Spartacus Vengeance "Fugitivus" 2x01 Season Premiere"



O Andy Whitfield fez menos falta do que eu imaginava... Não que não tenha feito falta, ele fez sim. Faltou a imponência que o Andy passava. Talvez pelo melhor porte físico, pelo grande carisma e pelo enorme carinho que tínhamos por ele. A morte dele foi um infeliz acontecimento para todos os fãs e para os produtores da série, afinal, perderam o ator principal e se isso já não fosse bastante problemático, eles tinham um problema maior:

O personagem que ele interpretava tinha como objetivo passar liderança, ter carisma, fazer com que o publico realmente se importasse com ele e o Andy conseguia fazer isso facilmente. Com a perda do rosto que transmitia tudo isso, como os produtores iriam se virar? Substituir o ator era a única opção e esse ator tinha que transmitir os mesmos sentimentos que o anterior. Uma tarefa difícil para Liam McIntyre, pois além de ter o porte físico menor e o rosto diferente ele não poderia impor seu jeito no personagem, já que o jeito já tinha sido imposto para o público antes e ele não poderia mudar isso, caso contrário, ficaria mais difícil ainda o publico aceitá-lo como Spartacus. Então os produtores tinham uma bela de uma bomba em mãos, eles não poderiam descaracterizar totalmente o personagem e teriam que fazer com que a falta do Andy não fosse tão sentida, isso só seria possível com um ótimo roteiro. Felizmente esse ótimo roteiro nos foi apresentado.

Esse episódio foi focado nos efeitos da destruição da Casa Batiatus levando os Gladiadores a serem caçados por Seppius, um nobre de Cápua que recebe a tarefa de matar Spartacus e seu bando, porém, o episódio começa já mostrando o insucesso dos homens de Seppius em matar Spartacus, em cenas que mostram que os produtores não perderam a mão para violência, marca da série, e para as transições de cena com sangue na tela.

Logo notamos um conflito interno no bando entre os homens de Spartacus e Crixus. Apesar dos dois estarem se entendendo não podemos dizer o mesmo de seus seguidores e tenho certeza que logo isso vai estourar e causar um bom derramamento de sangue.


Claro que Spartacus não poderia ser Spartacus sem as cenas sórdidas de sexo explicito para os tarados de plantão. Nada melhor do que uma invasão em um bordel para mostrar essas cenas. Com a invasão do bordel descobrimos o paradeiro de Naevia e Crixus planeja ir a sua procura, mas que teve que ser adiada pelo ponto alto do episódio: O momento em que Spartacus enfrenta Glabber em praça pública enquanto o mesmo planejava matar Aurelia que foi pega enquanto tentava fugir a mando de Spartacus. Ali sim podemos ver que Liam está totalmente entregue ao papel como o seu antecessor estava. Só com um olhar podemos ver o ódio por Glabber estampado em seu rosto e o desejo de vingança guiando sua espada.

O retorno de Glabber e Ilithyia para Cápua promete esquentar as coisas. A tensão de Ilithyia ao visitar o Ludus do qual ela escapou da morte por pouco é evidente. Ainda mais quando dá de cara com ninguém menos que Lucretia que todos pensavam que tinha morrido junto com seu Marido. O retorno de Lucretia deve ser para manter vivas as lembranças dos acontecimentos vividos por Ilithyia naquele Ludus. Felizmente para Ilithyia, Lucretia está totalmente biruta e não poderá revelar a traição com Spartacus e o assassinato da prima de Marcus, pelo menos por enquanto, pois duvido que os roteiristas deixem de abordar um assunto tão delicado como esse. Afinal, a mulher de Glabber o traiu com a pessoa que ele mais odeia no mundo e matou a prima de um dos sujeitos mais importantes de Roma.

Para encerrar, tenho grandes expectativas sobre essa temporada, o meu maior medo era que a falta de Andy influenciasse na qualidade da série, mas os roteiristas se provaram capazes de suprir essa falta com um roteiro ágil e interessante. Spartacus: Vengeance tem tudo para ser uma das melhores séries dessa MidSeason, cabe aos roteiristas cumprirem com essas expectativas, que depois desse episódio, tenho certeza que estão altas.
Tecnologia do Blogger.