Supernatural - s07 e02 - Hello, Cruel World




Parece que Sarah Gamble finalmente acertou a mão! Depois de uma sexta temporada com episódios isolados muito bons, mas que se perdia no enredo geral, essa sétima temporada começou com chave de ouro e conseguiu manter o ritmo nesse segundo episódio.

Sam desaparecido, Dean e Bobby nocauteados no chão e Castiel possuído por Leviatãs. Foi aqui que paramos. O começo desse segundo episódio é triste, os Leviatãs estão destruindo o receptáculo de Castiel, o corpo não irá suportar muito tempo.  Ele abandona o galpão/laboratório, local em que abriram a porta do purgatório, e segue em direção ao lago que abastece toda a cidade e região, assim eles (já que Cas estava possuído por vários Leviatãs) podem chegar a qualquer lugar.  Infelizmente, o receptáculo não resiste e aparentemente some no lago, sobrando apenas o casaco de Castiel.

Entretanto os Leviatãs deverão esperar um pouco, já que Dean e Bobby tem outros problemas no momento: Sam. Ele está tendo alucinações com Lúcifer, não sabe se está fora da jaula ou se tudo que viveu é uma ilusão que Lúcifer criou para ele. Confrontado por Dean e Bobby, Sam conta tudo, as alucinações com Lúcifer e a dificuldade em distinguir o que e real. Quando Dean pergunta o motivo pelo qual Lúcifer se daria o trabalho de criar tudo aquilo, Sam responde (junto com o próprio Lúcifer que está sentado na cadeira ao lado) “Não se pode torturar alguém, quando não se há mais nada para se tirar dele”, assim Sam justifica sua loucura e sua duvida, como ele pode saber se tudo é real ou ilusão?

Enquanto Dean e Bobby lidam com Sam ‘mente brilhante’ Winhester , os Leviatãs (que já estão possuindo várias pessoas nas redondezas) encontram um jeito de sobreviver. Eles se infiltram em um hospital, assim podem se alimentar (comer partes dos corpos humanos) sem levantar suspeitas.Dean deixa Bobby cuidando de Sam e vai investigar o assassinato de um time de natação, coisa de Leviatãs. Bobby vai até o hospital após receber a ligação de uma velha conhecida, assim Sam fica sozinho em casa, dando brecha para seu cérebro criar mais confusões. Em uma alucinação com Lúcifer, Sam (achando que Dean está com ele) pega o carro e vai te um galpão abandonado, lá as alucinações pioram, ele não sabe o que é real e atira em todas as visões que tem, até que Dean o encontra e o convence que aquilo é real e Lúcifer não é.

Eles recebem uma ligação de Bobby dizendo para se reencontrarem. Enquanto Bobby estava no hospital, encontrou-se com um dos Leviatãs e fugiu, ou pelo menos tentou fugir. Quando chegam a casa de Bobby, os irmão tomam um susto: a casa está queimada e nenhum sinal do Bobby. Ao invés disso, encontram um dos Leviatãs, que parece ser um dos ‘chefes’. Resultado do encontro? Dean com uma perna quebrada, Sam desacordado depois de uma pancada na cabeça e um Leviatã esmagado por um carro. Sem alternativa, Dean chama uma ambulância. A única coisa que ele não esperava é que eles seriam levados para o hospital onde as criaturas estão se alimentando. Enquanto Dean tenta convencer os paramédicos a levar eles para outro hospital, Sam vê Lúcifer mais uma vez, com um risinho no rosto ele diz: Hei, talvez eu não seja real. Ninguém é perfeito. Mas eu não vou a parte alguma, Sam”. Ou seja: Mais Lúcifer pra gente!

Pensam que é só isso? Descobrimos que os Leviatãs não são nada fáceis de matar. Bala de prata não funciona, tiro na cara também não e, aparentemente, ser esmagado por um carro também não.

Considerações finais sobre o episódio: Castiel morreu? Não, não pode. Eu acredito que ele não tenha morrido. Enquanto a menina possuída por um leviatã assistia ao jornal, eles mostraram um eclipse lunar não previsto. Seria Castiel tentando se comunicar? Eu creio que sim, afinal, ele é um anjo. Ou talvez não seja nada, mas esse tipo de coisa costuma significar algo... O que ‘explodiu’ na água foi o receptáculo e não o anjo. Espero que reconstruam o corpo de Jimmy (era esse mesmo o nome, né? Do dono do corpo antes do Cas tomar posse) e que Castiel volte. Misha é um ótimo ator e o personagem é muito importante.

Estou feliz com a volta do Lúcifer na série, as tiradas sarcásticas dele e o olhar irônico são impagáveis, além do mais, ver o Sam pirando é muito bom! O Jared é muito bom!

Bobby não morreu, isso é claro quando vemos a promo do episódio 3, se ele morrer a série perde muito. Vejamos, o que mais? Ah sim, adorei os Leviatãs, só achei a montagem feita na boca deles meio sem graça... Mas nada é perfeito.

Pra mim, as melhores cenas do episódio são: a conversa que Dean, Sam e Bobby tem enquanto Sam alucina que Lucifer está ao seu lado, repetindo algumas frases com seu sarcasmo de sempre e a cena que Dean convence Sam do que é real e o que não é.

Por hoje é isso.... Desculpem a demora pra postar o texto. Nos vemos semana que vem! Alias, nos vemos antes disso. Não percam que essa semana tem a estréia de “American Horror Story”. Até a próxima
Tecnologia do Blogger.