Pular para o conteúdo principal

Fringe "Everything In Its Right Place" 4x17




Enquanto Peter, Walter e Olívia aproveitam o dia levando Gene para pastar (literalmente) e Astrid tem compromissos familiares, Lincoln aproveita que não tem nada para fazer e aceita (impõe) ser office boy por um dia e acaba participando de um ótimo caso no lado B (estavam com saudades?), recheio dessa semana em Fringe, ganhando em troca uma vaguinha definitiva no Universo B, mesmo que isso tenha acontecido devido a morte em combate de seu "Doppelgänger".

Lincoln A entrou na divisão Fringe na premiere da 4ª temporada, praticamente substituindo Peter em combate. Já que Peter voltou firme e forte, o personagem estava meio perdido e foi muito inteligência dos produtores em incrementá-lo no lado B.

Chegando de mansinho e participando das ações, Lincoln A torna-se o personagem principal do episódio. Usando de sua conhecida perspicácia, ele tem importância direta nas ações que pararam o shapeshifter da vez, comandando por Jones e um dos primeiros criados por ele. Detalhe que esse caso só foi realizado com sucesso devido a presença de Lincoln A, pois a divisão Fringe do lado B está sendo manipulada por Broyles shapeshifter, peça fundamental nos planos de Jones, tal como Nina B, abatida no final.

Nina B seria responsável por gerenciar os planos de Jones, mantendo uma espécie de centro tecnológico, descoberto com imensa perspicácia pela Divisão Fringe, mesmo com Broyles B tentando atrapalhar.

Parece que Astrid B também faz parte dessa conspiração. A cena final induz essa suspeita. Concordam?

Foi bem interessante e divertido o diálogo entre os dois Lincoln. Torcia para que chegassem em um ponto onde aparecesse o fato que teria redirecionado a vida de ambos. Contudo, parece que a resposta caiu no velho e bom livre arbítrio.


O episódio não trouxe revelações bombásticas, mas serviu de prenúncio com o que virá pela frente no lado B. Mesmo que as coisas estão sendo "curadas" naquele universo, isso parece ser superficial, devido as principais peças da divisão Fringe estarem trabalhando em pró Jones.

O pior está por vir no lado de lá, a não ser que Lincoln e BOlívia consigam detê-los. Estão com o mapa  shapeshifter e os planos de Jones em mãos, agora basta sabermos se conseguirão superar as dificuldades que serão impostas, principalmente por Broyles B.

Será que a divisão Fringe do lado A será chamada para combater Jones e seus comparsas no lado B? Torço por isso.

PS: Gente, curiosidade: a renovação de Fringe para a 4ª temporada veio entre o episódio 17 e o 18 da 3ª temporada. Como essa semana estamos entre o 17 e 18, quem sabe não vem uma renovação! Vamos torcer! o/

Comentários

  1. Eu adorei este episódio, como você falou, não trouxe revelações bombásticas mesmo assim foi ótimo, não sei se foi por causa do caso, da ação, pode ser pelo fato de que tivemos mais sobre a história do lado B. Não percebi nada com Astrid B, será?! depois tempo rever.. Ótimo review, sempre bom ler só que o tempo pra comentar que é fogo.. 

    ResponderExcluir
  2. Foi um episódio muito bom pra quem tava com saudade do universo vermelho, mas eu não achei muito legal matar o Alt-Lincoln só pq o Lincoln tava meio de lado, isso ainda está sendo difícil de engolir, e olhe que eu nem gosto do Alt-Lincoln (nem do Lincoln mas tudo bem! haha) A única coisa boa é que vamos ver uma Bolivia muito mais bad ass com sede de vingança! \o/ Ah eu não acho que a Alt-Astrid é do mal, acho que ela percebeu que Broyles ta mudado, mas tem medo de falar! Aaah cadê sexta que não vêm! Ah, e ótima review... COMO SEMPRE! :D

    ResponderExcluir
  3. Só eu achei MUITO estranha a morte dele? Foi rápida demais, não mostrou ele morrendo, não mostrou funeral e quando eles sairam para o laboratório e deixaram o BLincoln lá ele não aparentava estar morto.
    E outra: Ele sobreviveu a uma queimadura por todo o corpo (Como ele mesmo fez questão de falar).
    Será que não é alguma armação dele pra pegar o Broyles desprevenido?
    Porque ele é o mais desconfiado da Fringe Division.
    Tanto é que quando ele tomou o tiro ele fez questão de falar também: "Temos que achar que denunciou nossa localização".
    Não sei, mas eu achei muito estranho e acredito que ele não tenha morrido.

    ResponderExcluir
  4. A morte dele foi anunciada no fim do episódio. Talvez voltem mostrando isso Felipe. Mas realmente foi muito estranho. Pra morrer do lado de lá, a coisa tem que ser muito séria, devido a imensidão de recursos médicos que ele tem. Se houver uma reviravolta dessa que você especula, seria muito bom, mas eu já estou conformado rs

    ResponderExcluir
  5. Já vi muita gente em fórum dizer que ele não morreu, também tenho minhas duvidas, mas não que ele morreu, acho que sim ele morreu mas que pq eles transformará-no em transmorfo! 

    ResponderExcluir
  6. Marco Antônio Freitas22 de abril de 2012 15:49

    Episódio foda, realmente podemos enteder a tristeza do Lincoln que parece um pouco deslocado no grupo agora que Peter voltou, logico que a construção do personagem foi ajudado pelo horrivel episódio anterior. O mundo acabando e Fringe se da ao luxo de discultir sobre livre arbitrio. Eu amo essa serie.
    Mas a grande curiosidade do episódio fica por conta do nome dele "Everything In Its Right Place", uma clara alusão a uma música do Radiohead do album Kid A. Engraçado porque o as tematicas do album em muito se assemelham as de Fringe, fala dos avanços da tecnologia e suas influencias nas nossas vidas, livre arbitrio, manipulação, amor, entre outras coisas. Vale a pena ouvir.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …