Alpha Dogs S02E03



 Por Cinthia Mendonça 

 Bora meu povo!!! Mas uma review de Alphas, que eu adoro!!!!! Adorei o episódio ter começado com os good Alphas em suas casas, suas rotinas diárias e seus problemas. Harken com seu velho problema no coração e piorando a cada dia ( O pobre é quase um Hulk, mas tem o coração fraco!), Gary, que agora possui mais uma mania estranha: Dar três gritos horrendos, antes do café da manhã ( A mãe dele adorou!) e Rachel, que chega ao trabalho reclamando dos seus pais pegando em seu pé. Silly right??!! Mas é legal explorar o lado humano/dia a dia das personagens, interagimos com mais afinco e tendemos a nos identificar com mais facilidade. Curti! Agora, o que me chamou a atenção logo nos primeiros dez minutos é a bestialidade que insiste em habitar as emoções humanas. Clube da luta Alpha???? Ninguém merece!!! Claro, é importante explorar as habilidades de todos os Alphas em vários contextos...mas não sei! Acho violência gratuita desnecessária e incompatível com a evolução do ser...em 2012...em um novo milênio...mas enfim, deixemos as ideologias de lado e vamos ao episódio.


A nova personagem, Kat (Erin Way), que passa a treinar Harken para lutar, eu achei incrível!!! Adorei sua habilidade de aprender, literalmente, em um piscar de olhos. O fato de ela conseguir copiar movimentos acrobáticos, artes márcias e outras cositas mas, a torna especial e uma ótima candidata a entrar no time de Dr. Rosen ( surpresa?). Outra novidade é o agente, John Bennett, novo comandante da equipe tática. Tem a mesma habilidade de Hicks e parece que finalmente, arranjaram um par para Rachel. Será? Eu aposto e ela merece! Afinal, ficar sentindo cheiros ruins o dia inteiro e ouvindo barulhos irritantes, não é pra todo mundo.  

Nesse meio tempo, ao explorar o passado de Parish, acabamos descobrindo, junto com Dr. Rosen, que sua habilidade é a autocura. Ameeeeeiiiiii!!!!! Ninguém pode com alguém assim! Ele é praticamente um vampiro e isso me deixou mega animada com as possibilidades de Parish durante a série. O encontro com Dr. Rosen foi muito legal. Dois atores de primeira linha, interpretando suas personagens em grande estilo, discutindo sobre o mesmo assunto e expondo pontos de vistas diferentes, interessante demais! Finalmente, depois de dois episódios fraquinhos (clique aqui para ler a review do episódio passado), Alphas chegou com um episódio muito legal, apresentando sangue novo, que vieram pra ficar. Como eu sempre digo: Alphas Rocks!!!!

 Ponto alto do episódio: As novas personagens: Kat e John. 

 Ponto baixo do episódio: Explorou pouco o passado de Parish.
Tecnologia do Blogger.