Pular para o conteúdo principal

Alphas Rocks!



 

Um grupo cheio de habilidades extraordinárias sendo liderados por um cientista pode ser considerado super-heróis? Bem, não é bem assim. Alphas é uma série incrível cheia de personagens ricos e bem explorados que surpreende sempre!!! Mas enfim, o que são esses Alphas? Pessoas comuns que desenvolveram habilidades muito além do normal dos seus sentidos, formaram um grupo, liderado por um pesquisador, que além de estudá-los, os monitora e observa o desenvolvimento de cada um e o despertar desses sentidos diante de cada situação adversa. A beleza de Alphas está na ótima narrativa e em como essas personagens, com suas habilidades, vão sendo mostrados ao público, um a um, ao longo da série. Mistério e aventura é o que não falta. Mas o ponto alto da série é que essas habilidades são consideradas disfunções neurológicas, indicando que pode acontecer com qualquer um. Será? A partir da formação desse grupo, o governo americano utiliza suas habilidades, como um grupo de colaboradores em investigações criminosas, tipo um emprego mesmo – e que emprego maravilhoso! A trama da série vai se desenvolvendo e muito vai sendo revelado sobre a origem dessas pessoas, um projeto secreto e um grupo de rebeldes Alphas que prega a superioridade da raça e a revelação de tudo isso, são o ponto central da narrativa. Mas chega de falação e vamos conhecer um pouco de cada Alpha.

Dr. Lee Rosen - É o psiquiatra estudioso dos Alphas e líder dessa turma. Um segredo que ronda sua vida nos é revelado durante a primeira temporada e a partir de então passamos a entender sua fixação por esses super-humanos denominados Alphas pelo próprio.

Gary Bell - O Alpha mais intrigante, na minha modesta opinião. Sua habilidade é surpreendente e ele consegue captar ondas eletromagnéticas, decodificadas por ele através de imagens e sons.

Cameron Hicks – Quando o grupo já está formado, ele é recrutado e demora a entender e aceitar suas habilidades. Ele possui um equilíbrio perfeito entre mente e corpo fazendo com que tenha capacidades motoras muito além de um humano normal.

Rachel Pizard – Ouvido super aguçado, Rachel é capaz de ouvir o barulho de uma alfinete caindo no chão. Para tanto, ela isola os outros sentidos. Com isso, nem preciso dizer o quanto ela é antissocial, afinal, quem quer estar perto de uma pessoa que pode ouvir qualquer coisa a qualquer momento?!

Nina Theroux – Essa é legal demais, me lembra muito um dos poderes dos vampiros de True Blood: Glam. Ela encanta as pessoas - acho que persuadir é mais apropriado - apenas com um olhar e o persuadido ( ou será encantado?) faz o que ela comanda. Um dos poderes mais convenientes e legais de todos os Alphas, de novo, na minha modesta opinião.

E finalmente e não menos importante, o incrível Hulk dos Alphas ( xii!! entreguei logo de cara!)

Bill Harken – diferente do Hulk, claro, ele não precisa sentir uma raiva enlouquecedora, ele é mais inteligente ( caramba! Acabei de chamar Hulk de burro. Fãs, não me matem!), necessita concentração e sua força aumenta vertiginosamente. Foi um agente do FBI, expulso por ter sua habilidade confundida com força bruta contra um companheiro de trabalho.

Dessa vez o SyFy acertou em cheio e enquanto Alphas não estreia, que tal matar as saudades assistindo a maravilhosa abertura da série, que pra mim, é um ponto altíssimo do conjunto da obra. É isso aí! Estamos ansiosos aguardando a estreia da nova temporada, no dia 23 de julho de 2012.

       

Comentários

  1. Muito bom o texto Cindy e já estou com vontade de acompanhar a série!!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom Carol! Tenho certeza que você vai amar a série, eu pelo menos, adoro!

    ResponderExcluir
  3. Adorei!!! não conheço a série mais me deu vontade de ver também!! Seja bem vinda ao VS!!! =)

    ResponderExcluir
  4. Pois é, dona Cinthia Mendonça, agora você acabou de me fazer querer assistir a Alphas também. Como se já não bastassem as tantas outras que já assisto! =D
    Adorei o post, muito bem vindo!
    A que venham os Alphas, então.
    \o/

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Thaianny, assista sim! Alphas é uma das melhores!

    ResponderExcluir
  6. Já não era sem tempo né? It's time to get high and getting #LAFeelings

    ResponderExcluir
  7. Baixando o piloto em 3...

    ResponderExcluir
  8. Eu sou fã e já digo que é bom demais!!!!

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkk, já amou?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …