Fringe "The Consultant" 4x18




O que Fringe tem de melhor, foi mostrado nesse episódio. Normalmente, os melhores episódios são aqueles focados exclusivamente na trama principal e na mitologia da série; ou especiais, como "The Abducted" ou "Entrada".

O que achei de mais sensacional em "The Consultant", foi justamente virem com um episódio onde inseriram um tradicional caso bizarro, mesclado com o foco principal da temporada. David Robert Jones, Universos lutando em conjunto, ótimas atuações (Anna Torv interpretando BOlivia bêbada! Puuutz!), tal como os tradicionais itens técnicos, como trilha sonora, edição de áudio e efeitos visuais, sem deixar de responder com relevância alguns dos mistérios da série.

Fringe deu uma aula e jogou na cara daqueles que achavam que a série seria desvendada a base do amor.

A essa altura do campeonato, todos devem estar arrependidos por Peter ter entrado naquela máquina no final da temporada passada. A não existência de Peter causou/causará danos gravíssimos aos dois universos, principalmente por os danos estarem sendo gerenciados por David Jones. Isso está claro pra gente, mas estranhamente a Divisão Fringe ainda não atentou-se ao fato de que isso está acontecendo devido a retirada momentânea de Peter do universo. Estão querendo pegar Jones de qualquer maneira, mas acho que seria mais fácil tentarem "cortar o mal pela raiz". Acho que só conseguirão deter Jones, se conseguirem reverter o efeito da máquina, fazendo com que as coisas voltassem a ser como era antes. Jones mostrou que está sempre um passo a frente da Divisão Fringe e isso deverá continuar, mesmo com os "peões" Alt-Broyles e Alt-Nina sendo capturados.

Alt-Broyles, que descobrimos os motivos de sua debandagem à turma de Jones. Especulava que ele seria um shapeshifter controlado por Jones, mas a principal arma foi a chantagem. Ainda não descarto a ideia de que Alt-Broyles seja um shapeshifter, principalmente pela frase dita por Jones. "O amor nos faz vulneráveis, mas também nos faz humanos, suponho". Jones mantinha seu filho de Alt-Broyles saudável, diferente da versão passada, onde a criança passava por sérios apuros. Até nisso houve sequelas da ausência de Peter no universo. O caso é uma alusão ao problema vivido e sofrido até hoje por Walter. Independente de toda essa confusão, restava um pouco de caráter no interior de Broyles e felizmente, isso foi usado para se entregar.


Num certo momento Alt-Astrid levou a BOlívia a informação de que os 108 investigados estavam "limpos". Será que essa informação foi manipulada a mando de Jones, levando em conta de que Alt-Astrid também seja uma traidora? Continuo acreditando nisso. Espero que no próximo episódio Alt-Broyles seja interrogado e que entregue alguns nomes à Divisão Fringe. Lembrando que Lincoln está com a localização dos shapeshifter controlado por Jones. 

O episódio começou com o funeral de Alt-Lincoln, onde direcionou as ações de BOlívia no episódio. Tentando cumprir a promessa aos pais de Alt-Lincoln  de achar o espião infiltrado na divisão, BOlívia iniciou uma caçada em busca do responsável por sua morte, além de é claro, Jones. "Jogando verde pra colher maduro", BOlívia arranca informações de Alt-Nina, que acaba entregando Alt-Broyles, causando ira em nossa ruiva. Walter, cujo passara ao outro universo pela primeira vez, sob formas legais, foi preponderante nessa descoberta, abrindo os olhos de BOlívia, citando Sherlock Homes. Sequências não menos do que sensacional.

Os planos de Jones foram escancarados nesse episódio. Inicialmente, realizou dois testes onde foi bem sucedido. O plano final foi iniciado, mas talvez Jones não contava com a desistência de Alt-Broyles, porém, é claro que não irá desistir. Jones pretende destruir os dois universos e para isso, conseguiu achar um denominador comum. A máquina apocalíptica.


Acredito que Jones irá achar uma forma de colidir os dois universos. A divisão Fringe não será capaz de detê-lo, restando a eles, acharem uma forma de realinhar os universos da forma que eram antes e Peter será fundamental. Essa é a minha nova teoria, diz aí a sua.

Nota: 10/10

8 comentários:

  1. Gostei muito dessew epiósio, ótimo! Walter dando uma de ombro amigo com Bolívia foi umas das cenas que masi gostei. Ainda não vejo Alt-Astrid como aliada de Jones.

    Ainda acho que Alt-Broyles possa ser um metamorfo, porém se ele fosse mesmo, porque se entregaria?Eis a questão....

    ResponderExcluir
  2. Pensando bem, acho que essa história do Alt-Broyles é meio viagem minha, mas ainda não descarto-a rs.

    ResponderExcluir
  3. Essa do Alt-Broyles é viagem sua e a de Alt-Astrid também. Como assim você acha que ela é uma traidora? Até agora não vi nenhum indicio disso, ela não achou nada nos 108 que pesquisou porque ela só pesquisou a lista que a BOlivia desconfiava. Que não constava Broyles nem mais ninguém do alto escalão.
    Não me lembro de nenhum personagem que seja traidor e Fringe não tenha deixado claro ou dando indícios disso.
    Alt-Astrid é uma das minhas personagens preferidas no universo B, não desconfie dela ou causará minha ira u3u kkkkkkkkTirando as blasfêmias contra a Alt-Astrid, ótima review, Fábio \o

    PS: A do Alt-Broyles nem é tão viagem assim, teve um episódio na terceira temporada que teve um metamorfo que se apaixonou pela família que conseguiu, lembra? Mas ainda acho dificil que seja assim, ficou claro na cara do Alt-Broyles que ele sentiu a perda do Linconl e estava mesmo arrependido.
    Quando ele chamou o Walter e perguntou aquilo, eu sinceramente cheguei a pensar que ele ia pedir para Walter procurar a cura para o muleque, o que eu não descarto ainda.

    ResponderExcluir
  4. Que isso Felipe! Irado ein? kkkk É o seguinte: Como assim o alto escalão não estava entre os 108 investigados? Estavam sim! O Alt-Broyles disse isso em conversa com a BOlívia. A minha desconfiança em relação a Alt-Astrid é devido a uma cena no 4x17 onde ela entra ressabiada na sala de Broyles pra conversar sei lá o quê, então a cena é cortada. Ali iniciou a minha desconfiança, culminando nessa tal lista de investigação, onde estranhamente todos estavam limpos. Muito estranho. Esse é o indício.
    Agora quanto a Broyles, já não aposto minhas fichas, devido ter se entregado, salvando os universos. Um metamorfo comandado por Jones não faria isso, mas a teoria continua em aberto, devido a frase dita por Jones mencionada na review. 
    Fica irado não! rsrs Abraço ;)

    ResponderExcluir
  5. Tô com o Felipe, Alt-Astrid não!! Já foi duro saber sobre Alt-Broyles (melhor seria que ele fosse um shapeshifter), duas decepções a gente não aguenta! Hehe

    Se pra fazer o universo entrar em colapso Jones precisa da ponte, desfazê-la sem anfilício pode ser a solução. E Peter deve ser essa solução. Só que como ele acionaria uma máquina que não mais foi feita pra ele?

    ResponderExcluir
  6. Primeiramente, Rodrigo e Felipe, eu também gosto da Alt-Astrid. Só especulo o fato dela estar agindo contra. 
    Quanto a Peter Rodrigo, eu não sei como, mas será que ao entrar na máquina, ele reverteria o "fenômeno" que causou? É só esperando pra ver. Enquanto isso, teorizemos o/ ;)

    ResponderExcluir
  7. Tava brincando, Fábio rs.
    Eu não vi essa cena dele falando que estava na lista da BOlivia.
    Acredito que quando a Alt-Astrid entrou pra falar com Alt-Broyles daquele jeito, foi para falar do Lincoln e não da lista hm'

    ResponderExcluir
  8. Marco Antônio Freitas22 de abril de 2012 16:50

    David Jones cada vez mais ameaçador, e eu cada vez mais fascinado pelo personagem. É incrível como seus subordinados são fieis a ele. Mas o destaque da serie são mesmos os personagens BOlivia e Walter estavam incríveis aqui, descobrimos que Broyles não era um transmorfo (já dava para sacar isso no episódio anterior, já que se ele realmente fosse um não deixaria que a equipe descobrisse o dispositivo que os permite identificar a localização dos shapeshifter), no fim o personagem era motivado pelo amor ao filho (sempre o amor) da mesma forma que Walter foi. Fringe é mesmo fascinante.
    Apesar da ótima review tenho que discorda de você em alguns aspectos (eu sempre faço isso vou ser demitido em breve): Sim, se Peter existisse Jones estaria morto e os universos não passariam por esse sufoco, entretanto isso não é relevante aqui já que Peter nunca existiu, a equipe também não pode pensar nisso já que é exatamente a ponte entre os universos que estão estabilizando-os. Logo, desfazer os efeitos da maquina usando Peter seria arriscado demais e as conseqüências altas demais. Sim, acho que os efeitos da maquina serão revertidos (depois do 19º episódio isso é quase uma certeza), mas penso que isso será feito por outras razões e não apenas para capturar Jones, ou atrapalhar seus planos. Enfim veremos em breve.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.