Pular para o conteúdo principal

Once Upon a Time: "Lady of the Lake" S02E03




Olá, queridos leitores! Como estão passando? Bom, como eu disse esses dias no twitter, a review só está saindo hoje devido alguns compromissos que tive e está sendo difícil organizar o horário, mas acho que semana que vem já deu para arrumar isso. Enfim, vamos falar desse episódio que foi quase todo baseado no amor dos pais...


O episódio foi basicamente todo envolvido por pais e seus filhos. De um lado tínhamos Snow White e Emma, do outro exploramos um pouco o passado mostrando Ruth e Charming, e em Storybrooke, tivemos Mad Hatter e Grace. Sem contar os outros pontos mostrados também em relação a Henry.

Então, no passado, eles nos mostraram mais alguns acontecimentos antes da maldição. Tivemos, mais uma vez, a presença do Rei George que mandou seu cavalheiro, Lancelot, atrás de Snow White. Com sua sede de vingança, sua vontade de fazer com que Charming sentisse o mesmo que ele uma vez sentiu, ele envenena Snow White para que esta não pudesse ter filhos, assim como sua esposa não podia. Entretanto, quando esta conhece sua sogra, Ruth, que foi acertada por uma flecha envenenada, eles partem em direção ao lago Nostos. Ela conta para Ruth sobre ter sido envenenada e esta diz que, como o lago Nostos está seco e apenas existe uma gota, quem deverá beber é Snow, mas a princesa recusa, porém uma mãe sempre dá um jeito para colocar seu filho em primeiro lugar e é exatamente o que acontece. Ruth pede a Lancelot que ele coloque a gota em um copo na hora que está fazendo a cerimonia de casamento de Snow e Charming, com a desculpa de que isso é tradição em seu reino.

No presente, tivemos Emma finalmente compreendendo tudo aquilo que sua mãe fez por ela. Ao longo de sua jornada em busca do portal, Emma faz a maior burrada de disparar a arma atraindo o ogro. Quando ela está prestes a ser capturada por ele, pois quando corria tropeçou, Snow White aparece, em toda sua gloria, pronta para defender sua filha. Ela pega o arco e atira-lhe uma flecha certeira nos olhos, o ponto fraco dos ogros, mesmo depois de vinte anos sem tocar em uma; Emma fica claramente surpresa parecendo que agora dará ouvidos a sua mãe. Bom, elas conseguem encontrar o armário, na antiga residência de Snow White, pelo qual Emma foi mandada. Mas a visita inesperada de Cora complica tudo e revela que Lancelot fora morto por ela, e o tempo todo, a mulher estava se passando por ele para liderar aquele grupo de sobreviventes. Em defesa de seu próprio filho, para que Cora não consiga chegar perto dele, Emma coloca fogo no armário, assim o destruindo. Antes da grande cena entre mãe e filha, Mulan diz que Snow irá lidera-las a fim de capturar Cora. De pronto ela não aceita, mas a guerreira e Aurora dizem que irão ajuda-las a encontrar um meio de voltar para Storybrooke. Bom, a cena final entre Emma e Snow fez com que meus olhos enchessem de lágrimas. Emma finalmente entendeu que sua mãe a colocou acima de tudo, a colocou sempre em primeiro lugar e continua fazendo isso. Ela, por ter sido órfã e sempre sozinha, não estava acostumada com isso. Que cena maravilhosa entre mãe e filha. Se pararmos para pensar, Once Upon a Time evidencia bastante isso, o amor entre pais e até mesmo a falta dele. Além de tudo está interligado, todos os personagens trazem certa carga relacionada à família.

Não tivemos muito de Storybrooke dessa vez, uma boa cena de Henry falando para o Jefferson que mesmo com ele tendo medo de sua filha odiá-lo, deveria procura-la. E sucedendo, pois o Mad Hatter vai atrás de Grace e é recebido por um abraço caloroso. Henry e o gene de sua mãe, teimoso igual uma porta, ao descobrir sobre o cofre de Regina, rouba as chaves e quase é morto por duas cobras. Se não fosse a não tão mais Evil Queen ter avisado ao Charming, o menino estaria agora sendo digerido.

Tenho para mim que Cora quer vir para Storybrooke com o intuito de se vingar de Regina e aparentemente, ela pode conseguir. Aquela cena final foi bastante suspeita. Rei George também apareceu no final do episódio e este provavelmente ainda quer vingança. Cuidado, Charming, principalmente com o seu neto. Um homem vingativo pode fazer coisas terríveis com aqueles que seu inimigo ama.

Nota¹: O que a Jennifer Morrison anda fazendo para estar com aqueles braços maravilhosos? Olha, esqueci até de respirar quando ela tirou o casaco para entregar a Aurora.
Nota²: BACK AWAY FROM MY DAUGTHER!” Essa frase foi puro amor.

Bom, espero que tenham gostado do episódio e da review. Até a próxima!
That’s all folks!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Netflix Divulga TOP 10 Séries mais vistas por super maratonistas

PREPARAR, APONTAR, ASSISTIR: MAIS DE 8 MILHÕES DE ASSINANTES QUEREM SER OS PRIMEIROS  NA MARATONA DE SÉRIES DA NETFLIX
Um novo tipo de aficionado surgiu com a Netflix, e eles estão correndo para serem os primeiros a terminar séries como Stranger Things, House of Cards, Fuller House e outras . Assistir a uma série inteira antes de todo mundo virou um novo símbolo de status.
A Netflix mudou a forma como o mundo se relaciona com séries  - espectadores podem assistir quando, onde, como quiserem e, principalmente, em qualquer ritmo. Ao fazer isso, a Netflix viu o surgimento de um novo tipo de fã: o super maratonista. Completando em um dia o que os outros levam semanas, os super maratonistas se empenham para serem os primeiros a terminar uma série, assistindo a uma temporada inteira nas primeiras 24 horas após o lançamento. 

No total, 8,4 milhões de assinantes da Netflix se tornaram super maratonistas, e a única coisa mais rápida do que o ritmo em que eles assistem a séries é o ritmo de cresc…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…