Person of Interest - S02E03 - Masquerade

"Quem esperaria que um brasileiro chegase na hora?"

Com a volta de Finch, POI volta a sua rotina, trazendo mais um CPF e a missão de salva-la. Mas a priori já nos mostra que Finch retornou um tanto quanto traumatizado, o que é ressaltado mostrando que ele não conseguiu sair na rua, mesmo acompanhado do nosso recém-amigo Bear.
O Caso da semana apresentado foi fraco, o CPF apresentando era de Sofia, filha de um diplomata que iria se candidatar a presidência do Brasil, que é um bom motivo para ser protegida pelos nossos ‘heróis’ já que como Harold disse “Sequestros políticos não são incomuns no país dela”. Confesso que a única coisa que me interessou no caso, foi o fato ter mencionado o Brasil, só.
O caso não foi envolvente, eu particularmente, achei que foi mal trabalhado, mesmo tentando dar aquela surpreendida, que a priori era um caso político, mostrou que Sofia estava em perigo por estar na hora errada, no lugar errado, como John disse.  Mas foi tão superficial que eu nem notei que na verdade, ela estava em perigo por causa do traficante de drogas, que envolvia seu namorado secreto.
Mesmo com esse casinho, Person of Interest, mostra que tem muito a oferecer. Em meio ao caso, Carter volta a investigar a morte de Alicia Corwin, e acaba descobrindo que mais pessoas também estão interessadas nisso, além das pessoas que sumiram com as evidencia, ela descobre que Snow também.


Com isso surgem as duvidas que fazem com que continuemos assistir atrás dessas respostas. Por que Alicia Corwin é tão interessante? Porque os amigos de Denton Weeks quer abafar a morte dela? Ela sabia o que sobre a machine?
 E Kara, agora com Snow sobre sua mira, acabou fazendo com que ele parasse de procurar Sr. Reese, e ajuda-la a descobrir quem pediu para Corwin mandar ela e Reese para a China, onde ela foi dada como morta. Mas não podemos esquecer que Kara sabe sobre a machine, e será que ela ira acabar ajudando Finch e John, ou será mais uma louca querendo a ter acesso a machine.
Não posso deixar de citar também, a pegada humorística da série, esse humor que os personagens empregam está crescendo cada vez mais. As brigas, por exemplo, de John, são levadas mais para esse lado, e Fusco também está bem nisso, sem esquecer que Bear, entrou na trama para colaborar com isso, a cena de Finch com ele estão bem legais.
Bom, mesmo o caso sendo ruinzinho, a trama de segundo plano está ótima, o que vale a pena continuar acompanhando, e ver o que vai dar, já que agora o chip de Alicia está com os “amigos” de Weeks, que no episodio anterior estava sobre as lentes de Root.

PS: - A abertura voltou, com imagens novas.
      - Achei interessante citar a corrupção política no Brasil, dado que aqui é ano de eleição, e no EUA também. E a série, que já mostrou também corrupção dos policiais.


Tecnologia do Blogger.