Nikita: "Partners" s02e04




Mais um bom episódio de Nikita, em que o passado foi mais uma vez abordado e conhecemos a missão em que ela escapou da Division.

Dessa vez, uma antiga parceira de Nikita foi vista na Turquia após escapar da prisão. Claro que o objetivo da Division era eliminar a ameaça, porém a heroína da série, que pensava que Kelly estava morta, decidiu ajudar. Não poderíamos esperar menos dela, uma vez que se sente responsável por tudo e todos.

Michael e Nikita foram então à Turquia, além de Alex e Roan (o matador de Percy, agora com cicatrizes), os quais foram enviados por Amanda suspeitar de algum envolvimento de Niki para salvar a parceira. Claro que esta encontrou Kelly antes, uma vez que está sempre um passo à frente da Division. Kelly culpou Nikita por não ter contado os planos na última missão juntas e ter causado sua prisão, mas a moça queria compensar o que havia feito e se comprometeu a remover a ex-parceira da Turquia e deixá-la livre nos EUA. Dai começou a fuga das moças, que se separaram de Michael.

Neste ínterim, ficamos sabendo que Alex realmente matou Kochenko, fato que passou a ser investigado por Semak, o qual encarregou a Gogol de investigar o assassinato. Esta organização já estava perseguindo Nikita para obter a Black Box, sendo responsável pela fuga de Kelly. No momento em que Ari obteve informações da atiradora, a missão de Kelly mudou e agora a moça deveria capturar Alex. Ela realmente me enganou. Não imaginava que a ex de Booth (personagem da série Bones) estaria numa missão contra Niki, realmente acreditei que ela havia fugido da prisão e precisava de ajuda. Mas a série é sempre assim, cheia de reviravoltas, justamente um dos fatores que mais me agradam.

Óbvio que Nikita descobriu a missão de Kelly e protegeu Alex, né? Com a ajuda de Michael, todos os agentes da Gogol enviados para capturar a russa foram eliminados e a protagonista ainda matou a ex-parceira. Uma pena, já que gostei de Kelly e adoraria que ela continuasse no show, aparecendo em alguns episódios como Owen. Pelo menos houve mais um encontro entre Alexandra e Nikita, os quais sempre me agradam. Ao descobrir o interesse de Ari por Alex, Niki prometeu proteção, porém a moça preferiu ainda continuar na Division. Senti uma certa hesitação, ela ficou tentada a aceitar a ajuda da antiga mentora, tanto que nem reportou a presença da ex-amiga à organização. Agora é aguardar o momento em que Alex vai recorrer a Nikita e creio que não está longe. De qualquer forma, enquanto estiverem de lados opostos, com certeza Niki vai continuar protegendo a russa.


Não estou gostando muito da liderança de Amanda, já que ela continua muito dependente de Percy. Todo episódio a Division pede ajuda ao antigo chefe, que cada vez mais consegue benefícios. Dessa vez, o tópico abordado pelos dois foi a desobediência de Alex no caso Kochenko e a vontade de atingir Semak antes do previsto por Amanda. Entretanto, este é justamente o objetivo da organização, que deseja colocar alguém de confiança para encabeçar a Zetrov. O conselho de Percy então foi localizar funcionários desaparecidos na época do assassinato de Udinov e conseguir apoio para a herdeira. Só que não vai ser tão simples, uma vez que Semak, com ajuda da Gogol, já descobriu que Alexandra está viva e pretende eliminá-la o mais rápido possível. Bom para os fãs, já que a trama promete muito.

Gostei bastante de Partners e espero episódios melhores a cada semana, visto que vários plots interessantes estão sendo apresentados e desenvolvidos. Uma parte que gostei bastante foi o diálogo entre Nikita e Kelly, em que esta revelou a teoria de Amanda sobre a ex-agente: Nikita precisa dos outros, mas não confia em ninguém; esconde informações para manter as pessoas dependentes e toma decisões por elas para não ser desapontada. Eu concordo totalmente!

Até o próximo episódio! Comentem, pessoas!
Tecnologia do Blogger.