quando vejo isso? Power Rangers, isso mesmo. (hauhauauah)


Eles conseguem capturar o Comandante. Ele reconhece Miles e conta que foi Miles quem fundou a República com Monroe e que ele já foi Comandante General da Milícia. Miles diz que vai se entregar e em troca, quer que a Milícia deixe o restante dos rebeldes em paz. Ele é levado, porém, Nora e Charlie tinham um plano e o resgatam. Enquanto isso, Aaron e Maggie quando chegam à casa de Grace e não encontram ninguém, mas Aaron consegue ouvir música e Maggie liga o celular e consegue ver seus filhos. Porém, a energia dura pouco. Creio que aquele pingente que Ben entregou a Aaron de alguma forma, seja um gerador de energia ou algo do tipo. Nosso Nate-mistério não deu as caras neste episódio.


Então, apesar de estar gostando da série, sinto que ainda está faltando algo, mas vamos esperar né... Outra coisa, eu estou odiando o Danny, é o típico garoto mimado que não serve pra nada (pelo menos até agora, não). Charlie está uma bela de uma incógnita pra mim, não consigo falar nada sobre ela ainda, mas eu quero que ela faça alguma coisa, até agora ela tem sido uma protagonista fraca. Acredito que Miles ainda esconde algumas coisas sobre seu passado, coisas que podem envolver Ben e Monroe. E qual é a do tal "Nate"? Todos já percebemos que ele parece ser a "paixonitezinha" que nossa protagonista irá ter, mas o que ele quer?  

O que está me atraindo de verdade em Revolution é, sem dúvidas, o visual e as cenas de ação. Particularmente eu gosto muito deste tipo de cenário, o último nesse estilo que vi foi Terra Nova (de Luto até hoje...  =/ ) e os estilos das lutas com espadas, me atraem bastante também. Enfim, muitas perguntas foram levantadas, como de praxe, e oremos para que J.J. Abrams não nos decepcione, estou apostando minhas fichas nele. x.x

Até a próxima pessoal! ;)

Confiram o promo do próximo episódio:

       
Tecnologia do Blogger.