The Secret Circle - Balanço final


 A roda dos bruxinhos chega ao fim...

Não vou falar finalmente, pois gostei da series finale, porém, a série deixou muito a desejar em toda sua trajetória e não vou sentir falta. Mesmo que eu esteja curioso com o que viria pela frente, achei interessante o plot de Blackwell e sua família mega evil.

Acredito que os produtores já sabiam do cancelamento da série quando fizeram esse final, então por que diabos eles deixaram cliffs tão grandes? Pra tentar alavancar a venda dos livros, já que a série foi um fiasco total.
Nem a dobradinha com The Vampire Diaries ajudou e infelizmente pra alguns e felizmente pra mim, a série foi cancelada.

Então, farei um apanhado de alguns pontos altos da série e outros pontos baixos...

Pontos altos:
*Loading...*
Error 404 page not found.
Brincadeiras à parte, galera, a série teve sim alguns pontos altos.
Blackwell e Faye são meus personagens favoritos. Faye é a melhor dos bruxinhos do circulo. As cenas com ela são sempre com um pouco de humor ácido e uma tensão tremenda.
Blackwell eu nem preciso dizer, desde que ele entrou na série ela deu um ‘up’ de qualidade, pois ele trouxe historia pro roteiro, que era fraco e só trabalhava com draminhas de adolescentes que sabem abrir maçanetas com a mente e convocar entregadores de pizza bonitos.
Outro personagem que se destacou, mas no fim da temporada, principalmente no episódio final, foi Charles.
O personagem ganhou uma profundidade tremenda, finalmente mostrando que ele sofria com o que fez com a mãe da Cassie e pagando pelo o que fez.
O que me surpreendeu também foi saber que Diana era filha de Blackwell e não a Faye, mas a meu ver, Diana se encaixou perfeitamente com Cassie, pois Cassie estava ficando mega evil igual ao pai e acostumada a usar os poderes do lado negro da força. Diana, por outro lado, recusava a idéia de ser filha de Blackwell e de usar os poderes herdados dele, o que causava um contraste bem interessante e acredito que se a série seguisse para mais uma temporada, isso ajudaria Cassie a não se entregar ao lado negro.
Como já disse em outras reviews, acho o plot dos demônios bem interessante, mesmo achando que ele foi mal aproveitado na série.

Pontos baixos:
Perceberam que eu não citei Cassie como um ponto alto na série, certo? Pois é... Não citei, pois acho que ela é a protagonista mais sem carisma ever.
A personagem tem a profundidade de uma tampinha de garrafa, ao mesmo tempo em que a atuação da Britt Robertson não ajuda também.
Eu tenho vontade de dar um belo de um pescotapa naquela garota quando ela abaixa a cabecinha, vira os olhos pra cima, joga os braços pra trás e começa a andar feito uma pata manca pra usar seus poderes das trevas, muito forçado.
Percebi que minha antipatia com o Adam era por causa dela, pois depois que eles se separaram, passei a ter mais simpatia pelo Adam e até a aprovar algumas atitudes dele.
O que dizer de uma série que a protagonista não tem carisma e ainda consegue tirar o carisma dos outros personagens? Não tinha como durar mesmo.
O que me irrita em TSC também é o excesso de plots desnecessários.
Plot do Calum> Desnecessário.
Plot das droguinhas> Desnecessário.
Plot do carinha que a Faye pegou e a namorada matou o cara> Desnecessário.
E isso é só alguns plots da metade da temporada, no começo tiveram tantos que eu nem me dei ao trabalho de gravar.

O que dizer daquela água viva na mão da Cassie? Pelo amor... Como seis cristais do tamanho de um ovo viraram aquilo?
Outra coisa que me irritava em TSC eram os casais... Os únicos que se salvavam e que eu realmente fiquei feliz em ver juntos no final, foi Faye e Jake, porque o resto... Cassie e Adam? Argh...
Diana e Australiano avulso? Argh...
Melissa bruxavulsa e Nick? Argh...
Nenhum desses casais tem aquela química e carisma que te faz querer ver os dois juntos, às vezes parece muito forçado e que eles estão ali somente para atrair o público mais jovem mesmo, não adicionam nada na trama e muito menos ajuda você a gostar deles.
Algumas séries usam a artimanha do casal para conseguir a simpatia do público com um determinado personagem, unir um personagem que o público gosta a outro não tão querido faz com que o público acabe ganhando simpatia por esse personagem não querido por osmose, porém, não funcionou em TSC. Pelo menos não pra mim, talvez seja pelo fato de que eu não tenha simpatia por nenhum personagem dentro dos casais citados. Tirando Jake e Faye, o resto pra mim, é descartável.

Enfim, gostei do final, apesar de saber que ele só foi bom porque eles sabiam que a série ia ser cancelada e queriam fazer merchan pro livro.
O que no meu caso não funcionou, pois estou com menos vontade ainda de ler os livros.
Não duvido que se a série continuasse, esse circulo negro chegando à cidade ia ser tão chato quanto o atual.
Então... Vai tarde! Pois se nem Tio Kev conseguiu salvar essa naba, ninguém mais salvaria.
Mas não fiquem tristes, pessoal. Você ai que não vê The Vampire Diaries, ta esperando o que? Esquece essa a rodinha de bruxinhos fracotes e vamos ver uma série teen de verdade!



PS: O Adam acariciando a caveira com cara “de me possua, sua delicia” foi impagável.
PS2: Team Faye forever.
PS3: Olha! Mais quatro bruxinhos com magia negra para andar por ai de cabeça baixo e virando os olhos pra cima como se fossem fortes! Que legal! Só que ao contrário!

É isso galera, até a próxima! :)

Tecnologia do Blogger.