Pular para o conteúdo principal

Alphas - Wake up call S02E01


E então meu povo?!!! Tudo certinho com vocês? Vamos começar a sessão Alphas, do Viciado, e desde já afirmo categoricamente que o Sy-Fy não poderia ter escolhido título melhor para o episódio de estreia. Concordam comigo? Wake up call! Foi isso mesmo que tivemos o prazer de assistir. Tanto para o governo como para os bad Alphas, os good Alphas e até para nós, telespectadores dessa série maravilhosa.

Claro, todos já esperávamos que Dr. Rosen no mínimo estaria preso, por ter afrontado com tanta coragem seu governo e exposto a realidade dos Alphas, mas colocá-lo em uma instituição psiquiátrica e alegar uma doença mental pré-existente, achei demais – no bom sentido! E o episódio começa assim... 8 meses depois... tenso.

As personagens vão surgindo aos poucos e lentamente ficamos sabendo o que aconteceu na vida de cada um. Vamos encontrar Hicks e Harken – se você ainda não conhece Alphas, clique aqui e leia a resenha da série -  trabalhando juntos, disfarçados em um supermercado, esperando ataques dos bad Alphas e pasmem: trabalhando para o Governo. Rachel morando com seus pais, enfurnada dentro de um quarto por meses, por não conseguir viver entre as pessoas, graças a sua incrível habilidade dos sentidos aguçados. Nina voltou à vadiagem, hipnotizando a todos para conseguir o que deseja. Nada muito diferente na vida dessas duas, do começo da temporada passada. Mas  quem mais me surpreendeu foi Gary. O mais habilidoso de todos, preso e submetido a maus tratos dentro do prédio 7, o mais temido da prisão de Binghamtom ( lugar onde ficam os bad Alphas, em que um chip é implantado em todos os prisioneiros, para que esses percam suas habilidades e permaneçam em estado vegetativo).

É nessa mesma prisão que a maior parte do episódio foi concentrado. Após a prisão de uma rebelde Alpha, que se infiltra para poder iniciar uma rebelião e libertar todos os prisioneiros, Dr. Rosen é chamado para cooperar nessa empreitada e tentando salvar Gary, termina refém de um grupo, em que a maioria, ele ajudou a colocar por lá. Logo depois, numa cena de fuga e perseguição super bem feita, descobrimos o tão temido Stanton Parish (Líder dos bad Alphas) por trás de uma jogada de mestre, onde além de libertar todos os prisioneiros, “liberta”, também, Dr. Rosen da instituição psiquiátrica em que ele se encontrava. Agora como um homem perdoado pelo Governo, que  acuado, não pode mais negar a existência de rebeldes, que finalmente enxerga a necessidade de recriar o grupo original de Alphas para combater as ameaças terroristas do grupo rebelde. Parish é o cara que vai brigar de frente, que irá instalar o caos e trazer reflexões ao longo da série, acredito eu. É o perfeito anti-herói! A própria ligação dele com a filha de Dr. Rosen, já é um grande fato a se discutir em como o roteiro irá se desenrolar. Muitas novidades e surpresas boas nesse primeiro episódio da melhor série de ação do Sy-Fy dos últimos tempos. 


Deixo vocês com um pouquinho do episódio:

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…