Pular para o conteúdo principal

Fringe: ''A Better Human Being'' 4x13




''Quando olho eu seus olhos, sei que é você'' - Peter

Esta aí o que todos queriam. Peter e Olívia juntos novamente, apesar de ter sido por muito pouco tempo.

Estamos indo para o 14º episódio da 4ª temporada de Fringe. Passou rápido não foi? Mais da metade da temporada já se foi. Chegou a hora de colhermos os frutos, ou melhor, chegou a hora de acompanharmos a resolução dos mistérios impostos na série e confirmarmos ou não, as nossas teorias, e cada episódios de Fringe, sinto-as encaixando como luvas.

É o caso de Nina Sharp. Nina nunca foi uma vilã em Fringe, apesar de parecer. Suas novas atitudes não condiziam com o que acompanhamos dela. Continuo com a teoria de que estamos em apenas dois universos modificados pela ausência de Peter, e que as linhas temporais estão voltando ao normal devido a permanência permitida de Peter pelo observador September.

Sendo assim, Nina não mudaria sistematicamente sua personalidade devido a ausência de Peter na atual time line. A atual Nina que vemos é um transmorfo ala Broyles alternativo (plaquinha eu já sabia levantada). Os últimos segundos desse episódio confirmaram isso. Não acho que Nina é a cabeça de toda essa confusão. Tem alguém por trás disso e não é David Jones. Quem será? Alguém - através de Nina - está comandando as doses de cortexiphan involuntária em Olívia. Alguém substituiu a verdadeira Nina por um transmorfo. Alguém sequestrou Olívia após fazer xixi (rs). Alguém, alguém, alguém. Willian Bell estaria de volta de alguma forma? Teorizemos.


Olívia voltou. Foi a primeira, mas acredito que todos envolvidos na vida de Peter, uma hora ou outra, terão sua mentalidade voltada ao que consideramos normal. Acredito que vai chegar uma hora que Peter será a única pessoa em seu meio que terá todos esses acontecimentos ''universais'' operando em sua mente.

Peter viveu um dilema. ''Gato escaldado tem medo de água fria''. Peter foi cuidadoso e só se entregou aos braços de Olívia depois de ter certeza de que aquela era a sua Olívia. Os olhos não mentem. Emocionante. Walter é que não vai gostar de toda essa história, mas acredito que ele será o próximo a ter sua mentalidade voltada - vide aos lapsos de memória mostrados nesse e no episódio passado.

A equipe Fringe investigou um doente mental, ligado a uma série de assassinatos. Suspeitei a princípio de conexões com o caso de Olivia, porém, tudo não passava de experimentos manipulados pelo ciêntista louco da vez, brincando de ser Deus. O caso foi intrigante, bem escrito e montado - servindo de boa plataforma para os principais assuntos do episódio.


Estou vibrando com os últimos episódios de Fringe. A medida que as teorias vão encaixando, a série se torna ainda mais amável. As referências da 1ª temporada estão cada vez mais presente, tornando-nos saudosos e instigando-nos a devorar os episódios passados novamente. Se existe uma série que vale a pena você revê-la novamente é Fringe.

Os Glyphs code da semana formaram a palavra ''Henry''. Nome do taxista que vimos na temporada passada. Também é o nome do bebê da Falsolívia do universo alternativo. Fica a incógnita.


Foi bem difícil achar o Observador nesse episódio. Ele quase passou desapercebido por trás da vidraça do armazém onde Olívia entrou. Detalhe que parece não ser September. O mistério de sua morte continua.

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…