Pular para o conteúdo principal

The Vampire Diaries: "The Reckoning " S03E05




Isso não é o The Vampire Diaries que aprendi a amar.

Não consigo aceitar esse episódio. Sério. Pra mim, esteve abaixo da crítica. A temporada vinha em excelente forma, com quatro excelentes episódios, com uma trama envolvente, baitas cliffhangers até chegar nesse episódio, onde literalmente pisaram no freio, retrocederam a sua história e nos apresentou fatos banais e inaceitáveis. Enrolação total devido a um começo de temporada alucinante. Claro! É série, você pode falar, mas quando uma série começa a enrolar, vira novela, e eu, odeio novela.

A trama tem que ter um mínimo de concordância. Claro que muitas coisas é baseada no sobrenatural, mas precisa algum tipo de relevância, se não vira zoação total.


O que mais me irritou nesse episódio foi Klaus. Quando o personagem apareceu, era considerado o diabo em forma vampírica/Lobo. O maldoso, perverso, impiedoso e tudo que mal que possa ter um ser. Na temporada passada, ele justificou isso a (quase) altura, mas nessa... Ele tá bondoso de mais. Cumpridor de promessa, poupador de vidas vampíricas, e o pior: — Foi só falar no tal de Mikael que ele colocou o rabinho entre as pernas e sumiu. Vazou, morrendo de medo. O que o impediu de matar Damon? Promessa? Feita a um vampiro traidor que está tendo que hipnotizar? O que o impede de matar Stefan? Ah tá! Ele é uma pessoa solitária e precisa de um amigo. Ah, poupe-nos! Claro que ele não vai matar nenhum dos dois e nem Elena, mas precisa ter uma justificativa mais aceitável.

Damon agora tem uma vantagem. Se você Klaus encostar a mão em mim eu vou contar pra minha mãe, ops Mikael. WTF!

Primeiro Klaus ia matar aqueles jovens e depois desistiu. Ótimo. Depois ele mandou Stefan (ipinotizado) matá-los. Pra quê? Pra impressionar Elena? Tá bom. Elena não conhece a outra face de Stefan não é mesmo. Primeiro a hipnose de Klaus não podia superar o amor de Stefan, mas depois ele arrumou um jeito, (gritou mais alto) e conseguiu. Pra quê? Pra nada. Ele não iria matar Elena porque precisa do seu sangue. Estava apenas brincando, zombando de nossa inteligência. Pra mim isso é inaceitável.

Não posso reclamar da artimanha usada por Klaus para conseguir seu objetivo. Colocar a vida de Tyler em risco foi genial. Forçando cronometradamente a Bonnie (sempre salvando a pátria) a ajudá-lo. Sem falar na perspicácia de ir contra o que a Bruxa "original" tinha mandado. Esse é o Klaus que eu quero ver. Não é o "bunda mole" que estamos vendo em outras partes.


Mas tivemos outras coisas boas nesse episódio, sim. Veio do lado que a gente nunca espera. Matt tentando se matar foi ótimo. Que pena que não morreu. Mas foi uma boa iniciativa da história para adicionar ao personagem mais sem graça da série, algo sobrenatural. Pronto. Acabaram os "humanos". Muito bom vermos Vicki agindo em pró da luta contra Klaus. Incrível foi Anna, que foi só ameaçar bater no namoradinho que entregou os pontos. Ela não sabe que Jeremy é irmão de Elena e que Damon nunca iria fazer nada de mais com o garoto, não é verdade?

Mikael, o super caçador de vampiros originais, é a bola da vez. A criatura mais "temível" do mundo, até que apareça outra, que depois venha outra superior, e outra e outra,... até que a série chegue na décima temporada. A princípio, a inserção do personagem é interessante, porém espero que venha para acrescentar e não zombar da nossa cara.

Então o Stefan vai ser uma espécie de vigia de Klaus enquanto estiver fora. O que o Klaus quer com isso? Nada. Isso foi só acrescentado pelos produtores para que Stefan seja um espécie de Damon das antigas. Não tem jeito. Stefan "bad" não dá! Da mesma forma de Damon bonzinho demais. "Nunca vou te abandonar de novo". WTF! Deu até asia e má digestão.

Detalhe: Todo aquele drama que Elena tinha que morrer na temporada passada foi tudo mentira inventada pela bruxa que amaldiçoou Klaus. Tá bom ou quer mais?

Comentários

  1. como assim foi enrolação?! esse foi um dos melhores episódios de todas as temporadas the vampire diaries. a historia da temporada mudou totalmente. acho que vc nao está entendendo the vampire diaries hein

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo com o Jorge ai...eu e minha amiga assistimos juntos e concordamos que foi o melhor episódio até agora e um dos melhores de todas temporadas...xD

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu achei o episódio sensacional... o Suspense e a Angústia dominaram o episódio, me fazendo temer pela vida dos meus personagens adoráveis... Lembro q p volta do 5º episódio da temporada passada houve algo desse tipo, temíamos no início a Katherine e suas mentiras, depois ela ficou aprisionada e surgiu a lenda de Klaus, e o episódio foi no mesmo ritmo acelerado que este, e olha q foi a partir daí q The Vampire Diaries começou a ser o The Vampire Diareis que conhecemos, a qualidade melhorou em muito e a trama nos empolgou mais ainda!
    Eu vejo essas mudanças como as mesmas mudanças da temporada anterior, estou ansioso pelo próximo episódio, pois uma nova fase de TVD virá, e concerteza nos empolgará muito mais! 

    ResponderExcluir
  4. Oie!!
    Nossa, eu amei esse episódio! Me deixou muito tensa! A melhor parte foi o Klaus "matar" o Tyler....a Bonnie tinha pouco tempo p ajudar e como ela ia conseguir fazer alguma coisa ali..e ainda mais com o Klaus em cima? FODA...eu gostei que deram um UP no Matt! já tava na hora de valorizar o personagem né? Se não ia virar um figurante! Assim, eu gostei das coisas que o Klaus fez, pq eu não via hora de ver essa cena...de qnd ele desse de cara com a Elena viva! Mas quando vi que o sangue dela ajuda a transformar o lobisomen em híbrido, eu fiquei até um pouco confusa...Até porque, na temporada passada sabiamos que p isso acontecer era preciso matar a cópia! Eles deram essa enrolada toda, claro, pq não dá para matar os protagonistas! Eu acho que o Damon tem parar de confrontar o Klaus, dois motivos: ele nao tem tanta força quanto o klaus, e não adianta ele ficar falando do Mikael! Klaus só vai ter medo desse vampiro caçador de vampiro quando ele sair do caixão, que alias, a Katherine já está fazendo esse favor! rs.... Outra...não é só o Klaus que tem que ter medo desse Mikael e sim todos! Ele matar VAMPIROS e não ta nem aí se ele é também! E eu acho que o Klaus tem q fazer mais maldades...não pode ficar com medo tão cedo assim! Tô adorando ver o Stefan mal...quero ver ele provocando muito a Elena, tirar ela do sério, sabe? E não quero Damon bonzinho! quero ele mal e sarcástico como sempre foi...e enfrentando o irmão desse jeito! Vai ser demais! Claro que ele falando aquelas coisas p Elena, fo demais! Quero um Damon p mim! (foi um desabafo)...
    Simplesmente adorei esse episodio e não vejo a hora de chegar semana que vem! ehehehe
    Beijosss =]

    ResponderExcluir
  5. Concordo muito com vc também queria um Klaus mais malvado espero que esse novo personagem o Mikael não me desaponte seja realmente temido e ruim como estão dizendo.Não aguento mais esse mel entre o Damom e a Elena acho que já está mais do que na hora das coisas desenrolarem se tiverem que ficar se assumirem então que seja pra ontem pois estou cansada dessa ladainha e detalhe eu sou Stelena. Gostei muito da Rebekah ela tem momentos muito engraçados quando está descontrolada com ciúmes.Fiquei um pouco triste com a transformação do Tyler pois ele me pareceu que vai mudar, aprontar nos próximos episódios não gostei pois ele e a Caroline estavam se dando muito bem pra mim eram o casal fofo do momento.

    ResponderExcluir
  6. Acho que vc só leu o primeiro parágrafo ein? 
    A enrolação Jorge é sobre os vilões. Eles aparecem como se fossem uma espécie mais maldosa do que o diabo e saem como um cachorrinho com o rabo entre as pernas. Primeiro vem a kat (alguém tem medo dela?) depois o Elijah depois o Klaus e agora aparece esse tal de Mikael. O episódio foi bom, mas essas coisas estão estragando a série.
    Obrigado pela sua participação ;)
    Ps: Esse negócio de não está entendendo é muito LOST. Já saiu de moda kkkkk  

    ResponderExcluir
  7. Concordo com quase tudo Camila. Você disse com propriedade sobre os melhores momentos do episódio. A minha reclamação é sobre a parte ruim que teve e muitos estão jogando pra debaixo do tapete rsrs Poderia ter sido melhor se não tivessem cagado com o personagem Klaus, fazendo ele sumir ao ameaçá-lo. Acho que Mikael tem como prioridade matar os originais. Por isso eu acho que os vampiros comuns não terão medo dele a princípio.
    Obrigado mais uma vez pela sua participação.
    Ps: Pode ficar com o Damon pra vc! Eu não ligo rsrs

    ResponderExcluir
  8. Acho que você não tem assistido a mesma série The Vampire Diaries que eu. Pra começo de conversa a Elena precisava morrer pra quebrar a maldição, mas ela precisava continuar viva depois pra poder ser usado seu sangue para que pudessem ser criados os híbridos. Ou seja, a Bruxa Original fez tudo pra fuder com a vida do Klaus: ele tinha que matar a cópia, mas ela precisava continuar viva. Entendeu ?

    Do mais esse episódio foi bem eletrizante, e eu gostei. Só não quero que o Damon fique bonzinho porque se isso acontecer ele vai perder toda a graça. Tô até começando a pensar que o melhor é ele nem ficar com a Elena, afinal ela é uma personagem tão chata que contagia a todos com sua chatisse.

    ResponderExcluir
  9. Larissa, Elena nunca precisou morrer. A maldição rezava pela sua morte, para que Klaus não conseguisse criar os seus híbridos. Klaus descobriu essa artimanha da bruxa e por isso não matou Elena e agora precisa dela viva para usar o seu sangue. Tyler foi um teste nesse episódio

    ResponderExcluir
  10. Marco Antônio Freitas20 de outubro de 2011 07:51

    Primeiro uma pergunta: quado você diz que "quando o personagem [Klaus] apareceu, era considerado o diabo em forma vampírica/Lobo. O maldoso, perverso, impiedoso e tudo que mal que possa ter um ser.". A que espisódio vc está se referindo? Uma dos principais problemas do personagem é justamente o fato de que ele NUNCA convenceu como vilão, logico que a lenda era isso tudo, entretanto sabiamos que ela não descrevia a figura logo quando o vimos pela primeira vez, quando ele apareceu até o seu irmão parecia um vilão mais digno, mas como estamos falando de uma serie da CW....
    Eu gostei do episódio, é claro, ele só serviu para resolver alguns plots que a serie tinha e que nunca iriam funcionar, mas a forma que isso foi executado foi fantastica. Outra apescto digno de nota é a questão de Klaus ser digno as suas promessas, estamos falando de vampiros com milhares de anos de idade, e considerando o tempo que ele viveu esse ponto de sua personalidade e bastante crivel, não é como se ele tivesse nascido nos anos 80 e tivesse nossa habitual mania de quebrar promessas...
    Por fim, penso que todos concordam que Stefan bad boy não vai da certo....

    Ps. Tome cuidado com os fanaticos por TVD, ele provavelmente já colocaram sua cabeça a premio por causa dessa review!! :P

    ResponderExcluir
  11. Ué Marco, você perguntou e vc mesmo respondeu rsrs. O problema foi mesmo a expectativa que criaram. A lenda dizia sobre a maldade de Klaus, isso e aquilo. Concordo de que quando apareceu, só pela sua cara já dava pra imaginar que ele seria um bunda mole, mas esperava que ele justificasse a sua fama, porém aconteceu o contrário. Acabei recapitulando os outros "vilões" (não só Klaus, ninguém nunca convenceu como vilão) e cheguei a conclusão da "enrolação". O próprio Damon no episódio piloto chegou com fama de perverso porque é mais velho e tal,dando um coro no Stefan e hoje tornou-se um vampiro manso. Depois vieram com a mesma fama, a Kat, Elijah, Klaus e agora Mikael. A parte vilã da série sempre me incomodou. Não quero e nem vai acontecer deles matarem Damon, Stefan e Elena, mas eu quero uma justificativa convincente. Esse negócio de promessa pra mim não cola. Amizade antiga então, piorou. Nunca vi vilão de verdade cumprir promessa e ter amiguinhos. Só os "bunda mole" heheh

    Valeu pelo coment, Dude. É sempre bom ouvir opiniões contrárias para que possamos trocar idéias e teorias. Abraço Man!    

    ResponderExcluir
  12. Marco Antônio Freitas20 de outubro de 2011 12:10

    Uma coisa comum nas series da CW é que vilões nunca realmente justificam sua fama. A decepção aparece por causa da expectativa criada em torno do Klaus O FODÃO, mas como eu nunca as tive, então não fico tão desapontado.
    Quem sabe a irmã dele funcione melhor como a vilã da serie, temos que concordar que os irmãos do Klaus se saem melhores vilões do que ele...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Se ela não precisava morrer, então pq que o Klaus só conseguiu se transformar num híbrido depois que ele fez todo o ritual e matou a Elena. Continuo achando que é como eu expliquei no comentário anterior. ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …