Pular para o conteúdo principal

Damages: "Have You Met the Eel Yet?" S05E02





Olá, queridos leitores! Como estão passando essa semana? Então, não faz muito tempo que terminei de assistir o episódio de Damages e devo admitir que tive um surto no twitter pós- episódio. Foi incrivelmente fantástico todo o trabalho feito e mais uma vez, os roteiristas nos surpreendendo com suas ótimas jogadas. Essa é uma das razões, de toda vez que eu vou falar de Damages para alguém, dizer: O roteiro é simplesmente fantástico e sem furos. Enfim, vamos falar do episódio, mas devo admitir também que anda sendo difícil começar as reviews dessa série ultimamente, pois dá vontade de falar de tudo ao mesmo tempo.

Patty já começa jogando bem ao intimar McClaren no meio de sua entrevista para que dessa forma ele não possa escapar. Ele também ajuda declarando em público que a culpa havia sido dele pelos e-mails terem sido publicados mesmo ele não sabendo como aconteceu. A partir disso, nossa querida advogada começa a construir seu caso contra McClaren. Aos poucos, durante o episódio, nós vamos conhecendo um pouco mais sobre o hacker. Sua personalidade, seu lado mentiroso (deixa só a Patty descobrir que ele caluniou em público), agressivo e por aí vai. Disse uma vez e repito: Típico homem que a Patty gosta de derrubar. Fiquei extremamente curiosa para saber o porquê dele e Naomi terem se encontrado. E não posso acreditar que o Bill deixou isso passar nos vídeos. Pelo menos a Ellen contratou alguém pra investigar por fora, pois nem ela confia no seu cliente.

Logo no começo do episódio, essa misteriosa mulher aparece assistindo a entrevista de McClaren e depois olhando para Ellen através desta. Mais tarde, descobrimos que ela é Kate Franklin (Janet McTeer) e esta está tentando conseguir ser a nova associada de Ellen Parsons. Kate e Patty já se conhecem de algum passado misterioso, pois a mulher sabe coisas de Hewes e conhece alguém que pode causar problemas para ela. É claro que Patty não caiu no joguinho da mulher e aproveitou-se dela para alcançar um objetivo. E devo dizer que estou extremamente curiosa sobre essa história passada delas duas.

Finalmente, cheguei a parte do meu surto no twitter: Roteiristas nos impressionando com aquela linda manipulação da advogada Patty Hewes. Como ela manipulou direitinho a Ellen e fez a garota fazer exatamente o que ela queria. Parsons jogou fora das regras, como disse a própria Patty, porém não foi a favor dela como havia pensando ter sido. Foi totalmente enganada pela Hewes que a fez pensar que ela e o Judge Haring eram amigos quando na verdade, ele não gosta nada dela. Essa mulher é genial. Simplesmente, genial!

Não tivemos grandes novidades nos flashforwards. Dessa vez, mostraram a cena da Ellen morta mais de perto, com mais detalhes e aquela aparição no alto do prédio que, provavelmente, deixou todo mundo curioso. Aquele ou aquela que aparentemente a jogou de lá de cima, mas não podemos esquecer que em Damages, nada é o que parece. E uma coisa que foi extremamente estranha e intrigante foi o fato de a Patty ter pedido o telefone para ligar para a Ellen. Estou morrendo de curiosidade do porque disso.

Nota¹: Faça o favor de morrer Bill.
Nota²: Será que aquele advogado foi contratado pela própria Patty para falar do juiz? Ficou bem esquisito aquilo ali. E adorei quando ele citou os boatos que rolam sobre o comportamento da Hewes.
Nota³: Fiquei curiosa sobre aquilo que a Patty disse do Judge Gearheart.

“Pode não ter pensado que tudo não é o que parece. Paranoia faz coisas estranhas, Ellen. Pode fazer pessoas acreditarem em algo que não é verdade.”

Enfim, agora é aguardar pelo próximo episódio e as surpresas que este trará para a gente. Espero que tenham gostado do episódio e da review. Até a próxima!
That’s all folks ;*

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O que chega em Agosto na Netflix

Trailer:

Títulos destacados do mês de agosto

Séries:

Atypical: Temporada 1: No auge dos seus 18 anos e com autismo, Sam embarca em uma jornada divertida e dolorosa de autodescoberta em busca de amor e independencia. Série original Netflix, estreia dia 11 de agosto.
Marvel - Os Defensores: Temporada 1: Assim como os Vingadores, estes quatro super-heróis da Marvel se unem para defender o planeta Terra e lutar contra o crime. Série original Netflix, estreia dia 18 de agosto.

Disjointed: Parte 1: Ruth (Kathy Bates) realizou seu sonho abrindo uma loja de cannabis medicinal, tudo de acordo com a lei. Agora, ela pode fumar um baseado quando bem entender - basicamente sempre. Série original Netflix, estreia dia 25 de agosto.

Wet Hot American Summer: Ten Years Later: Bem-vindos à reunião de 10 anos do acampamento Firewood! Estrelada pelo elenco original do filme cult e novos atores e atrizes, a série de 8 episódios mostra como está a turma do acampamento, dez anos depois. Série original Netflix, es…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.