Smash "Tech" 1x13


WHAT? OMG! WTF! PQP! FDP! 

Gente?!!! Que foi esse episódio de Smash?! Nossa, achei incrível! Nunca imaginei que a série iria chegar onde chegou. Smash mostrou que não precisa se esconder em belíssimas canções, pois, o drama é tão bom ou até melhor do que a dança e os musicais. Quando tudo isso une-se a magníficas aprestações como a de "I'm Going Down" interpretada por Ivy,... sem palavras. 

O episódio iniciou-se com a esperada viagem do elenco para Boston. A poucos dias da estreia, muita coisa ainda precisa ser resolvida, mas parece que quanto mais batalham para que as coisas dêem certo, mais dá m#%$#@%. Primeiro o "desconhecido" DiMaggio desisti da peça devido a um convite para participar de um piloto. Putz, baita falta de profissionalismo ein Zé? Essa atitude, serviu para desmoronar o espetáculo. Foi como uma bola de neve. Precisam urgente de outro DiMaggio. 1ª opção? Claro, Michael Swift. Nem pintado de ouro ele volta, pelo menos foi (não com essas palavras) o que Julia disse. Logo agora que retomou sua vida familiar novamente?! Felizmente, sua família apoiou-a e irá aceitar Michael na peça. Viram como falar sempre a verdade é bem melhor? 


Por falar em verdade,... vou falar. Dev é um tremendo idiota! Gente como pode existir um cara tão babaca assim? Preconceituoso, omitiu os fatos de seu trabalho para Karen. Aceitou que aquela "piranha" aproximasse, deu uns pega (mal pegado, mas deu) nela e depois resolveu atrapalhar sua namorada em um momento onde ela mais precisava de concentração. Não quis nem saber. Egoísta! Ficou cheio de culpa e viajou para desabafar com Karen. Sem noção. E ainda mais,... que final de episódio foi aquele? Dev foi encher a cara no bar e encontrou com Ivy, na "mesma" situação. É claro que ambos se reconheceram. Pelo climão, irão mesmo "amanhecer" juntos. FDP! Ivy se superou. Não entendo os motivos de ir para a cama com Dev. Tudo que aconteceu com ela, não tem nada a ver com Karen. Ela sempre foi a víbora do elenco e mesmo assim, se faz de vitima. Foi idiota em se relacionar com Derek e mais ainda ao entender que ele a amava devido a uma clara brincadeirinha. Quebrou a cara! Bem feito! Mas não precisava descontar em Karen. Pensando bem, que bom. Assim Karen dá um pé na bunda de vez naquele idiota. 

A primeira vez que vi Rebecca, defini que iria odiá-la, mas agora,... é quase amor. O principal motivo? Sua guerrinha com Ivy. Ivy achou uma bem mais esperta do que ela. Roubou a sua ideia e ainda roubou seu namorado. Pronto. "Me" conquistou. Se ela vai ser mesmo a Marilyn não importa mais. Que seja. Quem vai ser ou não a Marilyn não é mais o principal foco da série, mas claro, ainda torço por Karen. 

Agora está bem legal a relação de Tom e Sam. Preconceito zero! Vivem momentos tranquilos, típicos dos primeiros dias de namoro. Namoro sério, digo. Claro que "comeram a sobremesa" antes do almoço, mas apresentação para a família teve que ter. Mas problemas com Tom sempre ocorre e quase deixa sua tranquilidade ir por água abaixo. Expôs sua opinião com propriedade, mas pecou em não conversar sobre o assunto antes. Mas se entenderam. Espero que continuem assim. 


Infelizmente não poderei dar nota 10 a esse episódio devido a um erro grave de continuidade. Terminamos o episódio anterior vendo Ivy passando Karen para trás via SMS. O assunto simplesmente morreu. Lamentável. Deveriam mostrar pelo menos um minuto de Karen sabendo dessa armação. Óbvio que isso chegaria a seu ouvido, pois, Ivy roubou a sua música, pocha! Alguém teria que falar pra ela e obvio que falaram. Só tem fofoqueiros naquele elenco! Passou batido e eu não engoli isso. 

Nota: 09/10
Tecnologia do Blogger.