Nikita: "Falling Ash" s02e02




Olá, pessoas, tudo bem? O que acharam de Falling Ash?
O 2º episódio da 2ª temporada de Nikita foi bom, mas não conseguiu superar a premiere. Gostei da volta de Owen, é sempre bom quando antigos personagens voltam a aparecer e trazem uma nova dinâmica. Melhor ainda foi a novidade que ele trouxe no final do episódio. Mas chegaremos lá.

Já fomos logo apresentados à próxima missão de Michael e Nikita. Um garoto, que tinha acabado de comprar um caminhão de sorvete, ao receber um telefonema, entrou em transe e tentou matar um senador. Michael, depois de assistir a reportagens, reconheceu o padrão do crime e o relacionou a um antigo projeto da Oversight, P9, que programava pessoas para serem assassinos. Além, alguém de mim, lembrou dos ativos de Dollhouse? Como o supervisor da operação que matou todos os envolvidos no programa, Michael decidiu, com ajuda de informações da Black Box, encontrar os dormentes e evitar mais assassinatos.
Nikita, entretanto, não estava tão interessada em achar esses ativos, mas em viajar para Lisboa a fim de contatar um informante com pistas sobre mais um dos integrantes da Oversight. Dai nasceu uma DR e a exigência de Birkhoff de que o casal deveria se mudar logo, já que ele não queria se envolver em nenhum dos planos.
Enquanto isso, Alex estava em recuperação da derrota que sofreu para Nikita. Mas Amanda queria informações sobre a operação Falling Ash e P9 e, em troca de uma lista com as pessoas que cercam Sergei Semak (alvo da garota), Alex aceitou conversar com Percy. Embora esteja diferente, parecendo mais forte e decidida, acredito que Alexandra é muito influenciável. A cada conversa que tem com Amanda ou Percy é possível perceber como ela é atingida pelas palavras. O ex-chefe da Division revelou que ordenou o salvamento cientista envolvido na criação do P9 e fez com que trabalhasse para a Division: Mars também foi o criador do regime a que os guardiães das black boxes eram submetidos, até fugir. Além disso, Percy instigou a agente ao mencionar que Nikita, caso tivesse pesquisado na Black Box, chegaria à conclusão de que a tentativa de assassinato do senador se repetiria de forma exatamente igual.
Nikita resolveu apoiar Michael e ambos vasculharam o antigo local do programa, encontrando Owen, o qual tinha participado da operação e resgatado Mars, e agora o buscava a fim de conseguir uma cura para o regime. Todos seguiram para outro evento que contaria com a presença do senador com o objetivo de impedir o iminente crime. Alex e Nikita mais uma vez se encontraram, porém esta não tentou matar a ex-amiga, preferindo pular no senador e tentar salvá-lo. Contudo, Niki conseguiu impedir a atiradora e Alex foi presa por atacar o político.


Alicia, a atiradora, é capturada e levada para a casa de Birkhoff (muito contrariado com a nova presença), de onde o grupo tentou formular um plano para salvar a garota, que, de acordo com os vídeos do evento, era vista com uma arma. Através de conversas, Nikita descobre que Alicia se tratava da dependência de analgésicos em uma clínica que usava métodos com alterações cerebrais. Logo, resolvem se infiltrar na clínica. O plano não sai como planejado e Nikita é capturada, sendo salva por Owen, Michael e Birkhoff, o qual estava se divertindo bastante com Alicia e os computadores. A interação dos dois foi uma das melhores coisas do episódio, já que a moça também era bem entendida de computadores e até conhecia Shadow Walker. O problema foi que, ao hackear a clínica e ter acesso a câmeras etc, Alicia acabou por escutar o som de ativação dos dormentes disparado por Mars e, após atacar Birkhoff, saiu para terminar sua missão.
Owen ficou para limpar a bagunça na clínica e Michael e Nikita foram tentar impedir o assassinato. Uma vez que o local em que Birkhoff se encontrava ao seguir a moça não era o mesmo em que o senador estava se recuperando, o casal chegou à conclusão de que a vítima era outra, uma juíza que pretendia ir contra empresas de petróleo venezuelanas. Birkhoff até tentou impedir Alicia e, por um momento, pensei que ele conseguiria com aquele discurso de que não era ela e coisa e tal. Ainda bem que não deu certo, já que seria meio ridículo, mas Nikita chegou a tempo de impedir a morte do nerd.
Eles conseguem revelar para o mundo o esquema de programar assassinos e Alicia é tratada, esquecendo, para a tristeza de Birkhoff, os últimos eventos. Este ainda cria um programa capaz de identificar notícias relacionadas a missões da Division e às black boxes e decide não expulsar os amigos de casa. Owen conseguiu obter a cura para o regime e decidiu continuar as buscas pelos guardiães. Então descobrimos que ele está sendo patrocinado pelo Gogol para encontrar as caixas e eliminar Percy. Creio que isso não vai dar muito certo, pois, quando a Gogol descobrir que Nikita possui uma caixa, Owen terá de escolher em que lado ficar, o que deve render boas cenas.
Por fim, Alex foi solta por Sean, que também aproveitou para aconselhar a moça a matar a antiga mentora antes que a Oversight a capture e, assim, evitar dores futuras para ambas. Pelos rumos, creio que estes dois ainda vão se envolver. Nada contra, já que é algo que está sendo construído e não uma relação criada do nada como a que Alex teve com Nathan.
Aguardo o próximo episódio e que tenha mais ação e reviravoltas, fundamentos bem aproveitados na série. Também espero um retorno breve de Owen e mais participação de Percy, que, cada vez mais, consegue obter regalias da Oversight em troca de informações. Tenho certeza que o plano dele de vingança já foi criado e deve estar em curso. Até mais e fiquem à vontade para comentar.
Obs: Owen realmente precisa melhorar as cantadas!
Tecnologia do Blogger.