Glee "Dance with Somebody" 3x17


Uma homenagem a uma grande estrela. Whitney Houston. Será que a diva revirou-se no túmulo? Veja a resposta no final da review.

Homenagens em Glee já é tradicional. Sempre amei os especiais, mas andava meio ressabiado com eles principalmente depois do fatídico "Michael". Ryan Murphy pode ser tudo, mas bobo não é. Na semana que a diva morreu, logo deu um jeito de inserir créditos homenageando Whitney e a partir daí, a ideia de um especial. Não vejo nenhum problema nisso. Têm que aproveitar mesmo a oportunidade. Todos são assim, independente do ramo. Oportunista é quem o critica por ser oportunista.

O episódio exibiu belíssimas canções de Whitney, mesclando baladas com dançantes. O maior sucesso da diva - "I will always love you" - ficou de fora, é claro, pois já esteve na série, interpretada belissimamente por Mercedes. Falando nela, fiquei decepcionado por não terem dado a ela um solo. A voz dela é a que mais simbolizaria Whitney. Mas as canções forem bem escolhidas e ilustraram muito bem a trama desenvolvida no episódio. Parece que Murphy escolheu as canções, estudou-as e escreveu o roteiro baseado nelas. Muito bom.


Entrando a fundo no episódio, Will, ao saber que os Gleeks estavam ainda de luto com a morte da cantora, logo inseriu a "Semana Whitney". Para uns, foi oportunidade de aliviar a dor de dizer adeus, mas para outros, serviu de fonte pada discussões amorosas, tanto as antigas quanto as novas. Destaque para o novo romance que está pintando. Quinn e Joe devem formar um belo casal, não acham? A loira merece ser feliz e acho que os dois deverão ficar juntos, dando um fim para a personagem após a formatura.

Foi bem divertido a briguinha de ciume de Kurt e Blaine. O infiel Kurt (rs) quase põe tudo a perder com um novo "amigo". Elogios é sempre bom, mas se isso não puder ser compartilhado com seu parceiro, é traição. Dale Rachel! Pelo menos eles resolveram da melhor forma e abriu os olhos de Blaine. Tem que dar carinho Blaine, não esqueça!

Essas duas relações foram as que o episódio tratou diretamente. As outras foram inseridas através dos musicais, ilustradas com momentos durante as canções. Menção honrosa para Rachel e Santana, as eternas rivais se dando bem. É o clima de de fim de ano. Ninguém quer deixar mágoas para trás.


Quanto a Whitney, ela deve ter se revirado no túmulo mesmo, mas de felicidade. O episódio foi muito bom.

Nota: 8/10
Tecnologia do Blogger.