Pular para o conteúdo principal

True Blood: "And When I Die" Season Finale 4x12




True Blood nunca foi uma série para se levar a sério. Explicação para tudo? Pra quê? Quem é que está interessado em saber de onde diabos vem todo o poder de Sookie, Tara e Holly, invocando os espíritos bondosos de "Bon Temps"? Elas invocaram e pronto, ora boas! Esse é apenas um exemplo de muitas loucuras que houveram nessa 4ª temporada. Trama bagunçada? Sempre foi. Claro que houveram tramas desnecessárias, sem graça, além do excesso, porém, curti muito acompanhar a maioria dos episódios e seu season finale, que fechou bem a temporada, com excepcionais cliffhangers.

Os personagens mais chatos morreram (Tara, Jesus e Tommy) e dois ótimos personagens vão voltar (Russell e o reverendo Newlin). Como não voltar para a 5ª Temporada? Alcide finalmente se declara, mas infelizmente está em desvantagem por não ter um sangue excitante. Sim, ainda continuou com a teoria de que Sookie só ama Bill e Eric por ter provado seus sangue. E vice versa. O sangue fada de Sookie é único. Pam mesmo deu um exemplo. Eric já pegou todas as mulheres do mundo, mas só se ficou louco por Sookie. Porquê será?


Como é bom ver Bill e Eric lutando junto, não é verdade? Ao invés de começarem uma conspiração contra seus superiores, resolveram acabar com aquela víbora, além de decepar em segundos seus soldados. Eric bad voltou! (Não canso de comemorar)

Muito bom Jason terminar a temporada ao lado de Jessica. Tão bom quanto a surra que tomou de Hoyt. Tinha que ter algum sacrifício não é Mr Jason. Mas como eu disse nos reviews anteriores. Jason já é maníaco sexual. A base de sangue vampírico então... Apesar de que Jessica com capa vermelha e de lingerie, não precisa ser nenhum Jason para ficar de queixo caído, não é mesmo homarada?

Alguém viu a [sa] fada nova por aí? Andy chavecando Holly foi legal, mas esqueceu de se novo amor, Andy? Eu achava que ia morrer no final e Jason tornaria o xerife, mas (infelizmente) não. Teremos mais Andy na próxima temporada. E as panteras? Ninguém sabe e ninguém viu. Esse é o problema do excesso de sub-tramas. As vezes ficamos muito tempo sem nenhuma informação.

Pra mim a temporada foi boa, nada excepcional, mas bem melhor que a temporada passada. Triste pela morte de Tara, apesar de estar um pouco cansado do personagem. Se você assistir procurando achar defeito em tudo, vai encontrar, mesmo que inventado por você. Eu assisti com a mente aberta e com o intuito de diversão. Consegui.

Que venha Russell, reverendo Newlin e Eric Bad! E não esqueçamos do fantasma Karl.

Comentários

  1. Adoro suas reviews, às vezes eu me sinto como se tivesse escrito HAUHAUHA

    Eu só lamentei a morte de Jesus, eu preferia a morte do LaFayette.. o personagem era muito legal nas primeiras temporadas, mas depois ficou chato, sem graça ): O Jesus tinha potencial, e muito! O tal espírito que ele invocava era muito horrorshow!
    Eu vibrei com a Tara morrendo!E eu acho que tá na hora de aparecer uma outra [sa] fadinha como a Sookie para abalar Eric e o Bill! Seria interessante! rs
    Que venha a próxima temporada! =D

    ResponderExcluir
  2. Vou ser breve hoje porque machuquei o ombro e digitar doi. hahahaha
    Eu gostei do season finale e de toda a temporada de True Blood. Verdade que houve tramas desnecessárias (Andy, por exemplo) e faltou o encerramento apropriado para as werepanthers (ainda acredito que Jason vire uma), mas eu gostei. Mesmo com tudo isso, True Blood é uma de minhas séries favoritas, e olha que eu assisto várias séries.
    Sobre a invocação dos espíritos, Holly sempre foi uma bruxa, não igual a Marnie, mas ela já tinha alguma experiência no assunto. Dai usou as forças de Tara e Sookie e conseguiu invocar os espíritos, os quais já estavam meio que lá mesmo por causa do véu mais fino no Samhain. Pelo menos é nisso que acredito. hahahaha
    Como imaginava, Jesus morreu mesmo. Não que vai me fazer falta, já que o mais interessante nele, o demônio, foi tranferido para Laffayette. Logo, espero que o plot do cozinheiro chame mais atenção.
    Gostei da decisão de Sookie de não ficar com nenhum dos vampiros (embora sempre torci para Eric, mas por enquanto está bom), e mais ainda de ela não ter corrido logo para Alcide. Vi uma entrevista acho que com um  dos escritores do episódio e ele disse que na próxima temporada vai haver um maior desenvolvimento de Sookie só, tramas só dela, mesmo que ela acabe com o lobo. Assim espero!
    Gostei da volta momentânea de Rene para dar o aviso a Arlene. Será que Terry é perigoso mesmo ou é a volta do amigo misterioso que vai despertar algo?
    E não precisa nem ser homem para deixar Jessica entrar daquele jeito em casa. Se Jason não a convidasse, eu mesma a faria! hahahaha Muito mais bonita que a candidata a Miss Universo dos EUA... O melhor é que ela não se traiu começando um relacionamento com Jason, uma vez que acabou com Hoyt por não ser monogâmica.
    Ansiosa pela volta de Newlin e Russel. Espero que aprontem muito na 5ª temporada...
    Mas o melhor do episódio com certeza foi a cena final. Sookie matando Debbie foi ótimo! hahahahaha Não sei se Tara morreu. Li uma entrevista com Rutina em que a atriz diz que está de volta na próxima temporada, só não sabe como. Não acredito que os vampiros a salvem, estou mais inclinada a crer em algum papel das fadas, já que parece que a vez agora é delas.
    Acabei não sendo breve... hahahha Até a 5ª temporada então! e valeu pelas reviews!

    ResponderExcluir
  3. Lorena sua linda, seus comentários é um show a parte. Sempre completa os reviews, além de dar boas gargalhadas com a sua opinião. 
    Em True Blood os personagens morrem, mas nunca saem de cena, não é. Vide esse season finale. Com Tara não deve ser diferente. Voltar ela volta. Como o quê, eu não sei heheh
    Foi um prazer ler seus comentários durante essa temporada de True Blood. Bjo

    ResponderExcluir
  4. Ô Gabriel, obrigado. Comparar-me com as suas reviews é uma honra! hehehe
    Valeu pela participação man!

    ResponderExcluir
  5. Ótimo review, não canso de elogiar. Vc disse tudo no final, se vc ver procurando defeitos claro que vc vaia achar. Animado pela volta de Ronaldo Esper ops... Russell. Não acredito que Tara vá morrer[como eles poderiam matar ela antes de Andy],ela pode se tornar uma vampira, pensou, tudo que ela mais odeia no mundo. Quem seria seu pai/mãe, Eric, Bill ou Pam... Pensou Pam sendo mãe de Tara... eu ri...Quero saber o que o reverendo quer com Jason.
    Sei onde as Panteras estão, é porque com a chegada da Fall season elas mudaram de canal. para estrear sua nova série. hehehehe
    Isso ai, espero que a próxima temporada não seja assim, quero que ela seja fodástica, como as duas primeiras.... 

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …