Pular para o conteúdo principal

Modern Family - S04E05 - Open House of Horrors


O Halloween está de volta e Modern Family faz questão de prezar  esta época festiva, como já nos tem vindo a acostumar, com um episódio divertido e à altura desta excelente 4ª temporada.
Este ano não foi excepção. Que grande episódio!
Comecemos então.
Pelo lado dos Dunphy ainda existem vestígios do Halloween transacto. As famílias do bairro, crianças e adultos, teimam em afastar a casa de Claire e Cia do mapa Halloween. Talvez por Claire ter elevado o entusiasmo a um nível perigoso, quase proporcionando um enfarte a uma pessoa. Phil insiste em dizer que o sucedido o ano passado nem foi assim tão assustador. Mas pronto, é de Phil que falamos e da sua visão um pouco distorcida da realidade. Como vimos no flashback que passaram, Claire foi deveras assustadora, colocando um adulto à beira do enfarte de miocárdio e crianças a gritar histéricas. Mas nada melhor do que uma imagem:

Mas não é só a família Dunphy que anda em preparativos para o Halloween. Cam e Mitch também estão e vão aproveitar esta época festiva para mostrarem o novo "eu" de Cam - 14,69 quilos (precisão que Cam gosta de destacar) mais magro.
Mas Mitch tem mais um problema a sondá-lo. Quem segue Modern Family há 4 temporadas sabe que Mitch às vezes não é a pessoa com mais paciência e que, havendo uma solução mais fácil, esta pode ser tentadora. Parece então que Mitch tem vindo a dizer a Lily que a sua mãe é uma princesa. Quando o referido foi explicado pensei, por momentos, que a " mãe princesa" fosse Cam, mas não. Assim sendo,uma mentira que poderia ser encarada como reconfortante e carinhosa despultou um lado "princesa" em Lily que esta não consegue abandonar. Muito engraçada a forma como Lily insistiu em voltar a se vestir de princesa neste Halloween. Para complicar a situação de Mitch, Cam não tem conhecimento desta "pequena" mentira do marido e Lily parece estar cada vez mais insistente com o assunto.
 Que Jay é o mister cool da série é um facto, mas nem toda a gente concorda assim tanto com isto. Parece que os velhos truques do coroa não têm resultado de forma tão eficaz que o livrem de pagar multas de trânsito. É desta forma que Jay se começa a interrogar sobre o seu aspecto físico. Parece que a casa dos Pritchett está cheia de pessoas preocupadas com a aparência - 1º gloria e agora Jay.
Contudo a preocupação de Glória passou agora do aspecto físico para o psicológico. É que a colombiana anda "ligeiramente" esquentadinha e teve que ser, novamente, Manny a dar a entende-lo. Mas esta cena foi muito cómica. Manny chega a casa, fantasiado de mafioso italiano ou algo do género difícil de descrever, dizendo que foi chamado pelo director da escola. Isto porque Manny, no intervalo das aulas, e para descontrair, vai imitando e treinando uns passos de dança de Gene Kelly, sendo que com a sombrinha accionou o alarme de incêndio. Glória não hesita a defender o filho ficando super irritada pelo sucedido, por o director não ter percebido que Manny não accionou o alarme propositadamente.
E quando Manny diz que a mãe é esquentadinha, Glória deu esta (interessante) resposta:

Voltando aos Dunphy. O Halloween não vai melhor. As crianças (e os pais das crianças) fogem da casa da família como se tivessem visto o diabo. Nem mesmo as tentativas de Claire, sendo super amorosa e oferecendo doces, resultam. Na Open House de Phil as coisas também não vão melhores. É então que Claire, aquela Claire que adora fazer esquemas, volta à acção. Cansada que Phil diga que a sua interpretação no Halloween transacto não foi assim tão assustadora decide fazer travessura para Phil. É desta forma que Claire se dirige à Open House de Phil, toda fantasiada de morta viva e com maquiagem à altura. No entanto tudo passa despercebido a Phil e ele nem repara nas poses assustadoras de Claire. Mas é quando esta muda de tática que Phil começa a ter medo. Parece que o marido de Claire fica mais assustado com situação de suspense. Barulhos, galhos de árvores a bater nos vidros, sons enigmáticos, tudo isto deixa Phil desconfortável. Tão desconfortável que parece um maníaco a mostrar a casa a uns possíveis compradores que apareceram a horas mais tardias.  E sim, Claire e os filhos estiveram bem ao proporcionarem  um susto de morte a Phil. Foi uma vingança engraçada. Estou fã de Claire.


Jay continua obcecado com o aspecto, dizendo agora que vai começar a usar os cremes caros de Glória com partículas de diamantes. Já Glória continua esquentada, mas Jay prefere dizer que a esposa não é esquentada, mas talvez emotiva ou instável. Já nas costas apelida-a de maluca, mas isso é um pormenor que Glória não precisa de saber.


Na festa de Cam e Mitch, Cam continua exibindo os seus menos 14 quilos e Lily pensa que viu a mãe na festa, visto existir uma pessoa fantasiada de princesa . Mitch tenta calar a filha a todo o custo nem que para isso tenha que lhe enfiar um cupcake na boca.
Jay e Gloria também aparecem na festa. Ele fantasiado de piloto e ela de uma espécie de ser Verde com antenas. Glória chega à interessante conclusão que é o seu bebe que está com raiva e a obriga a fazer coisas ruins.
Jay acaba por sofrer uma cantada na festa. E de quem? Da suposta princesa. A questão é que a suposta princesa está mais para príncipe, mas Jay não percebe. Glória e Cam observam a cena de fora, e Glória impede Cam de avisar o sogro sobre a sexualidade da princesa, visto que sabe que Jay necessita que lhe aumentem o ego.

A mesma princesa também vai estar em destaque quando Lily resolve colocar conversa com esta.  Mitch não consegue evitar que a filha fale com Cam sobre a situação da sua mãe ser uma princesa. Adorei quando Lily fez um "aaouu", sinal de quem sabe que vem encrenca pelo caminho. Uma das preocupações de Cam é que, segundo o combinado, deveriam falar com Lily sobre o assunto Mãe, vestindo cores calmas. Apesar da lacuna na indumentária, a conversa correu de forma tranquila. Apesar disso não conseguiram negar de forma completa que a mãe de Lily não é uma princesa, deixando a possibilidade no ar...o sonho no ar.

O núcleo infanto juvenil teve em destaque na cena em que Manny é convidado para dar uma volta com os garotos legais do colégio, sendo influenciado, metaforicamente e literalmente, pelo bem (garoto fantasiado de jogador de baseball) e pelo mal (Luke fantasiado de diabo).
 Episódio excelente. De destacar Claire (Julie Bowen) e Lily (Aubrey Anderson-Emmons). Penso que este foi mesmo o episódio em que conseguimos ver mais da pequena oriental. O papel assenta-lhe a perfeição. 
Cada vez mais acho que o sexo do filho de Glória e Jay é o que Jay tanto teme (ou seja uma menina). Vejamos, a série tinha muito mais a ganhar colocando Jay (Ed O'Neill) numa situação delicada. Outro ponto a referir foi a não aparição de Halley neste episódio. Será que a jovem  está mesmo de saída?
P.S- Adorei a cena em que Lily pergunta, ingenuamente, se a família está em crise tendo em conta que a pequena só tem uma tiara de princesa.

 Por Ana Sustelo

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…