Smash "Publicity" 1x12


Um episódio muito bom, mas que matou-me de raiva.

Matou-me de raiva porque foi doloroso acompanhar Karen ser passada mais uma vez para trás. Sua inocência chega a ser irritante! Karen, coitada, é uma mulher com um enorme coração e não consegue atentar-se ao fato de estar sendo manipulada. Primeiro Ivy e agora Rebecca. Como Ivy bem disse em episódios anteriores, esse meio é bem desonesto e muitas vezes, sobressaem quem for mais "esperto". Infelizmente Karen, sua qualidade é indiscutível, mas sua inocência é abominável. Se mesmo assim, ela conseguir o papel principal, com os produtores chegando a esse fato de forma satisfatória, será sensacional.

Sensacional como foi a apresentação de Ivy, mas... matou-me de raiva. A apresentação foi belíssima, mas - não sei a vocês - deu-me um certo nojo ao assisti-la. Todos emocionados e eu na maior "asia e má digestão", pensando na sacanagem que Ivy teria feito com ela. As vezes penso que foi muito bem feito. Pô, ser passada para atrás por um sms?! Essa música seria perfeita na voz de Karen, como bem disse Tom e Júlia.

Tão perfeita como a apresentação de "Run" de Snow Patrol interpretada logo no início do episódio por Karen, mas... matou-me de raiva. Em um segundo, senti-me assistindo um episódio de Glee, onde as canções entram sem o menor mistério. Mas foi bom. Serviu para dar o ponta-pé inicial da vida glamourosa de Karen, e que matou muita gente de raiva e quase deu o fim no seu namoro.


Não é que Rebecca tentou acabar com namoro de Karen! Acho que estaria fazendo-a um grande favor. Mantendo a concorrência perto. Ausão àquele ditado? "Mantenha seus amigos perto e seus inimigos mais perto ainda". Interessante que esse plot serviu para inserção (e com plenitude) de um musical onde homenagearam a dança indíana e que NÃO me matou de raiva. Adorei. Não teve praticamente nada a ver com episódio, mas serviu para entreter e fazer-nos babar com as excepcionais danças típicas daquele país, muito bem interpretadas por todos os personagens (até por Leo que estava desaparecido até então), além de inserir historinhas que satirizaram alguns plots da série. Genial.

Falando em Leo, o jovem foi o destaque dramático do episódio. Sempre achei-o mimado e filhinho de papai, mas resolvi tentar entender mais o garoto. Ele realmente está passando por uma barra. Talvez quem tenha passado por isso, poderá sentir o que o jovem está passando. Falar de fora, é fácil. Contudo, parece que serviu para reunir seus pais. Em momento emocionante, o abraço de Julia e sem marido, demostrou isso. Não que estejam voltando pelo filho, mas pela família. Isso é louvável, desde que os mesmos erros não voltem a serem repetidos.


"Acho que Marilyn deveria cantar essa música". Pronto. Banho de água fria em todos presentes de menos na gente, que pra nooooosssssaa alegria, Ivy quebrou a cara. Assim termina o excelente "Publicity", matando-me de felicidade.

Nota: 9/10
Tecnologia do Blogger.