Pular para o conteúdo principal

Dexter: "A Horse of a Different Color" S06E04



Dexter está virando uma ótima série de comédia, sério. E isso não é uma crítica.

Incrível que no meio de tanto sangue, a série consegue-nos tirar inúmeras gargalhadas. Sempre houve momentos cômicos na série, é verdade, mas confesso que nunca diverti-me tanto, como nessa temporada, especialmente, nesse último episódio "A Horse of a Different Color", onde brincaram quando podiam, mas falaram sério quando foi preciso.

Jesus Cristo! Graças a Deus! Foi apenas força de expressão? Nesses casos eu acredito que sim, porém não dá pra deixar de notar a dúvida pairando sobre a cabeça de Dexter. Não acredito que que irá se converter, ou algo do tipo, porém após esses últimos acontecimentos, Dexter tratará a religião de outra maneira. "Não vai por amor, vai pela dor". Dexter apelou para o sobrenatural, pedindo para que ajudasse seu filho em momento difícil. Nessas horas de aperto, é que conhecemos o que tem dentro de uma pessoa. Pela primeira vez, vimos-o de mãos atadas, sem estar gerenciando a situação, por isso toda a ajuda naquele momento era bem vinda.

"Eu não posso provar que Deus existe, mas você não pode provar que Ele não existe". Irmão Sam.

Estou gostando muito personagem Irmão Sam. Pelas suas histórias contadas, é um exemplo de uma pessoa perdida no mundo, que chegou ao fundo do poço e conseguiu se reerguer. Ele é um exemplo de vida. Ficaria triste caso haja algo por trás do personagem e que no final acabe morto por Dexter.

A trama principal da temporada começou a pegar fogo! Após o alucinante cliffhanger deixado no episódio anterior, Deb e cia foram afundo em busca dos "Assassinos do Apocalipse". Terminamos o episódio vendo a equipe com pistas concretas dos assassinos. Se Dexter não pegá-los primeiro, é claro. Tudo leva a crer que essa trama não se estenderá até os episódios finais da temporada, sobrando espaço para a inserção de outros assuntos, talvez não visto até o momento. Se seguirem essa linha, será excelente, pois mudaria um pouco a estrutura que já conhecemos da série.

Gellar e o homem mais odiado da série. Tudo bem, odiamos Travis também, mas Gellar é o fanático que está comandando a situação, manipulando e tratando seu pupilo como um boneco de fantoche. Travis age como um lunático, típico fanático por religião, cujo vemos muito por aí. Foi capaz de agir contra uma pessoa querida em nome de sua seita. Nada de alarmante nisso, pois sabemos que eles são capazes de tudo, até dar a sua própria vida. A morte da 3ª vítima, foi uma das coisas mais horripilantes da série. Lembrou e muito a saga "Jogos Mortais", fora a chuva de gafanhotos. Até Dexter ficou boquiaberto. Os fatos obscuros da bíblia estão sendo mostrados como ilustração nessa situação. É o tema da temporada.


Para a alegria geral da nação, Debra dá a sua primeira conferência oficial de imprensa. Não sei se seu chefe gostou da sua entrevista ou está querendo ver mesmo é o circo pegar fogo. O que sei é que eu gostei. Debra foi Debra. Independente de quem goste ou não, ela tem quer ser o que sempre foi, mesmo com gente buzinando na sua orelha o contrário, ok Mike? Estou gostando do novo Detetive. Está assustando a turma com a sua profissionalidade. Até dica de roupas para Tenente ele está dando! Humildade total para Debra, revendo seus conceitos e se vestindo melhor, mesmo que isso gere sacrifício. Qual a mulher que não sofre para manter o seu visual? Para de reclamar Debra!

Com esse início de temporada, Dexter voltou para o meu top 5 de melhores séries da atualidade. Espero que que suba ainda mais.

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Confira as 5 séries mais vistas na Netflix pelo mundo

Nos últimos dez anos, a Netflix transformou a forma como o mundo assiste filmes e programas de TV, fornecendo aos assinantes uma enorme biblioteca de clássicos convencionais  e dezenas de recomendações personalizadas - tudo disponível na ponta dos dedos. Isso é mais do que apenas conveniência,  é a metamorfose da mídia.
Usando os dados do Google Trends, o site highspeedinternet.com classificou os países pelo número de pesquisas relacionadas à Netflix e referenciou as suas classificações com as séries mais procuradas. No mapa acima você confere qual é a TOP de audiência em cada país, e, abaixo você confere quais as 5 séries mais procuradas no serviço de streaming.
TOP 5:

1 - Sherlock
2 - Friends
3 - Narcos
4 - House of Cards
5 - New Girl

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…