Person of Interest "Identity Crisis" 1x18




Depois de 18 episódios, Person of Interest ainda consegue surpreender.

A máquina escolhe um CPF, porém, o número está ligado a duas pessoas. Como saber qual número deverá ser investigado? O jeito, é claro, é investigarem os dois. Então, mãos a obra: Reese para um lado e Finch para o outro. Claro que a bomba tinha que explodir nas mãos de Finch, não é verdade? Pois bem. Nosso gênio levou um "boa noite Cinderela" a base de ecstasy e quase teve seus miolos queimados. Felizmente foi salvo por Fusco - personagem importantíssimo para a resolução do caso - mas tenho certeza que arrancou várias gargalhadas de todos, especialmente pela magnífica interpretação do "drogado" Michael Emmerson. Nenhuma novidade.

Mas a resolução do caso foi simples. Até demais. Esperava mais ação, principalmente nas cenas finais. Foi tudo resolvido mais socialmente, dessa vez. Mas foi bom.

Enquanto o trio quebrava a cabeça com o caso, a Detetive Carter (uma das peladex do mês da revista americana Allure) era pressionada por seus superiores do FBI. Há uma investigação federal secreta, onde o "objeto" em questão é Mr. Reese. Detalhe que o julgamento preliminar declarado à Carter, é completamente contrário ao que ela pensa dele. Talvez era o que ela pensava, mas atualmente, Carter é só Love por Reese. Esse plot tende-se a ser um dos assuntos principais a serem explorados na reta final da temporada.

Foi um episódio bom. Não dos melhores da série, mas foi divertido.

Nota: 6/10

3 comentários:

  1. Puxa, que review mais superficial, confesso que fiquei um pouco decepcionado agora... bom, pela demora e pela nota que você deu pro episódio, fica claro que você realmente achou apenas bom, o que eu respeito intereimente. Mas o episódio, embora não tenha tratado do arco principal da série, foi visivelmente centrado em Finch, e o que o torna mais interessante foi por não tratar propriamente do passado dele, mas sim da sua relação com as pessoas, com a falta que ele sente de ter amigos, alguém pra conversar, da necessidade de conviver com outras pessoas, fato que sua paranóia o impede. O "boa noite, cinderela" que ele tomou foi mais por carência do que por ingenuidade, por se deixar envolver pela bandidona que ele ficou visivelmente atraído e encantado desde o momento que começou a segui-la... o episódio mostrou também que o relacionamento dele com Reese também mudou, ele já o vê como amigo, aquele que aos poucos, vai ocupando o lugar de Nathan. O fato dele ter trocado o nome dos dois durante a fase doidona foi mais um reflexo disso, ele já havia se referido a ele como "meu bom amigo" enquanto conversava com a bandidona. Reese, também agiu como amigo e foi leal a Finch em não se aproveitar diretamente dele para obter informações. Isso sem contar que Michael Emerson é realmente um grande ator, é dele o personagem mais interessante da série e ele sabe como ninguém seduzir a gente com uma interpretação maravilhosa. Mas enfim, fico aguardando a review do episódio fantástico "Flesh and Blood". Abraços! 

    ResponderExcluir
  2. Você tem toda razão. A review foi mesma superficial. Não gosto muito de detalhar o episódio. Separo alguns comentários para que demonstre o meu sentimento naquele momento, mas confesso que nesse, fui bem econômico rs. Estou atrasado mesmo com a série. Pensava em publicar uma review dupla, mas ficaria ainda mais superficial. Adorei seu comentário e você praticamente completou a review rs. Ainda essa semana, publico a review do último episódio e prometo caprichar mais. Abraço ;)

    ResponderExcluir
  3. Taí 2 pessoas educadas e civilizadas rsrs... nossa, já vi em outros blogs pessoas que não gostaram da review e acabam com o autor de um jeito absurdo, uma falta de educação total, e reviewer que não aceita crítica e é irônico e muitas vezes rudes com os coments. Realmente, a review está fraquinha, mas você ganhou uma fã pela educação, elegância e por admitir que nem sempre a gente consegue fazer o melhor, mesmo querendo e tantando muito. Parabéns, tenho certeza de que a próxima vai ser nota 10 e também amei o comentário do Agn, faz todo sentido, adorei o episódio, amo o Finch!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.