Alphas Rocks!



 

Um grupo cheio de habilidades extraordinárias sendo liderados por um cientista pode ser considerado super-heróis? Bem, não é bem assim. Alphas é uma série incrível cheia de personagens ricos e bem explorados que surpreende sempre!!! Mas enfim, o que são esses Alphas? Pessoas comuns que desenvolveram habilidades muito além do normal dos seus sentidos, formaram um grupo, liderado por um pesquisador, que além de estudá-los, os monitora e observa o desenvolvimento de cada um e o despertar desses sentidos diante de cada situação adversa. A beleza de Alphas está na ótima narrativa e em como essas personagens, com suas habilidades, vão sendo mostrados ao público, um a um, ao longo da série. Mistério e aventura é o que não falta. Mas o ponto alto da série é que essas habilidades são consideradas disfunções neurológicas, indicando que pode acontecer com qualquer um. Será? A partir da formação desse grupo, o governo americano utiliza suas habilidades, como um grupo de colaboradores em investigações criminosas, tipo um emprego mesmo – e que emprego maravilhoso! A trama da série vai se desenvolvendo e muito vai sendo revelado sobre a origem dessas pessoas, um projeto secreto e um grupo de rebeldes Alphas que prega a superioridade da raça e a revelação de tudo isso, são o ponto central da narrativa. Mas chega de falação e vamos conhecer um pouco de cada Alpha.

Dr. Lee Rosen - É o psiquiatra estudioso dos Alphas e líder dessa turma. Um segredo que ronda sua vida nos é revelado durante a primeira temporada e a partir de então passamos a entender sua fixação por esses super-humanos denominados Alphas pelo próprio.

Gary Bell - O Alpha mais intrigante, na minha modesta opinião. Sua habilidade é surpreendente e ele consegue captar ondas eletromagnéticas, decodificadas por ele através de imagens e sons.

Cameron Hicks – Quando o grupo já está formado, ele é recrutado e demora a entender e aceitar suas habilidades. Ele possui um equilíbrio perfeito entre mente e corpo fazendo com que tenha capacidades motoras muito além de um humano normal.

Rachel Pizard – Ouvido super aguçado, Rachel é capaz de ouvir o barulho de uma alfinete caindo no chão. Para tanto, ela isola os outros sentidos. Com isso, nem preciso dizer o quanto ela é antissocial, afinal, quem quer estar perto de uma pessoa que pode ouvir qualquer coisa a qualquer momento?!

Nina Theroux – Essa é legal demais, me lembra muito um dos poderes dos vampiros de True Blood: Glam. Ela encanta as pessoas - acho que persuadir é mais apropriado - apenas com um olhar e o persuadido ( ou será encantado?) faz o que ela comanda. Um dos poderes mais convenientes e legais de todos os Alphas, de novo, na minha modesta opinião.

E finalmente e não menos importante, o incrível Hulk dos Alphas ( xii!! entreguei logo de cara!)

Bill Harken – diferente do Hulk, claro, ele não precisa sentir uma raiva enlouquecedora, ele é mais inteligente ( caramba! Acabei de chamar Hulk de burro. Fãs, não me matem!), necessita concentração e sua força aumenta vertiginosamente. Foi um agente do FBI, expulso por ter sua habilidade confundida com força bruta contra um companheiro de trabalho.

Dessa vez o SyFy acertou em cheio e enquanto Alphas não estreia, que tal matar as saudades assistindo a maravilhosa abertura da série, que pra mim, é um ponto altíssimo do conjunto da obra. É isso aí! Estamos ansiosos aguardando a estreia da nova temporada, no dia 23 de julho de 2012.

       
Tecnologia do Blogger.