O Final da 3ª Temporada de Glee


Putz!

Fim de temporada em Glee, basicamente é assim: baile de formatura e nacionais. Esse ano, as coisas foram um pouco diferente, pois, os principais personagens da série se formariam, pondo dúvidas no futuro que a série estaria tomando. Uns formaram, outros ainda não e outros irão repetir de ano. Mas o que marcou mesmo esse final de Glee, foi o dramático "final" dado para os dois principais personagens da série. Rachel e Finn.

Não dá pra começar escrevendo sobre o final de Glee sem ir direto a esse assunto. Começamos a acompanhar Glee, focando no casal "Finchel" e de lá pra cá, a dupla se tornou a mais querida de toda a série. As indas e vindas muitas vezes, foram irritantes, mas ninguém ousava descartar o casal, ou se quer, diminuir o interesse. Em uma cena que considero a mais emocionante de toda a série, Finn "liberta" Rachel, provando ser um cara maduro, responsável e que acima de tudo, sabe respeitar o sonho das pessoas. Todos querem vê-los juntos, é claro, mas a separação era necessária. A vida não é feita de ilusões e sim de situações. A separação vai ajudar Rachel a realizar seu sonho, mesmo que isso provoque dor. Finn poderia ir morar com Rachel, mas nesse momento, atrapalharia ambos.

Série é assim: interesses financeiros definem muitas vezes o futuro da série. Caso os personagens principais não estivessem garantidos na próxima temporada, Ryan Murphy não seria louco de dar um fim "infeliz" para "Finchel". Eles voltarão. Eles terão um final feliz, agora, dentro de suas vidas adulta.


A cena da partida de Rachel, recebendo os comprimentos de todos, com Finn de fora correndo atrás do ônibus é um clichê, mas não deixou de ser emocionante. Acredito que não exista um Gleek se quer que não deixou lágrimas escorrerem descontroladamente em seus rostos. Eu assumo.  

Mas houve muito mais assuntos alegres do que tristes no fim da temporada de Glee. Finalmente os New Directions venceram as Nacionais! \o/. Ryan Murphy não seria capaz de formar o pessoal sem dar-lhes um título como esse, principalmente para Mr. Shuester. Nosso professor preferido foi muito bem premiado: venceu as nacionais; foi super homenageado, sob todos os lados; e ainda recebeu o prêmio principal. "Tem alguma coisa diferente em você, Emma!" Diz Sue, matando a gente de rir e encabulando a nossa "esquizitinha". Sensacional.

Tal como praticamente tudo nesses últimos episódios. Os assuntos foram resolvidos com critério e relevância. Chegamos em um momento em que tudo estava a "mil maravalhas". Os plots foram encerrados de forma coesa, do jeito que todo Gleek sonhava. Uma homenagem mais bela do que a outra; uma canção melhor do que a outra, simbolizando o assunto em questão. 


Considero a 3ª temporada de Glee como a melhor da série, apesar de alguns episódios horríveis. Ryan Murphy soube dá o que queríamos, sem fechar a história, sem mandar embora nossos ídolos. Ele é um cara de bom coração. Prova a todo momento em Glee, como provou em The Glee Project. Basta agora sabermos como encaixará a vida adulta dos Gleeks formandos com o cotidiano dos novos e velhos alunos do McKinley. Os episódios finais trouxeram muita alegria e emoção, porém, o sentimento que fica é de ansiedade. Ansiedade para a 4ª temporada, para revermos novamente nossos heróis e acompanhar o desfecho desses, que já fazem parte de nossas vidas.
Tecnologia do Blogger.