J.J. Abrams - Passado, Presente e Futuro


Jeffrey Jacob Abrams, ou simplesmente, J.J. Abrams.

Você pode até não conhecê-lo, mas com toda certeza você já deve ter visto esse nome relacionado a alguma série do passado, presente ou do futuro da TV e do cinema. Diretor, escritor, produtor,... dentre outras funções, J.J. é atualmente figurinha fácil na TV e no cinema. J.J. Abrams é a persona estreante da nova coluna do Viciado em Série - Passado, Presente e Futuro - dedicado às principais personalidades do mundo das séries. Tanto na TV quanto no cinema, a carreira de J.J. Abrams é vasta, porém, destacaremos os principais trabalhos da personalidade, em sua carreira televisiva.


Passado:

Quando tocamos no passado de Abrams, quatro letras vem imediatamente em nossas cabeças. LOST. A série que revolucionou a maneira de assistir TV, foi criada e produzida em parte por ele. Como tradicionalmente acontece, Abrams costuma criar uma série, produzir alguns episódios e em seguida colocar produtores responsáveis por manter a série no nível que mantinha, seguindo a história criada por ele. Em Alias, Abrams, além de criador, produziu praticamente toda a série, exceto as temporadas finais, quando dedicou-se inteiramente à primeira temporada de LOST. Felicity foi sua primeira criação a ir ao ar na TV. O drama chegou a 4ª temporada, de 1998 a 2002, e cada temporada correspondia aos anos de estudos nas universidades americanas. A série conseguiu números satisfatórios de audiência, mas sem créditos expressivos da crítica. Mas nem tudo foi um mar de rosas. Seu trabalho inexpressivo foi em Undercovers. A série baseada em espionagem, vinha com uma premissa até interessante, porém foi mal executada, com plots desinteressantes, uma trama procedural que não levava a lugar nenhum. Com um elenco fraco, Undercovers foi cancelada merecidamente após 9 episódios exibidos pela NBC.


Presente:

Fringe, Person Of Interest e Alcatraz: essas são as três séries de sua autoria no ar. Fringe está consolidada. Apesar de estar lutando episódio a episódio por bons números, dificilmente a série será cancelada nessa temporada, pois, a série está prestes a conseguir o "Syndication" - dando a série a possibilidade de ser vendida a outros canais após 100 episódios produzidos - sendo assim, não seriam loucos de perder essa oportunidade. O próprio diretor da FOX disse que não está em tempo de perder dinheiro, olhando pelo lado positivo, existe o "Syndication". J.J. Abrams, em recente entrevista, afirmou que poderia produzir um episódio de Fringe caso a série fosse renovada. Quando ao enredo, continua muito bem, entretendo e segurando o telespectador com uma qualidade incrível. Person of Interest vive momento inverso, em se tratando de audiência. A série, exibida pela CBS, está conseguindo excepcionais números. O drama/policial com base procedural estreou no último Fall Season e praticamente estabilizou-se batendo recordes pós recordes. Sua renovação é praticamente certa. Seu enredo também cresceu de forma espantosa, fazendo com que seu público mantivesse o interesse a cada episódio. Agora em relação a Alcatraz, a história se complica. Vinda de muita expectativa, a série não está conseguindo segurar seu público e está descendo ladeira abaixo. Temo que caia ainda mais, pois, seu enredo, apesar de interessante, está sendo conduzido de forma morosa e arrastada, com um roteiro cheio de furos e com personagens insignificantes. É uma pena.


Futuro:

Dois novos projetos de sua autoria já foram confirmados. Um foi encomendado pela NBC. Em parceria com Eric Kripke (Supernatural), Abrams desenvolveu Revolution: um drama épico de suspense baseado em um grupo de personagens que lutam para sobreviver em um mundo onde todas as formas de energia misteriosamente pararam de existir. A emissora aprovou o piloto.

A outra empreitada foi encomendada pelo CW. Dessa vez a parceria é com Mark Schwahn (One Tree Hill). Não se sabe muita coisa a respeito. O projeto, intitulado Shelter, deve ser ambientado numa pousada e irá girar em torno da vida dos funcionários do lugar e de seus hóspedes.

Apesar de muitos não gostarem de seu trabalho, seu valor e sua importância é indiscutível, pelo passado, presente e futuro desenhado por esse, que considero um gênio da TV.

4 comentários:

  1. Felipe Felix da Silva12 de fevereiro de 2012 09:07

    Muito bom!
    Sou fã de J.J desde que conheci Fringe, é uma pena que ele produza um episódio ou outro e depois saia da série.
    Poderia citar os filmes que ele participou, tem alguns de sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Tem mesmo Felipe. Super 8 seria um bom exemplo. Sua carreira no cinema é imensa! Talvez em breve role um post especial. 
    Abraço ;)

    ResponderExcluir
  3. Acho que o grande mérito de J.J. é saber apostar nos projetos certos e principalmente nas pessoas certas. Fringe e Lost são ótimos exemplos e agora Person também. De tudo o que você citou, só não vi Undercovers (tudo bem que vi Felicity pelo SBT - argh!) e estou na 1ª temporada de Alias. 

    Quanto a Alcatraz, tá faltando liga na série mesmo. Mas ainda tenho esperanças de que eles acertem a mão... Vamos ver.. 

    Ah, como o Felipe falou, não podemos esquecer dos filmes. Eu citaria também Star Trek, em que J.J brilhantemente arrumou um jeito de dar um "reboot" e contar histórias originais. Vamos ver o 2 como será.

    ResponderExcluir
  4. Oi pessoal!!!
    Eu conheço o nome J.J.Abrams desde Felicity (que ao contrário do Rodrigo, eu gosto muito).
    Mas de todas as séries eu ainda prefiro Alias. Todas as demais são consequencias desta série (minha opinião) rs. Quem assistiu sabe disso. kkkkkkkkkkkk
    A única série que não vi foi Undercovers, pois já cai na mesmice de Alias, pois são espiões.
    Já os filmes assisti todos e tem um que só por Gzuizzzzz para gostar .Ha Ha Ha
    (Cloverfield de 2008).
    O que não gosto é o fato dele repetir trilha sonora nas demais séries, principalmente as músicas de Lost.
    Enfim o que mais me surpreende é o fato de EU saber como ele trabalha e mesmo assim fica surpresa com o que ele apronta nas séries e filmes (já deveria estar acostumada né?) rs. Na minha opinião ele é o cara. =)
    Fábio você fez uma ótima review =)
    Bj

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.