Pular para o conteúdo principal

Breaking Bad "Gliding Over All" 5x08 [Mid Season Finale]


Eu venci! #Again

Realmente, ninguém foi páreo para Walter, digo, Heisenberg nessa primeira parte da última temporada de Breaking Bad. Atingiu o inatingível. Realizou o inimaginável. Walter passou por cima de tudo e de todos que atravessaram seu caminho. Não mediu esforços, não importou com consequências, desde que, não o atingisse. Destruiu seus princípios e alimentou seu ego. Destruiu seus "amigos", mas não destruiu o bom coração que sempre teve. Esse é Walter White, o homem que te leva ao ódio, para depois, ao amor.

Walter Walter está de volta após ser dominado por Heinsenberg. Os olhos de Walter no momento em que afirmava a sua "aposentadoria", lembrou o velho professor de Química que fazia tudo colocando a sua família em primeiro lugar.

Seu maior lema: “O fim justifica os meios”. Valeu a pena? No meu caso não valeria, devido às 191 mortes que foram precisas para que chegasse a esse objetivo, mas para Walter, valeu e muito a pena. Não demonstra nenhum tipo de remorso, pois, sempre tem uma “justificativa” para seus atos.  Ele chegou a um ponto em que não precisaria mais provar nada. Ele chegou no topo da pirâmide. Ele conseguiu o incalculável. Ele conseguiu a sua família de volta, mesmo que, uma esposa ainda ressabiada.


Após a morte de Mike, Walter teria que traçar um rumo para a sua vida, mas tudo menos ser descoberto. Tinha dez pessoas que estavam em seu caminho. DEZ pessoas. Tinha.

Ao contrário da sua primeira morte (Emilio), onde lutou com sua consciência, dessa vez, ele não titubeou. Para a minha surpresa, planejou e encomendou as mortes de forma fria, de forma perversa. Mas era o que tinha que ser feito. É o que Heisenberg faz.
Para ter certeza de que seu plano funcionou perfeitamente, ele ainda foi presenciar o desespero de Hank, testemunhando a sua desilusão e finalmente, a desistência do caso. 

Três meses como Heisenberg, trabalhando com o narcotráfico da região e com Lydia. Não sabia mais onde guardar dinheiro, mas precisava vê-lo para cair na real. Skyler consegue resgatar de volta seu marido, sem gritaria, sem traí-lo e sem precisar matá-lo. Felizmente a atitude de Skyler não passou desse tempo, pois, Jesse estaria morto, caso demorasse um pouco mais. O suicídio era iminente. Ao contrário do que imaginávamos Walter não estava desprezando Jesse ou se vingando, mas... o protegendo. Ainda bem que chegou a tempo de pagar a sua dívida.

O episódio termina com um bom cliffhanger, mas pelo menos para mim, não surpreendente. Algum momento Hank teria que levar as suas desconfianças para Walter. Isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde e como o fim da série se aproxima, veio em boa hora. Veio de forma relevante e simples, como Breaking Bad sempre foi.


Nessa temporada, Hank chegou a desconfiar de Walter em alguns momentos, devido à sua ascensão financeira, mas não o relacionou ao caso que o atormenta, o caso Heisenberg. Ninguém relacionaria. Mas ao encontrar o livro de Walter do escritor Walt Whitman, presenteado por Gale, Hank não tem mais dúvidas. Para ele agora, Walter White é Heinsenberg. Mas como irá que provar? Claro que Walter terá imediatamente uma desculpa que talvez, faça o pensar. Mas isso e muito mais, só em 2013, quando a série retornar.

Um excelente episódio, dessa magnífica série. Uma equipe técnica incrível! Uma produção maravilhosa! Um elenco fantástico! Uma trama deslumbrante! Elogios infinitos para uma série que chega a beira da perfeição.

Detalhe: Walter foi ao encontro de Lydia com a intenção de matá-la com a Ricina. Após a proposta irrecusável, mudou de ideia.

PS1: Queria agradecer a participação de todos vocês aqui no blog. Realmente foi acima do esperado ou imaginado. Obrigado mesmo pelos comentários aqui no blog e também nas redes sociais. Não consigo responder a todos, mas leio tudo e recebo da melhor forma as críticas e os elogios. A participação de vocês durante essa temporada está sendo demais! Obrigado mesmo.

PS2: Revendo a cena onde Jesse recebe Walter em sua casa, voltei atrás no meu comentário. Costumo escrever as reviews imediatamente após assistir os episódios e na cena em questão, cheguei a pensar que Jesse estava a beira do suicídio, mas, um fato que passou-me desapercebido, foi o momento em que Jesse foi buscar a arma e que não aparece na cena. Nota-se claramente que Jesse pegou a arma ressabiado pelo aparecimento repentino de Walter e não andava de posse da arma, fato que muda totalmente o modo de absorver a cena.
Em suma: Não é que Jesse esteve, nos três meses fora dos negócios, trancafiado morrendo de medo do Walter. Ele se armou quando Walter apareceu, por medida de segurança. Mas, sua situação atual é "digna" de suicídio, isso sim. 

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…