Pular para o conteúdo principal

Community: 3x05/06 - Horror Fiction In Seven Spooky Steps/Advanced Gay




Dois episódios de Community, dois episódios medianos que deixaram a sensação de que a coisa poderia ser melhor.

Não meus amigos, não foram episódios ruins, muito pelo contrario, entretanto você deve concordar que Community nos acostumou com um nível de qualidade superior ao que foi nos apresentado e isso só foi agravado depois do fantástico 3.04 - Remedial Chaos Theory.

O episódio de Halloween veio com uma estrutura narrativa semelhante a do anterior. Brita, após verificar um teste psicológico chega a conclusão de que um do seus colegas tem tendência a psicopatia e os convida a narrar uma historia de terror afim de verificar qual de seus colegas é o dono do teste. Realmente não sabia o que escrever sobre esse episódio, claro que foi divertido, um bom e bizarro episódio que me lembrou os especiais de Halloween de “The Simpsons”, a mesma formula que vemos na animação há 20 anos repetida em Community. Ao que parece ninguém parece ter chegado a essa conclusão, mas tudo que pensei na hora era que eu estava vendo uma live action de “Treehouse Of Horror”.

Demorei a captar a essência do episodio, mas isso foi só um susto inicial e revendo-o não tem como não gostar de 3.05 - Horror Fiction In Seven Spooky Steps e principalmente de Abed questionando os clichês dos filmes de horror ou tendo seu momento Frankenstein/Centopéia humana com Troy. No fim o episódio foi uma celebração a tudo que vemos nos filmes de horror e adotar os clichês cinematográficos em sua narrativa é a especialidade de Community.

Nota: 8 de 10


Já no episodio 3.06 - Advanced Gay tivemos Pierce sendo Pierce que após descobrir que sua marca de lenços umedecidos é famosa na comunidade gay resolve adaptar a marca para se identificar com o publico inclusive dando uma festa em Greendale. Porem seu pai aparece e o Sr. Hawthorne consegue ser ainda mais preconceituoso e elitista do que o próprio Pierce. Nesse episodio ainda temos uma historia paralela em que Troy tem que escolher entre se juntar a uma irmandade de técnicos em concertos de ar-condionados, ser encanador, ou melhor ainda, assistir TV com seu melhor amigo.

O mérito desse episódio esteve nos pequenos detalhes como, por exemplo, as breves aparições do Sr. Chang que foram impagáveis (como sempre) ou Britta querendo empregar seus conhecimentos em psicanálise na tentativa de explicar os conflitos de Pierce com o pai. No geral o episódio não foi genial, mas nos proporcionou bons momentos e deles destaco as relações de amizade entre os personagens que evoluiu bastante ao longo dessas três temporadas e colocou até Jeff em defesa de Pierce quando foi necessário.
E se eu considerei esses bons episódios medianos foi graças a excelência da serie. Há poucas produções que conseguem elevar o nível de suas próprias narrativas e particularmente não creio que a qualidade da serie está caído como muitos apontam, mas sim nossas expectativas que estão aumentando e se você achou os episódios ruins recomendo assisti-los novamente e garanto que você terá uma percepção diferente.

Nota: 8 de 10

Ps.: Alguém mais está achando o reitor Pelton cada vez mais bizarro?

Postagens mais visitadas deste blog

Confira as 5 séries mais vistas na Netflix pelo mundo

Nos últimos dez anos, a Netflix transformou a forma como o mundo assiste filmes e programas de TV, fornecendo aos assinantes uma enorme biblioteca de clássicos convencionais  e dezenas de recomendações personalizadas - tudo disponível na ponta dos dedos. Isso é mais do que apenas conveniência,  é a metamorfose da mídia.
Usando os dados do Google Trends, o site highspeedinternet.com classificou os países pelo número de pesquisas relacionadas à Netflix e referenciou as suas classificações com as séries mais procuradas. No mapa acima você confere qual é a TOP de audiência em cada país, e, abaixo você confere quais as 5 séries mais procuradas no serviço de streaming.
TOP 5:

1 - Sherlock
2 - Friends
3 - Narcos
4 - House of Cards
5 - New Girl

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…