Pular para o conteúdo principal

Fringe: "In Absentia" 5x02


Medo de decepcionar-me com a última temporada de Fringe.

Não que o início da última temporada da série esteja ruim, não está. Mas não está espetacular como esperava e pelo andar da carruagem, a trama deve demorar a empolgar. Tudo pode acontecer nos próximos episódios, mas a tendência é que mostrem algo que já acompanhamos na série e que chega a ser um clichê em se tratando de séries e filmes. O plano para derrotar os Observadores foi fragmentado por Walter e a (nova) equipe Fringe tem que juntar as partes (máquina apocalíptica 2.0?) para descobrir a íntegra do plano. Não podem ficar só nisso. Não podem alongar isso por muito tempo.

Fringe não está tão explosiva quanto em temporadas passadas, quando explodiam nossas cabeças com assuntos mirabolantes a todo momento. A história está sendo necessariamente contada, é verdade, mas com poucas ou nenhuma variação.

Os Observadores dominaram o mundo e nossos heróis deverão salvá-lo. Ok. Um plano é necessário e eles ainda estão buscando a melhor opção, enquanto é apresentado as modificações de um mundo devastado, as modificações do modo de pensar e do modo de viver aquele mundo. Pronto, não mostraram, até agora, mais nada realmente importante além disso. Se fosse uma temporada cheia, com os tradicionais 22 episódios, talvez tivesse espaço para isso, mas agora só faltam 11 para o fim da série e a aceleração da narrativa terá que ser urgente.

Talvez o problema seja os principais personagens da série sendo coadjuvantes de mais para o meu gosto. Já passou da hora de vermos Olívia chegando para Etta e dizendo: "Minha filha, dá pra quem sabe". Tá bom, eu sei que eles ainda estão se adaptando e que Etta tem mais 'sabedoria' naquele mundo, mas não tem a experiência que a 'nossa' divisão Fringe tem para situações apocalípticas. O futuro de Etta sem seus pais foi mostrado nesse episódio: seria ao lado de Simon. Peter já deu amostras de que dominará as ações daqui pra frente, mas ainda falta Olivia. Não quero ver de jeito nenhum Etta sendo a personagem principal da última temporada, sorry.

Mas foi interessante e natural vermos o debate entre gerações que viveram em mundo diferentes. A relação mãe e filha está trazendo as diferenças sociológicas gritantes que ocorreram, dando a noção que precisamos para nos habituar a essa atual fase da série.

Por outro lado, Walter Bishop está demais! O personagem é ainda mais o centro das atenções. Retomaram o laboratório de Harvard, dominado (parcialmente) pelos Observadores, devido a sua perspicácia e agora, ninguém o segura mais. Esse foi o principal acontecimento do episódio: tinham que voltar ao laboratório, conseguiram através de uma lembrança da falha memória (não já vimos isso antes?) de Walter. Chegando lá, encontraram uma câmera, mas não tinha energia para ligá-la. Conseguiram ligar a energia, viram o que tinha na fita e pronto. Acabou o episódio.

Criar expetativa demais é um problema sério. Fringe está parecendo uma série nova que tentamos nos adaptar. Talvez a ansiedade está atrapalhando-nos a receber as informações da forma lenta que está acontecendo. Como disse, estou gostando da temporada, mas Fringe nunca foi a série que eu gosto e sim, a que eu amo. Segundo informações dos produtores, o primeiro ato dessa temporada final será fechado após o quarto episódio e esperamos ansiosamente que explodam nossos cérebros da forma que sempre fizeram. Da forma Fringe de ser.

Easter Eggs e Curiosidades:

Os Glyphs Code do episódio formaram a palavra "FAITH", que significa Fé. Pode ser incluso em diversas teorias da trama, mas parece que esse código foi montado pra mim e para os fãs de Fringe que não estão tão empolgados com o início da 5ª temporada. Tenhamos Fé.


Um símbolo está sendo mostrado muitas vezes nessa temporada. A princípio, pensamos ser apenas o símbolo do governo Observer, mas será? Muito parecido com o símbolo base do Mr. X, reparem:


Fringe, como todo mundo sabe, foi criada pelo mesmo criador de LOST, J.J.Abrams. Nesse episódio, notei duas 'referências' gritantes de LOST, apesar de que referências assim, já aconteceram na série.


Promo com legendas do próximo episódio: 5x03 "The Recordist" 

   

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O que chega em Agosto na Netflix

Trailer:

Títulos destacados do mês de agosto

Séries:

Atypical: Temporada 1: No auge dos seus 18 anos e com autismo, Sam embarca em uma jornada divertida e dolorosa de autodescoberta em busca de amor e independencia. Série original Netflix, estreia dia 11 de agosto.
Marvel - Os Defensores: Temporada 1: Assim como os Vingadores, estes quatro super-heróis da Marvel se unem para defender o planeta Terra e lutar contra o crime. Série original Netflix, estreia dia 18 de agosto.

Disjointed: Parte 1: Ruth (Kathy Bates) realizou seu sonho abrindo uma loja de cannabis medicinal, tudo de acordo com a lei. Agora, ela pode fumar um baseado quando bem entender - basicamente sempre. Série original Netflix, estreia dia 25 de agosto.

Wet Hot American Summer: Ten Years Later: Bem-vindos à reunião de 10 anos do acampamento Firewood! Estrelada pelo elenco original do filme cult e novos atores e atrizes, a série de 8 episódios mostra como está a turma do acampamento, dez anos depois. Série original Netflix, es…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.