Supernatural - Sétima Temporada


Devem ter notado que os textos sobre Supernatural estão atrasados. Bem, esses ultimos meses tem sido uma loucura com muitas mudanças, mas já voltamos a programação normal.
Todos já viram o final da temporada? Gostaram? Eu não... Mas vamos por partes.
Primeiro, um apanhado das coisas mais importantes dos episódios passados. Cass voltou do "surto psicótico", mas está longe de ser normal. Ele faz piadas e parece não entender a gravidade da situação, mas isso não o impede de ajudar os irmãos Winchester. Enquanto isso, Bobby está cada vez mais fora de controle, ainda mais quando se trata de Dick, o Leviatã mestre. Alias, finalmente descobrimos o que os Leviatãs querem. Eles estão bolando um audacioso plano para transformar os humanos em alimentos. Primeiro eles colocam uma substância na comida nos deixando inertes, depois curam nossas doenças (como o câncer) e então cuidam de nós como se fossemos um grande rebanho. Pra isso precisam eliminar a concorrência, coisa não muito difícil, já que Crowley e Castiel acabaram os Alfas da terra, quase todos, o Vampiro Alfa ainda está vivo e fez um acordo com os Leviatãs, um acordo não muito bom, afinal, o elemento que os Levis colocaram na nossa comida são como veneno para os Vampiros e, aos poucos, eles vão morrendo.
Lembram-se que Frank morreu? Com sua morte Dick teve acesso aos computadores e HDs dele. Bom, conseguir as informações não é tão simples assim... Frank era um paranóico e criou várias barreiras para proteger as informações (entre elas, as identidades falsas dos irmãos). Para tentar descobrir o que Frank e os irmõs sabiam, Dick convence uma nerd a ajudá-lo a acessar as informações do HD. Claro que quando a garota descobre tudo, ela se une aos irmãos para derrotar os Leviatãs. Juntos eles decobrem que Dick está esperando uma encomenda e, claro, Sam e Dean vão até lá para interceptar a mala e descobrir o que tem dentro. Eles só não esperavam que o conteúdo fosse tão... Divino.
 Dentro da mala, gravada em pedra, está a Palavra de Deus e só quem consegue decifrá-la é um garoto super dotado, que é o escolhido, um tipo de Profeta. A pedra contém uma inscrição sobre como construir uma arma para matar Leviatãs. Claro que não é tão fácil. Para isso eles precisam do sangue de 3 criaturas e o osso de uma pessoa vistuosa. O primeiro a doar o sangue é Castiel, que está "sempre disposto a sangrar pelos Winchesters", o segundo a contribuir foi o Vampiro Alfa que não gostou nada de ser enganado pelos Leviatãs e agora quer vingança. O terceiro sangue que eles precisam é de Crowley, mas será que ele está disposto a ajudar? Alias, ele pode ser um demônio e tudo o mais, mas eu adoro o Crowley.
 A última peça que falta para a arma é o osso de uma pessoa virtuosa. Sam e Dean invadem um convento, vão até sem cemitério e desenterram a freira mais "gente boa"que tinha por lá. No último episódio, acontece tudo o que tem que acontecer, mas não tem climax, não tem emoção... As coisas aconteceram automaticamente e sem drama algum.
Dean e Sam tentam invocar Crowley para que ele dê seu sangue, mas ele não aparece pois está preso em uma armadilha do diabo feita por Dick. O chefe dos Leviatãs propõe um acordo com o demônio. Quando os Leviatãs controlarem os Estados Unidos, os demônios ficarão com o Canadá para fazer o que bem entenderem, tudo que o rei do inferno tem que fazer é dar o sangue errado para os Winchesters. Crowley aceita o acordo e eles assinam o contrato. Enquanto isso Castiel e Meg vão ao encontro de Sam e Dean, Cass diz que não quer lutar e revela que os anjos da guarnição estão mortos e se algum sobreviveu está escondido com medo dos Leviatãs, já que eles matam anjos.
Crowley finalmente aparece e revela aos irmãos o trato que fez com Dick, mas diz que não está disposto a cumpri-lo e dá o sangue para eles. Antes de dar início ao plano eles precisam dizer Adeus a Bobby e eu preciso dizer: que despedida mais sem graça. Sem emoção nenhuma. Eu nem fiquei triste e olha que eu era uma grande fã do Bobby. Garrafa queimada, Bobby se foi e agora é hora de por o plano em ação com a parte mais emocionante do episódio: A volta do Impalla. Rock Clássico e entrada triunfal na Sucrocorp (empresa do Dick). Meg entra com o carro para distrair os Leviatãs enquanto Sam, Dean e Castiel (que resolveu ajudar) vão atrás de Dick. E mais uma vez, o que era pra ser o ponto alto do episódio aconteceu sem nenhuma emoção. Dean mata Dick, mas a força da arma era muito grande (já que a arma foi descrita pelo próprio Deus) e ela tem um efeito colateral. Sim, ela mata Dick, mas leva Castiel e Dean direto para o purgatório, junto com todas as criaturas que já existiram. Onde elas se agridem e perseguem durante a eternidade. Lugar bacana, né?
No fim parece que tudo foi arquitetado por Crowley. Ele se livrou de Dick, Castiel e Dean de uma só vez. Sam ficou sozinho, dessa vez nem o Bobby esta lá para ajudar. Como Dean vai sair do purgatório e como irão se livrar dos leviatãs restantes ficarão para a próxima temporada. E eu espero que Super tenha ido parar em mãos melhores, porque Sera Gamble só decepcionou nessa temporada.
Tecnologia do Blogger.