Pular para o conteúdo principal

The Glee Project - 2x04 Sexuality




Olá a todos, a partir de hoje eu estarei fazendo reviews de The Glee Project para vocês. E não tinha como começar melhor se não com o melhor episódio da temporada até agora.
Muito personagens ficaram muito animados com o tema, principalmente a Aylin. Era bem óbvio que era ia arrebentar nessa semana. O Michael fez um comentário completamente estranho no começo dizendo que matemática é sexy. Blake nem falou nada, mas também era óbvio que ele ia se dar muito bem. O Tyler reclamou um pouco e, apesar de eu entender, não acho que ele tem que ficar mencionando o fato de ele ser transexual o tempo inteiro. Eu gostei muito da escolha da música que eles apresentaram para a Naya Rivera. Para mim, não teve escolha melhor. Apesar de ela parecer bem tímida enquanto pessoa, sua personagem é exemplo real do que eles queriam. Segundo o Mario, ele até voltou a enxergar quando ela entrou na sala né? Aliás, a participação dele em TGP é completamente desleal. Este episódio foi prova viva disso. Grande parte da sensualidade de todo mundo está no olhar. Completa desvantagem para ele.
Gostei da apresentação e concordei com a maioria dos comentários da Naya. Só não entendi a escolha pelo Charlie. Blake teria sido uma escolha melhor.
Nos ensaios com o Zach, Shanna levou uma dura por ser muito sorridente. Já fiquei chateada (apesar de concordar) porque ela é minha favorita. A Nellie ficou com uma das partes mais difíceis do clipe, com certeza. E principalmente pra ela que estava com dificuldades para a semana. Achei que ela ia ficar entre os 3 últimos com certeza.
Gravações no estúdio: Charlie, qual o seu problema? Gosto muito do Charlie, mas em primeiro lugar ele inventa ritmos novos para as músicas. Não consigo entender. Depois começa a piscar e olhar lá para fora, fica complicado. Já ali ele cavou seu buraco para apresentar para o Ryan, de novo. O Michael começou a se perder nas letras, Nikki por fim desistiu e deixou do jeito que estava. Mais um que estaria nos 3 últimos.
Finalmente a gravação do clipe, estava louca para entender como seria e amei o mash-up. Simplesmente fantástico! A Lily estava mais calma, apesar de ainda levar a Aylin como principal rival. Gostei dos comentários dela, ela tem uma boa percepção das coisas que acontecem. Queria ser percebida, e foi. Parabéns! Nellie, simplesmente fantástica. Que evolução foi essa. Aí está o sentido de atuação para mim, a pessoa que não é nada do que é o personagem e mesmo assim o interpreta perfeitamente. Tyler: concordo com o Robert, ele desaparece completamente nos clipes. O cabelo do Abraham ficou realmente bem melhor do que antes, a Nikki tem razão em seus comentários. Ele parece mais adulto e maduro. Agora Charlie, o garoto problema. Uma cena simples daquela, pular e beijar, e ele insiste nos erros dele. Só terminou de fechar o seu caixão.
O clipe eu simplesmente amei, de verdade. Muito bem bolado e bem feito. Acho que Shanna se superou nos problemas, Ali estava muito bem. Michael também estava muito bem no clipe. Isso tudo aconteceu em 21 minutos de episódio, então eu já imaginei que as apresentações para o Ryan iam ser longas.
Sobre os comentários: Sobre a Nellie, estão corretíssimos. Ela se superou muito!


Mandaram um tanto embora e sobraram: Michael, Tyler, Charlie e Shanna. Eu já comecei a ficar preocupada. A Shanna não merecia apresentar para o Ryan. Ela não parava de chorar, pelo susto. Por fim, foi salva também. Aliás, ela estava com o joelho machucado, alguém sabe o porquê? Bom, Charlie foi com I Get a Kick Out of You e a apresentação foi maravilhosa. O Ryan deu uma dura nele, como sempre faz, e concordo com todos eles quando pensam em como vai ser trabalhar com o Charlie. Não entendo as atitudes dele, mas não achei que merecia sair. Tyler cantou Smile. Eu não curto a voz dele, a apresentação foi normal. O Ryan gosta muito dele pela coragem e superação de ser transexual, o que não discordo. Mas não acho suficiente pelo tipo de programa. Michael apresentou Lucky. A voz dele eu gosto, ele é bonitinho e é quase impossível não gostar dele. Quando ele esquecer a letra de novo eu quis chorar. O Zach lá atrás dando a maior força e rindo quando ele foi inventando as partes. Mas imaginei que fosse o seu fim. Apesar de sinceramente achar no mínimo estranho se o Ryan tirasse ele sendo que o mesmo aconteceu com sua personagem mais amada, Rachel Berry.
Me desculpem por comemorar quando o Tyler saiu. Acho que em partes ele mereceu e em partes os outros dois não mereciam sair. A galera chorou muito com a saída dele, claramente ele era muito querido lá dentro. O Abraham chorou enquanto cantavam Keep Holding On, foi realmente de quebrar o coração de qualquer um.
Bom, fico por aqui. Até o próximo episódio. Abaixo coloco imagens do melhor diálogo do episódio. Nellie, simplesmente muito engraçada!

 

por Klowy

Postagens mais visitadas deste blog

Confira as 5 séries mais vistas na Netflix pelo mundo

Nos últimos dez anos, a Netflix transformou a forma como o mundo assiste filmes e programas de TV, fornecendo aos assinantes uma enorme biblioteca de clássicos convencionais  e dezenas de recomendações personalizadas - tudo disponível na ponta dos dedos. Isso é mais do que apenas conveniência,  é a metamorfose da mídia.
Usando os dados do Google Trends, o site highspeedinternet.com classificou os países pelo número de pesquisas relacionadas à Netflix e referenciou as suas classificações com as séries mais procuradas. No mapa acima você confere qual é a TOP de audiência em cada país, e, abaixo você confere quais as 5 séries mais procuradas no serviço de streaming.
TOP 5:

1 - Sherlock
2 - Friends
3 - Narcos
4 - House of Cards
5 - New Girl

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…