The Big C: Review "Crossing the Line" S02E13 [Season Finale]




“Encontre comigo na linha de chegada, que estarei correndo na sua direção”. Uma temporada linda, e uma season finale fantástica.

The Big C conseguiu me fazer chorar até o último segundo deste episódio, claro que nem tudo foram lágrimas, fiquei dividido entre risos também. Pensei, não existe nenhuma outra série no mesmo formato de The Big C (quando digo formato, me refiro a dramédia) que cause tanto impacto em min.

Tudo foi tão rápido que me vi obrigado a vigiar o timer, um olho na tela outro no contador (imagina a cena). Como vimos no episódio passado Sean voltou para casa, e pelo visto esta na sua melhor forma, mental é claro, tanto que até se inspirou em Cathy para conseguir forças é sair daquela vida. O personagem voltou a ser aquele louco de antes, só que agora mais racional, e claro me fazendo berrar de rir.

Desde o momento que Myk ofereceu drogas para Paul, senti que aquilo, de alguma forma não iria acabar bem, estava certo. Este menino só chegou à vida de nossos queridos personagens para deixá-los na merda (desculpe a expressão), Andrea que o diga.

Adam não fede nem cheira, e os plots com o personagem alternavam entre alivio cômico e raiva, por exemplo, Poppy que nem apareceu mais depois que ele descobriu a verdade. Pode ser que ela volte para finalizar sua trama, sei lá. Agora ele tenta a conciliação com a sua ex.

Tivemos a presença do Dr. Mauer, médico queridinho de Cathy, que agora vai se casar. Não engoli aquela história de casamento, também não acho que ele poça estar fingindo, mas é evidente que ainda gosta dela, e pode ter certeza que não é como paciente. Cathy maior parte do episódio muito bem humorada, sempre fazendo piadinhas.

Chegamos ao final, tudo se resumiu em uma cena, que nem precisou de falas para ser a melhor da temporada. Meu coração ficou na mão, aquela música de fundo marcou.

Final me fez ficar olhando pra tela até depois de acabarem os créditos. Resumidamente esta foi uma temporada linda, bonita, emocionante, simples e honesta. Encerramos este segundo ano com chave de ouro, até a terceira temporada e não se esqueçam de comentar, façam valer os emocionantes episódios.

PS: Adorei aquela história que Sean contou sobre o circo, eu ri.

PS2: Sempre bom ver Marlene, nem que por alguns segundos.
Tecnologia do Blogger.