Misfits: Episódios 3x01 e 3x02




"Confie em mim, haverá merda. Está no ar, posso sentir o cheiro."
A essa altura metade dessa temporada de Misfits já foi exibida. Creio que é seguro dizer que essa 3ª temporada é um recomeço para a série, novos poderes e personagens deram uma nova cara a produção e no fim a saída de Nathan quase não foi sentida.

Os dois p rimeiros episódios apresentaram novos personagens, o primeiro, substituto de Nathan, é Rudy que se assemelha muito com seu antecessor cretino e boca suja e aparentemente sem nada de novo a acrescentar a serie (ainda que esses personagens politicamente incorretos e opostos a todos os preceitos morais sejam bastante divertidos), o segundo personagens a estrear no episódio #1 também é Rudy, ou melhor, uma versão emotiva e um tanto afeminada do cara. Essa foi a grande sacada da serie, ganhamos dois personagens ótimos (mérito da ótima atuação de Joseph Gilgun) em um só, a habilidade de Rudy é basicamente a de se dividir em dois e cada cópia assume personalidade completamente independente. O primeiro episódio foi focado no novo personagem, mas também serviu para colocar os velhos conhecidos de volta nos icônicos (e também irônicos) uniformes laranja e mostrá-los mais seguros de suas ações, quase não houve hesitação na hora de enterrar as coadjuvantes mortas no episódio.

O segundo episódio também trouxe uma nova personagem embora ela seja alguém que já conhecemos. A situação que pode parecer confusa na verdade é bem simples, acontece que Curtis agora tem a habilidade trocar de sexo, ele pode assumir a personalidade de Melissa (Kehinde Fadipe) e inicialmente se aproveita da situação para voltar a correr, mas naturalmente a nova habilidade causa problemas, principalmente os relacionados a sexualidade e a descoberta do novo corpo. Apesar dos outros personagens ficarem um pouco apagados nesse inicio de temporada, destaco o desenvolvimento de Simon que agora assume o papel de líder do grupo e se torna o membro mais confiante e seguro, exatamente o oposto do que era no inicio da serie.
E quanto aos novos poderes, a situação ficou assim: Kelly agora é uma projetista de foguetes, Alisha (Aka. Engolidora de espadas) pode tomar momentaneamente a perspectiva de outras pessoas e Simon parece ter dons premonitórios (isso ainda não ficou completamente claro).
As mudanças pela qual a serie passou de forma em geral foram bastante positivas e gostei principalmente do fato dos personagens estarem mais maduros, logicamente continuam sendo desajustados, mas ainda sim aprenderam muito com tudo o que passaram nas duas temporadas anteriores. Nathan se foi, mas bastou esses dois episódios para percebermos que a serie vai muito bem sem ele, e diria que as coisas estão funcionando muito melhor sem o personagem, o roteiro continua bizarro e ainda sim perfeitamente crível.
O único problema é mesmo que a temporada é curta demais, claro que isso beneficia a narrativa que é muito mais objetiva, mas acho que ninguém reclamaria de ter ao menos mais 6 episódios de Misfits não é mesmo?

Episódio 01 - Nota 09 de 10

Episódio 02 - Nota 10 de 10
Tecnologia do Blogger.