Dexter: 5x05 - "The Angel of Death"




“Quero sua vida. Assim como aquelas que você tirou: Doomsday Killer!”

Não há outra maneira de iniciar a review deste episódio de Dexter sem citar a frase acima!

Depois do final do quarto episódio, quando viu Travis próximo à cena do crime e percebeu nele a expressão sombria que tanto conhece, Dexter foi atrás do personagem de Colin Hanks para confirmar aquilo que desconfiou e que todos nós já sabíamos: que Travis estava envolvido nos assassinatos relacionados ao Doomsday Killer!

Foi genial vermos Dexter de volta ao seu melhor estilo, esperando Travis em seu próprio carro e o imobilizando com o famoso fio de nylon. Porém, contrariando nossas expectativas, dessa vez Dexter não terminou o serviço e o deixou fugir, esperando que ele o leve ao Prof. Gellar, principal suspeito da polícia e, segundo Travis, o verdadeiro executor das vítimas. Será que Dexter realmente acreditou em Travis e por isso o deixou fugir ou já havia planejado deixá-lo escapar desde o início? Eu acredito na segunda opção, assim ele poderá matar dois coelhos com uma cajadada só!

E enquanto isso a polícia de Miami investiga Gellar, com Angel e Quinn indo até a Universidade de Tallahassee em busca de pistas. Fui só eu ou alguém mais achou a Prof. Porter um tanto suspeita? Ex-affair de Gellar, defendendo-o com unhas e dentes e guardando uma caixa com coisas dele, tais como um caderno de anotações com desenhos detalhados muito semelhantes às cenas de crime deixadas pelo Doomsday Killer?

Porter ainda contou que Gellar a deixou por outra estudante morena... que havia uma fila de estudantes morenas com as quais ele fez o mesmo! Pra piorar, no momento em que ela e nosso muito esperto e sem vergonha detetive Quinn entram no apartamento da moça se pegando, a câmera foca-se por um tempo um tanto exagerado em uma tatuagem nas costas dela! Pode ser paranóia, mas... será isso alguma dica de que a Prof. Porter não é tão inocente quanto diz ser?

E para terminar o episódio tivemos Brother Sam alvejado à bala ao entrar em sua própria oficina! Será alguém que não está gostando dele estar colocando na linha alguns “perdidos na vida”? Provavelmente. Alguma dúvida de que Dexter irá atrás do assassino? Eu não... Creio que teremos mais alguém envolvido em plástico logo logo...

Em resumo, mais um grande episódio desta temporada de Dexter. E a série promete esquentar de vez no próximo episódio. Não darei spoilers, porém dizem que teremos uma verdadeira bomba no episódio 6x06, algo que poderá mudar não só o rumo da temporada, mas também o da série toda! E se for o que a maioria está pensando ser... Preparem-se!

Quanto à discussão sobre o Prof. Gellar já estar morto e ser fruto da imaginação de Travis, devo dizer que após esse episódio estou cada vez mais propenso a concordar com ela. Mas não acho que Travis vê Gellar da mesma forma que Dexter vê Harry.

Para mim, Travis é esquizofrênico e não tem consciência que Gellar está morto. Se tivesse consciência, não teria supostamente ligado de seu celular para Gellar. Travis realmente pensa ser Gellar quem mata as vítimas, mas é ele mesmo quem o faz. Portanto, vou cravar meu palpite: Gellar está morto! E foi a Prof. Porter quem o matou!

E vocês? Alguma outra teoria? Vocês acham que o Prof. Gellar está vivo ou morto?

PS 1: Masuka mandou a loirinha passear e contratou outro estagiário... Um “Às” na informática! Por que será que estou achando que ele contratou errado de novo e que esse cara também vai causar problemas?

PS 2: Debra está incontrolável! Quebrou o pau com a babá de Dexter (e irmã de Angel) e acabou seguindo o conselho da terapeuta e alugando uma casa só para ela!

PS 3: Tô achando que aquele mala do novo detetive, Mike Anderson, ainda dará trabalho para o nosso serial killer favorito. Teremos um Doakes 2.0?
Tecnologia do Blogger.