Grey’s Anatomy – S09E04 – I Saw Her Standing There


-“Ele é o meu amiguinho, ele é o meu “você” em Minnesota”.

Ao fim dos 41 minutos deste episódio eu percebi, o quão delicioso, simpático, divertido e ótimo foi. Minhas expectativas com a temporada são as melhores possíveis, apesar dos pesares. Conseguiu fazer um bom episódio, levar a trama pra frente com o plot de Arizona, e ainda fazer risadas.

Um fato que agradeço sempre é pela constante presença de Dra. Avery na série, desde o primeiro episódio em que ela apareceu sempre me fez rir. Agora o plot com Webber é um caso a parte, eles são ótimos juntos e ela é tudo que ele precisava. Depois do drama de Adele, na temporada passada, onde ele busca uma constante forma de ficar ao lado de sua amada, chega o momento em que merece seguir sua vida amorosa. 

Callie sempre cuidadosa com os desejos de Arizona, sempre se preocupando com suas necessidades, tudo o que ela precisa Callie sempre está para ajudar, e isso se deve não pela culpa de mandar amputar a perna, mas sim pelo amor que sente. Amor tão grande, capaz de aguentar todo mau humor e grosserias de sua amada, a raiva faz parte do processo de recuperação, e no caso de Arizona não é diferente, aos poucos ela vai percebendo que também não está sendo fácil para Callie, que não foi fácil pra ela passar por tudo, sozinha ainda por cima, isso se encaminhou ao final do episódio.

Cristina está se adaptando muito bem no novo hospital, tanto que já foi pra cama com seu chefe. Ela agiu como a interna no episódio passado, oferecendo sexo por cirurgia, ou estava muito desesperada por um orgasmo. Tenho nojo deste chefe, tanto que nem me dou ao trabalho de decorar seu nome, espero que ela nunca mais faça isso. Sua amizade com Dr. Thomas está ótima, adorei essa nova relação, misturando o novo com o velho, ótima combinação.

Owen está muito mal, estou prevendo o momento em que ele vai deixar seu cargo no hospital, vai embora para buscar algo novo em sua vida e esquecer Cristina, ou então, vai atrás dela em Minnesota, mas do jeito que está não pode ficar, primeira vez que cinto pena dele, falando sério. Alex se sente um pouco culpado por Arizona, e mesmo que ela o culpe um pouco por tudo que aconteceu, ela o ama e ele a ama, os dois são como Mark e Jackson eram, e espero que isso não mude.

Mer está ótima como atendente, mas houve tempo em que internos com boca grande seriam severamente punidos pelo ocorrido no episódio. Nos tempos onde nazy era a autoridade máxima no hospital. Espero que Mer consiga esse posto ou Bailey o recupere. Derek está pura decadência, não que ensinar seja feio nem nada do tipo, mas para um grande cirurgião, que fez história, terminar desse jeito é triste, espero que sua mão volte ao normal. Diva Zola, sempre iluminando nossos episódios, ela é linda toda hora.

OBS1: Cristina e Dr. Thomas são ótimos juntos.

OBS2: Sofia está sofrendo com a ausência do pai e da segunda mãe, mesmo que isso não seja mostrado diretamente, da pra perceber pela relação de Arizona e Callie.

OBS3: Arizona de pé, com a prótese, foi emocionante, mostrou pela feição da personagem que ela começou a aceitar sua condição.

OBS4: Webber e Avery brigando foi ótimo, Webber sempre sabe como sair de uma discussão por cima, seu tom de ironia é perfeito.

OBS5: Bailey sempre engraçada, neste episódio ela virou comediante, ri muito de suas piadas. Assim como Jackson e Kepner estavam super safados e engraçados.

-“Um pouco de autoconhecimento nunca matou ninguém“.

Tecnologia do Blogger.