Dexter: "Once Upon a Time" S06E02




"Deb é uma boa detetive. Melhor do que você jamais foi". Angel Batista. Chupa essa Lagarta, chupa!

Nossa, como eu vibrei nessa cena. Sensacional! Tal como a trama relacionada a Dedra nesse episódio e consequentemente da temporada. Uma simples policial jovem que começou de baixo, humilhada, lutando dia após dia, subindo de degrau em degrau, chega ao cargo de Tenente. Independente o fato de que foi beneficiada pelas brigas entre seus comandantes, Deb não estaria lá se não tivesse mérito. O vídeo via celular apenas comprovou isso, para quem não conhecia. Ela não tem nada a ver com as falcatruas da Lagarta e muito menos as de seu comandante. Ela venceu.

Ela foi digna ao se esclarecer com Batista, tal como a resposta de seu amigo. Claro que Batista queria o cargo, porém se é pra alguém tomar o lugar dele, essa pessoa é Debra Morgan. Batista ficou triste e feliz ao mesmo tempo, mas aceitou com dignidade, fazendo jus a pessoa que é. Agora lagarta? Chupa mais uma vez.

Um novo personagem foi inserido na série. O irmão Sam. Um ministro com um histórico criminal. Muito interessante esse plot porque bate com o que acompanhamos em nosso dia a dia. As vezes temos notícias de ex-criminosos, assassinos, estupradores,... se convertendo a religião, mostrando ser uma pessoa mudada. Um exemplo? Guilherme de Pádua. Todos desconfiamos porém, quem está por dentro dos ensinamentos evangélicos sabe que se a pessoa se arrepende profundamente ela é perdoada. Essa trama poderá ser polêmica, e poderá servir para um grande debate sobre o assunto. Por enquanto Sam está regenerado. Até que provem o contrário, até que caia na mesa de Dexter.

O caso macabro da temporada se desenvolveu um pouco mais devagar nesse episódio, porém tão macabro quanto já tínhamos visto. Travis está sendo manipulado espiritualmente (?) por aquele crápula, que provavelmente tem desejos embutidos envolvidos.


A estrutura da nova temporada de Dexter está bem parecida com a da temporada passada. Dois casos importantes atuando paralelamente, servindo como base para a temporada, a vida pessoal de Deb e Dexter/Harrisson, o cotidiano da delegacia com as palhaçadas e safadezas de Masuka e Dexter saciando seu Dark Passenger. Contudo considero-a bem mais interessante e envolvente, principalmente por estar evitando os erros banais da temporada passada. Se vai ser boa ou não, temos que aguardar pra saber. Por enquanto eu estou gostando e confio que essa temporada levará a série ao lugar que sempre pertenceu. Entre os melhores dramas da atualidade. 

e mais:

- Quinn é muito otário mesmo. (Qual homem apaixonado não é otário?) Agiu como um adolescente ao pedir a Debra em casamento. Pressionar não é o caminho. Debra gosta dele, mas casar? Pode até ser que aconteça, mas eu torço mesmo é para que Debra meta o pé em sua bunda.
- Harrison cada vez mais fofo. Falando então, está demais. Dexter está mostrando um pai exemplar e bem responsável por enquanto.
- Julio, a vítima Dexter no episódio é interpretado por Luis Moncada, o Marco Salamanca de Breaking Bad. Esperava que durasse mais. Gosto muito do ator.
- Repararam que não estou tocando em nenhum assunto relacionado a temporadas passadas? Rita, Lumen, Kyle Butler, ...
Tecnologia do Blogger.