Once Upon a Time: "We Are Both" S02E02




Olá, leitores! Como estão passando? Espero que estejam animados para o feriadão, afinal, feriadão significa: Colocar as séries atrasadas em dia e assistir as de costume como se não houvesse dia de trabalho ou estudo. Bom, vamos aos comentários sobre este segundo episódio...

A situação em Storybrooke começa tensa. A cidade está um caos e os moradores estão desesperados, principalmente, depois de descobrirem que não podem cruzar a fronteira, se não, esquecem quem realmente são. Charming está em busca de um meio para resgatar sua esposa e sua filha, enquanto Regina passa parte do episódio tentando recuperar sua magia. O principal do episódio foi nos apresentar quem era Regina antes de se tornar Evil Queen, acredito que tenha sido para dar introdução ao novo ponto de virada da série. Chega a ser estranho ver que ela era uma pessoa tão boa e toda essa transformação foi causa da influência de sua mãe e do Rumplestiltskin sobre ela. Estava claro que ela já tinha os genes, ele apenas deu um pequeno empurrãozinho para que ela se transformasse completamente. É interessante televisionar essa parte especifica da história que foi bem trabalhada. 


Charming nesta busca por um meio de salvar sua esposa e filha, faz um novo acordo com Rumplestiltskin, e a partir disso, encontra Mad Hatter que lhe revela que a Floresta Encantada ainda existe. Regina para ter seu filho de volta, pega novamente o livro que um dia pertenceu a sua mãe recuperando sua magia. Com isso, ela tem seu filho de volta, pois Henry também possui os genes da mãe, mas esses seriam os de Emma. Ele aceita ser levado contanto que ela deixe os outros em paz. E é nesse meio tempo que as mudanças vão acontecendo: Primeiro, temos o maravilhoso discurso de Charming quando os outros personagens decidem deixar a cidade aterrorizados por Regina ter sua magia restaurada. Foi bastante comovente, deu até vontade de fazer parte daquela população. Mas a grande mudança foi a de Regina dizendo que quer se redimir e tudo isso por causa de Henry. Não sei vocês, mas assim como o Charming, acreditei nela, em suas palavras, principalmente depois que ela admitiu que a Floresta Encantada ainda existe. O amor por um filho pode realmente mudar o ser humano?! Como a própria Evil Queen disse, ela precisa aprender a amar.

Acredito que o ponto surpresa foi o final do episódio, Emma e Snow são prisioneiras de Mulan agora – vontade de dar uma surra nela e na Aurora – e ao serem jogadas no calabouço, é revelado que Cora (Barbara Hershey), mãe de Regina, está viva. O meu ponto aqui é o seguinte: Provavelmente, Snow irá lembrar-se dela, mas pode ser que Emma peça sua ajuda para acordar a mãe. Estava acreditando fielmente que Cora tinha sido mandada para o nosso mundo e não que estava presa naquele ainda. Enfim, voltando ao meu ponto, minha teoria é a de que ela consiga recuperar o livro futuramente e seus poderes, já que sua filha não o queimou, tornando-se a grande vilã da história ao lado de Rumplestiltskin. Se não fosse por essa razão, por qual outro motivo eles iriam humanizar tanto a Evil Queen?! Vamos ver aonde isso tudo vai dar.

Parabéns, Red, está tendo mais destaque nessa temporada. Enquanto Snow e Emma estão fora de nosso mundo, Red auxilia Charming a ajudar seu povo. Fazendo um excelente papel ao mantê-lo focado em sua tarefa como governante.

Nota¹: Só uma pergunta: Onde está Pinóquio?
Nota²: Por qual razão Mr. Gold queria tanto sair de Storybrooke? Seria para com sua magia conseguir dominar nosso povo ou alguma outra razão em particular, como por exemplo, encontrar seu filho?

Enfim, espero que tenham gostado da review e do episódio. Vamos torcer para que o rapaz do começo da season premiere reapareça para sabermos quem é ele, e ver onde irá dar toda essa situação da Emma e sua mãe presas na terra dos contos de fadas. Até a próxima!
That’s all folks!
Tecnologia do Blogger.